Pesquisa afirma que pessoas mais velhas estão jogando mais

Estudo aponta que cresceu o número de jogadores entre 55 à 64 anos.

Um estudo feito pelo portal Games Industry apontou aumento entre jogadores de jogos eletrônicos na idade entre 55 a 64 anos. O aumento está em torno de 32% e o crescimento foi comprovado a partir de 2018.


A pesquisa foi realizada pela instituição de marketing Global Web Index, sob encomenda do Games Industry. O estudo usou a amostragem de 19500 indivíduos de diferentes regiões ao redor do mundo. A análise atestou que 86% dos usuários da internet dentro da faixa etária supracitada jogam, e 24% dos avós e pais consideram essa hora como um momento para a família.

Entre os motivos para o aumento, as fontes apontam para o crescimento do índice de jogadores em dispositivos mobile e também ao tempo livre graças à pandemia de Covid-19.

David Melia, vice presidente de esportes e jogos do Global Web Index, em entrevista para o site GamesIndustry.biz, afirmou:
"Os consumidores de jogos eletrônicos são frequentemente retratados de maneira específica, mas como acontece com muitos estereótipos, eles não são necessariamente como você pensa que são."

 Um estudo prévio encomendado pela GamesIndustry.biz já havia apontado que o número de jogadores na plataforma mobile havia crescido em 12% comparado a 2019. Seja pela facilidade de acesso que os jogos mobile oferecem, ou pelo tempo ganho ao ficar em casa dado a pandemia, não é estranho notar o aumento de jogadores em idades mais altas. A indústria de jogos eletrônicos funciona a décadas e muitos de seus consumidores envelheceram com o hobby.

Fonte: Games Industry via Website 


É formada em Arquivologia pela UNIRIO. Amante de RPGs antigos e que quase enfartou com Fatal Frame, é fã assumida da série Red Dead e sempre se pergunta quando farão um crossover de Jurassic Park e Dino Crisis.


Disqus
Facebook
Google