Balanço Blast: confira as principais notas das nossas análises de outubro de 2023

Entre as principais análises de outubro estão Marvel's Spider-Man 2, Disgaea 7, Resident Evil 4: Caminhos Distintos e Avatar: Quest For Balance.



Aqui, no Balanço Blast, trazemos a você, leitor, uma curadoria com as nossas principais análises do mês que se passou e, de quebra, te convidamos a ler e conhecer mais sobre os games que analisamos, sejam eles grandes AAA que decepcionaram (ou não), jogos independentes de exímia qualidade que poderiam passar batido ou ainda nosso aviso para fugir de alguns títulos de qualidade extremamente questionável — além de compilar uma tabela completa com todas as notas que publicamos ao longo do período. 
Confira também outros destaques de meses anteriores

Resident Evil: Caminhos Distintos (DLC)

Autoria: Matheus Senna de Oliveira
Data de Publicação: 3 de outubro
Plataforma: PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series, PC
Plataforma utilizada para análise: PlayStation 5
Nota: 9.5

Prós

  • DLC de ação e terror de alta qualidade técnica;
  • Enredo se encaixa perfeitamente na obra básica e ainda traz ótimos elementos novos;
  • Ótima produção audiovisual, conseguindo mesclar elementos já conhecidos com inéditos;
  • Jogabilidade continua competente, agora com mecânicas exclusivas;
  • Novos desbloqueáveis e rankings tornam a expansão ainda mais interessante.

Contras

  • O que hoje é DLC já foi conteúdo integrado no jogo original, ou seja, grátis.


Após um lançamento digno dos melhores do ano, a única coisa importante que estava faltando chegou: Resident Evil 4 - Caminhos Distintos entrega o protagonismo a Ada Wong, que consegue não somente complementar a saga de Leon, mas também construir uma aventura própria de primeira. Atirar, chutar e sair saltando é sempre muito divertido, e os desafios do DLC têm um ótimo nível de dificuldade, incluindo combates e quebra-cabeças. Em conclusão, uma expansão obrigatória para quem tem o jogo e um grande incentivo extra para quem ainda não o adquiriu. Leia a análise completa.

Disgaea 7: Vows of the Virtueless

Autoria: Ivanir Ignacchitti
Data de Publicação: 4 de outubro
Plataforma: PlayStation 4, PlayStation 5, Switch, PC
Plataforma utilizada para análise: PC
Nota: 9.0

Prós

  • Como já tradicional da série, o jogo apresenta uma vasta gama de mecânicas que devem ser exploradas para dominar as suas possibilidades estratégicas;
  • Fases bem projetadas que valorizam o esforço do jogador;
  • Os sistemas Jumbification e Hell Mode são ferramentas úteis para virar o jogo em disputas mais complicadas;
  • História polida e interessante que consegue fazer piada com dramas de época;
  • Personagens carismáticos cujos dramas pessoais são bem pensados.

Contras

  • O sistema de auto-battle ainda tem espaço para melhorias significativas;
  • A volta dos números mais contidos enfraquece a sensação de exagero intencional da franquia.


Disgaea 7: Vows of the Virtueless é mais um jogo de alta qualidade da franquia e uma excelente opção para quem gostaria de um RPG tático ágil, frenético e bastante focado em uma gameplay maleável. Ainda há espaço para melhorias no quesito auto-battle, mas se trata de um novo ponto alto da série até aqui. Leia a análise completa.

Avatar: The Last Airbender - Quest for Balance

Autoria: Alecsander Oliveira
Data de Publicação: 6 de outubro
Plataforma: PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series, Switch, PC
Plataforma utilizada para análise: PC
Nota: 3.5

Prós

  • Alguns cenários são agradáveis;
  • Modo cooperativo tanto local, quanto online.

Contras

  • Estrutura geral de gameplay é extremamente repetitiva;
  • Combate insatisfatório e muito básico;
  • Péssimo trabalho de dublagem;
  • A câmera fixa atrapalha demais, principalmente nas sessões de plataforma;
  • Animações muito duras, tanto em cenas quanto na jogabilidade;
  • A forma como a história é contada não faz jus à narrativa original;
  • Falta de customização gráfica no PC;
  • Falta de tradução em português.


Atualmente, a franquia Avatar está recebendo mais atenção devido às novas produções anunciadas para TV, streaming, cinema e quadrinhos. O rico universo criado em 2005 terá novas oportunidades para atrair novos públicos e continuar a encantar o público já consolidado. No entanto, é lamentável que os games baseados na franquia não estejam recebendo o mesmo cuidado visto em outras formas de entretenimento. Mesmo com tentativas com algum potencial, como o jogo baseado em A Lenda de Korra, não tivemos um título realmente bom, e Avatar: The Last Airbender - Quest for Balance não vai mudar esta situação. Leia a análise completa.

Esquadrão 51 Contra os Discos Voadores

Autoria: Carlos França Jr.
Data de Publicação: 10 de outubro
Plataforma: PlayStation 4, Switch, PC
Plataforma utilizada para análise: PlayStation 4
Nota: 9.0

Prós

  • O estilo estético dos anos 50, baseado em efeitos práticos, maquiagem e cenários reais, cai como uma luva;
  • As cenas com atores reais são uma ótima sacada para trazer originalidade para o jogo;
  • Trilha sonora, trabalho de vozes e efeitos casam muito bem com a proposta
  • Ritmo da jogabilidade torna o aprendizado do jogo mais fácil;
  • A dificuldade se adapta às melhorias que fazemos no nosso avião, que são muitas.

