Retrospectiva GameBlast: relembre os fatos que viraram notícia em 2021 — Parte 1

Um compilado dos principais acontecimentos e lançamentos do primeiro semestre do ano.


Mais um ano chega ao fim e com ele nossas listas de promessas para cumprir durante o período. Você concluiu todas? Nenhuma? É daqueles que seguem a filosofia do “deixo a vida me levar”? Independente do que tenha feito, ou não, em 2021 muita coisa aconteceu e vários desses fatos tiveram relevância suficiente para se tornarem notícias e gerarem discussões, debates ou, simplesmente, memes.



Neste especial vamos relembrar alguns dos principais acontecimentos do ano. Dentre eles escândalos, novidades, perdas e, claro, os principais jogos lançados mês a mês durante o icônico ano de 2021. Nesta primeira parte vamos relembrar o que rolou no primeiro semestre.

Janeiro

Enquanto curtíamos aquela ressaquinha saudável do réveillon, a Sony Pictures e a Naughty Dog revelaram pela primeira vez algumas imagens oficiais do vindouro filme de Uncharted, estrelado pelo ator Tom Holland, mundialmente conhecido por seu papel como Homem-Aranha nos cinemas. The Last of Us também já deu as caras em janeiro, com a afirmação de Jim Ryan de que a série baseada na outra série da Naughty Dog será o pontapé inicial da expansão da marca PlayStation para outras mídias.
O filme estrelado por Tom Holland foi então adiado para 2022
Ainda falando de cinema, outra personalidade hollywoodiana, o premiado diretor Christopher Nolan, revelou durante uma entrevista com o jornalista Geoff Keighley seu interesse em trabalhar com jogos. Na ocasião, revelou que tinha a intenção de adaptar o roteiro de um de seus filmes mais famosos, A Origem, para um videogame. E aí? Será que o mundo dos jogos está pronto para a mente única de Nolan?

E como não lembrar do novo filme de Mortal Kombat? Em janeiro tivemos novas imagens do longa, divulgadas pela Warner Bros. em parceria com o portal Entertainment Weekly. O filme já tinha data marcada para 16 de abril nos cinemas e no serviço de streaming HBO Max, pois a pandemia ainda estava em forte alta.
Jonas Neubauer, heptacampeão mundial de Tetris, morreu aos 39 anos
Ainda no início do ano tivemos mais pano pra manga envolvendo Cyberpunk 2077. O ambicioso projeto da CD Projekt Red que gerou uma das maiores expectativas da história do mercado de games da atualidade foi protagonista de uma série de controvérsias por conta da péssima qualidade nos consoles atuais e de uma onda de pedidos de reembolso ao redor do planeta. Lançado em 10 de dezembro, com menos de um mês de lançamento, o RPG já contava com uma expressiva queda de 79% no número de jogadores.
A CD Projekt Red se comprometeu a dedicar seus esforços em 2021 para consertar Cyberpunk 2077

Principais lançamentos do mês

Fevereiro

Dizem que, no Brasil, o ano só começa depois do Carnaval. Como não teve folia por causa da pandemia, os trabalhos já começaram fortes em fevereiro. Na gigante Google, os trabalhos foram intensos para realizar a reestruturação do Stadia. O serviço de streaming de jogos não parece ter caído nas graças do público e a empresa resolveu dar uma sacudida interna para tentar melhorar o serviço tanto para seus parceiros quanto para seus consumidores.

O recém-lançado PlayStation 5 foi um dos produtos mais vendidos durante o período de fim de ano. Segundo dados divulgados pela própria Sony, o novo console vendeu mais de 4,5 milhões de unidades ao redor do mundo, não excedendo esse número por conta da crise de falta de suprimentos na indústria de eletrônicos. Marvel’s Spider-Man: Miles Morales, o principal título de lançamento do console, acompanhou quase que paralelamente essa onda, com mais de 4 milhões de cópias vendidas no período.
Novo CEO da Amazon reitera compromisso da companhia em desenvolver jogos
Se para uns a coisa está boa, para outros não vemos nem como pode piorar. A Ubisoft anunciou um remake de um de seus mais clássicos títulos, Prince of Persia: The Sands of Time. O anúncio foi recebido por uma tempestade de areia de críticas e memes por conta da qualidade questionável do visual do game. O próprio estúdio alegou, ainda em 2020, que a decisão foi por questões artísticas, com o intuito de manter a essência da obra original. Parece que esse argumento foi tão relevante quanto as areias ao vento, já que o título acabou adiado por tempo indeterminado.

A empresa francesa ainda precisou mexer em outro título da casa, mas dessa vez devido à repercussão negativa que o título teria por conta da pandemia de COVID-19. O novo Rainbow Six precisou ser rebatizado para que o sobrenome Quarantine não ficasse indiretamente associado à pandemia.
E a BioWare jogou a toalha para Anthem, anunciando que a reformulação do jogo estava cancelada
Cinema e TV também estavam em alta em fevereiro, com o anúncio oficial dos protagonistas da série de The Last of Us. Pedro Pascal e Bella Ramsey foram confirmados para os papéis de Joel e Ellie na adaptação para a TV. No cinema, a Paramount Pictures revela a arte oficial de Sonic 2 – O Filme e a data de estreia para 8 de abril de 2022. O anúncio veio com a confirmação da presença de Tails no longa. Para fechar, tivemos o primeiro trailer de Mortal Kombat.
A CD Projekt Red foi hackeada e os dados foram vendidos na Deep Web por 7 milhões de dólares
Com a pandemia ainda impedindo a convivência social, a Sony relançou a iniciativa Play at Home, em que disponibilizou jogos de forma totalmente gratuita para seus usuários. Na primeira etapa da nova leva, ela ofereceu Ratchet & Clank (PS4) com a promessa de que mais títulos seriam oferecidos em março. Junto a isso, mais jogos exclusivos estavam chegando ao PC, com Days Gone sendo o primeiro deles.

A situação também impediu a retomada dos eventos presenciais. Com a edição de 2020 cancelada por motivos óbvios, e a vacinação ainda dando seus primeiros passos, a organização da E3 decidiu por cancelar a realização do evento em seu formato tradicional pelo segundo ano seguido, realizando o evento em formato totalmente digital mais uma vez.

Principais lançamentos do mês

Março

O mês já começou com diversos anúncios, mas nenhum foi mais relevante que a conclusão da aquisição da Zenimax Media pela Microsoft. Com diversas notícias sobre o tema desde setembro de 2020, a empresa mãe da Bethesda teve sua aquisição finalmente efetivada, levando de forma definitiva a casa de grandes séries como Doom, Wolfenstein, Fallout e The Elder Scrolls para o “lado verde da Força”. A ação também levou o valioso catálogo da empresa direto para o Xbox Game Pass.
Sonic recebeu perfis oficiais nas redes sociais para o público brasileiro
Já “no lado azul”, a Sony revelou o próximo passo da iniciativa Play at Home 2021. Dez jogos, incluindo títulos compatíveis com o PlayStation VR, foram distribuídos gratuitamente para todos os jogadores, sem necessidade de ter algum tipo de requisito, como uma assinatura ativa da Plus ou coisa do tipo. Bastava ter uma conta na PSN, ir até a PlayStation Store e resgatar os jogos.

Abzû (Multi), Subnautica (Multi), The Witness (Multi), Enter the Gungeon (Multi), Rez Infinite (Multi), Moss (PS4/PC), Thumper (Multi), Paper Beast (PS4/PC) e Astro Bot Rescue Mission (PS4) foram disponibilizados inicialmente, com o décimo sendo o premiado Horizon Zero Dawn, chegando para fechar a lista no mês seguinte.

A Sony é bem legal dando jogos, não é? Bom, essa carinha de boa moça logo caiu por terra com um forte rumor que surgiu alguns dias depois, com a informação de que a PlayStation Store do PS3, do PSP e do Vita iriam fechar, deixando jogadores que ainda visitam, ou mesmo dependem de alguma forma desse canal para obter jogos, totalmente desamparados. A informação foi confirmada no fim do mês.

Principais lançamentos do mês

Abril

Abril começou com alguns adiamentos, pra variar. Os da vez foram Deathloop e LEGO Star Wars: The Skywalker Saga. A essa altura do campeonato, e dadas as devidas circunstâncias, já era o tipo de notícia que estávamos mais que acostumados a ver. Já outras coisas que foram adiadas começaram a chegar, e nesse caso eram as funcionalidades do PlayStation 5. Uma nova atualização permitiu o uso de dispositivos USB externos e outros recursos, mas o mais esperado, o suporte à expansão de memória via SSD, algo muito aguardado pelos jogadores, ainda levaria um tempinho pra chegar.
Pesquisa afirma que pessoas mais velhas estão jogando mais
Eventos! A E3, que foi confirmada novamente como um evento 100% digital, teve sua data de realização confirmada para os dias 12 a 15 de junho. Para a temporada de eventos também já tivemos a confirmação do Summer Game Fest em junho e de mais um Ubisoft Forward. Sony não confirmou nenhum evento para o período. Em vez disso, voltou atrás na decisão de fechar as lojas do PS3 e do Vita após a enxurrada de críticas sobre a decisão. A loja do PSP teve suas atividades encerradas em julho deste ano.

Microsoft confirmou presença na temporada de eventos com uma apresentação em conjunto com sua mais nova parceira, a Bethesda. Em abril também tiveram início os testes do Xbox Cloud Gaming no PC e no iPhone. O serviço, semelhante ao Stadia, tem como principal vantagem estar sob a curadoria da Microsoft, que até aqui já mostrou ser boa com esse lance de serviços. Era esperar uma questão de tempo até essa tecnologia chegar ao Brasil meses depois. A empresa também retirou a obrigatoriedade da assinatura Xbox Live Gold para jogar títulos gratuitos nos consoles Xbox e lançou oficialmente seu controle adaptável no Brasil.
A temporada final de Castlevania foi anunciada para o dia 13 de maio com um teaser

Principais lançamentos do mês

Maio

O mês mal começou e as reclamações já vieram com tudo. As queixas da vez vieram dos jogadores do recém-lançado Returnal. O roguelike de ação da Housemarque, exclusivo para o PS5, trouxe uma experiência de ação viciante que exige muito da habilidade e da paciência dos jogadores para finalizar o game em uma única sentada no sofá. E foi justamente esse detalhe que acabou incomodando muitas pessoas, que reclamaram da falta de um sistema de salvamento do progresso.

Já a Konami, que entrega decepções em uma proporção inversamente proporcional à de jogo nos últimos anos, confirmou sua ausência na temporada deste ano da E3. Já outras aproveitaram para confirmar a presença. Foi o caso da Bandai Namco, da Square Enix, da Sega e de várias outras. Outros eventos aproveitaram a atenção do período para anunciar sua data de realização — no caso, em agosto —, e em formato totalmente digital por conta da pandemia. A QuakeCon 2021 também ocorreu no mesmo período.
A Sony foi processada por, segundo a acusação, monopolizar a venda de jogos em formato digital para seus consoles
Em maio a Sony deixou muitos consumidores brasileiros irritados com o anúncio do reajuste do valor da assinatura do serviço PlayStation Plus. Em 7 de julho de 2021 os novos valores começaram a ser praticados para todas as modalidades (mensal, trimestral e anual). É, amigos… A conta chega. Sobre o PlayStation 5, quem ainda está na busca de um para chamar de seu vai precisar de mais do que dinheiro. Com estoques sempre limitados, a tendência é que no ano que vem o problema de abastecimento persista, principalmente por causa da crise de componentes eletrônicos que afeta a indústria como um todo.

Resident Evil Village foi o principal jogo lançado em maio e, além do sucesso confirmado com as mais de 3 milhões de cópias vendidas em menos de uma semana do lançamento, o game da Capcom foi alvo de um curioso processo em que um diretor de cinema holandês acusou a empresa japonesa de plagiar o design de uma das criaturas de seus filmes, copiando-o para usar no jogo.
Xbox comemorou 20 anos em 2021
Resident Evil não foi a única franquia a voltar a dar o que falar em 2021. A Sega fez a parte dela trazendo seu clássico jogo de luta virtual para a geração atual com Virtua Fighter 5 Ultimate Showdown. O título, originalmente lançado para o PS3, é uma versão melhorada com várias novidades e pretensão de fazer parte do cenário competitivo profissional.

A Twitch, maior plataforma de streaming de games do planeta, anunciou uma redução no valor das assinaturas em nível global, regionalizando os preços de acordo com os diferentes mercados onde possui suporte. A promessa era de deixar os preços mais atrativos, proporcionando uma motivação para os espectadores que querem apoiar financeiramente seus streamers favoritos diretamente pela plataforma. O Brasil está nos planos, mas vamos relembrar como foi isso, em detalhes, logo mais.

Já que a Sony não iria dar as caras na E3, o jeito foi mostrar um pouco de suas cartas um pouco antes. Durante uma edição especial do State of Play, foi revelado o primeiro gameplay oficial de Horizon Forbidden West (PS4/PS5). A tão esperada continuação do exclusivo para PlayStation foi um deleite aos olhos e uma gastrite para a ansiedade, já que a data de lançamento ainda permanecia um mistério.
Sem mais nem menos, a EA retirou jogos da série Need for Speed das lojas

Principais lançamentos do mês

Junho

Chegando no meio do ano, temos o “carnaval dos gamers” com a temporada de eventos e a apoteose de anúncios de jogos já para o próximo semestre. De cara, a EA já mandou o recado dizendo que o novo Battlefield seria revelado no dia 9. Gran Turismo 7 e o novo God of War não chegariam ainda este ano, mas ambos terão versões para PS4, confirmou a Sony. O ano de 2021 para o PlayStation estava bem morno mesmo. No Xbox o clima era bem diferente, com o Game Pass crescendo como nunca, com direito ao “Tio Phil” dando aquela cutucada saudável na concorrência.
O multiplayer de Halo Infinite foi revelado durante a E3 2021
Overwatch, o famoso e premiado hero shooter da Blizzard, finalmente recebeu uma das funcionalidades mais pedidas pela comunidade: o cross-play. Um fôlego extra para um título que sofre com a perda constante de jogadores depois de 5 anos de lançamento, popularidade abalada e pouquíssimas informações sobre a sequência, que foi anunciada em 2019. Essa talvez tenha sido a última boa notícia envolvendo o jogo, pois dali pra frente seria ladeira abaixo com processos e polêmicas. Os detalhes vêm na segunda parte desta retrospectiva.

Vamos falar de TV mais um pouco? Tivemos três notícias legais em junho envolvendo games e adaptações para a TV. A que mais chamou a atenção foi sobre a vindoura Arcane, baseada no universo de League of Legends, que teve uma cena inédita divulgada. O mesmo aconteceu para a série The Cuphead Show!, que está sendo produzida pela Netflix.

Fechando o tópico, temos a bem-sucedida adaptação de Castlevania. Com o fim da série após sua quarta temporada, foi anunciada que ela continuará em uma nova produção, estrelada por Richter Belmont e Maria Renard. Será que vem mais sanguinolência vampírica por aí?

Cyberpunk 2077 voltou a ser notícia em junho com a divulgação de que o RPG voltaria para a PlayStation Store no dia 21 de junho. O título foi retirado como uma forma de evitar que mais jogadores da comunidade PlayStation comprassem o jogo e eventualmente se somassem à massiva onda de pedidos de reembolso que o game sofreu no fim de semana do lançamento, em dezembro do ano passado. O fato de o jogo retornar para a loja seria um sinal de que agora ele estaria consertado? Bom, se você tem um PlayStation 5, ainda é possível jogar ele sem muitos problemas.
Casey Hudson, ex-gerente geral da Bioware, funda seu próprio estúdio de games

Principais lançamentos do mês

Isso cobre boa parte do que aconteceu no primeiro semestre de 2021. Vamos dar uma pausa para aproveitarmos a ceia de Natal e na semana que vem, antes do réveillon, voltamos para relembrar um pouco mais do que rolou antes de o ano acabar. Feliz Natal, saúde e boa jogatina para você!

Revisão: Ives Boitano

Fã de Castlevania, Tetris e jogos de tabuleiro. Entusiasta da era 16-bit e joga PlayStation 2 até hoje. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora quando as partidas acabam em discórdia e fogo no parquinho. Nas redes sociais é conhecido como @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google