Contras

  • De início, a dificuldade acentuada pode ser um problema para os novatos;;
  • Os controles sensíveis demandam uma certa atenção até nos acostumarmos, principalmente para não bater no cenário.


Esquadrão 51 Contra os Discos Voadores foi buscar uma inspiração inusitada para um gênero cheio de moldes estabelecidos e conseguiu um produto inovador. A dificuldade pode cobrar um pouco dos jogadores mais inexperientes, mas é um título que vale muito a pena para quem gosta do gênero, de ideias criativas ou até mesmo do cinema da Era de Ouro. E sempre gosto de lembrar que este é mais um excelente jogo produzido por um estúdio daqui. Leia a análise completa.

Marvel’s Spider-Man 2

Autoria: Alexandre Galvão
Data de Publicação: 31 de outubro
Plataforma: PlayStation 5
Nota: 10.0

Prós

  • Excelente roteiro, valorizando e dando espaço a todos os principais personagens da trama;
  • A trilha sonora de John Paesano continua excelente;
  • Gameplay ágil, consistente e divertida;
  • Explorar Nova York continua sendo uma atividade prazerosa;
  • A versão brasileira continua com um excelente grau de qualidade na dublagem e adaptação;
  • O modo Foto traz inúmeras funções para registrar momentos;
  • O desempenho do PS5 é exemplar, com uma excelente performance geral;
  • Platina fácil.

Contras

  • A pouca variedade de inimigos, em comparação com os jogos anteriores, causa uma sensação de repetição levemente incômoda;
  • Sem função Novo Jogo+ no lançamento.


Marvel’s Spider-Man 2 eleva o nível dos games baseados em heróis dos quadrinhos, estabelecendo-se como uma referência do gênero. Isso se deve a um roteiro primoroso, uma jogabilidade consistente e uma ambientação envolvente que nos mantém entretidos do início ao fim, desde o momento em que lançamos a primeira teia para o alto. Leia a análise completa.

Listão de Análises GameBlast — Outubro/2023

Data do
Review
Autor Jogo Nota
02/out Matheus Senna de Oliveira No Son Of Mine 6.5
02/out Victor Vitório Paleo Pines 8.0
03/out Matheus Senna de Oliveira Resident Evil 4 – Caminhos Distintos 9.5
03/out Alexandre Galvão Gloomhaven 8.0
03/out Alexandre Galvão A Tiny Sticker Tale 8.0
04/out Ivanir Ignacchitti Disgaea 7: Vows of the Virtueless 9.0
05/out Alexandre Galvão Pizza Possum 7.0
05/out Carlos França Jr. Disney Speedstorm 8.0
06/out João Pedro Boaventura The Fabulous Fear Machine 5.0
06/out Alecsander Oliveira Avatar: The Last Airbender - Quest for Balance 3.5
09/out Alexandre Galvão The Godfeather: A Mafia Pigeon Saga 6.5
10/out Carlos França Jr. Esquadrão 51 Contra os Discos Voadores 9.0
10/out Farley Santos Cocoon 8.5
11/out João Pedro Boaventura Assassin's Creed Mirage 7.5
11/out Alan Murilo Total War: PHARAOH 8.5
14/out Matheus Senna de Oliveira Payday 3 7.0
16/out Farley Santos ENDLESS Dungeon 8.5
17/out Alexandre Galvão Bilkins’ Folly 7.0
17/out Gustavo Souza Ion Fury: Aftershock 8.5
18/out Alan Murilo Wargroove 2 9.0
18/out Gustavo Souza Passpartout 2: The Lost Artist 8.5
19/out Carlos França Jr. Hot Wheels Unleashed 2: Turbocharged 8.5
19/out João Pedro Boaventura World of Horror 6.5
19/out Carlos França Jr. Builder Simulator 7.0
23/out Alexandre Galvão Ghostrunner 2 8.0
24/out Farley Santos Sonic Superstars 6.5
25/out Ivanir Ignacchitti LunarLux 8.5
25/out Carlos França Jr. Haunted House 6.5
25/out Carlos França Jr. Agatha Christie - Murder on the Orient Express 8.5
26/out Victor Vitório Life of Delta 7.5
30/out Ivanir Ignacchitti Little Goody Two Shoes 8.5
30/out Alecsander Oliveira Song of Nunu: A League of Legends Story 7.5
30/out Matheus Senna de Oliveira Overwatch 2 (Temporada 7) 7.5
31/out Alexandre Galvão Marvel’s Spider-Man 2 10.0
Total de Análises 34
Média Geral 7.7
Nota mais alta 10.0 (Marvel's Spider-Man 2)
Nota mais baixa 3.5 (Avatar: The Last Airbender - Quest for Balance)
Ressaltamos que as análises e as notas aqui atribuídas variam de acordo como critério e justificativas aplicadas pelos próprios analistas, sendo elas de total responsabilidade de seus autores.

É jornalista formado pelo Mackenzie e pós-graduado em teoria da comunicação (como se isso significasse alguma coisa) pela Cásper Líbero. Tem um blog particular onde escreve um monte de groselha e também é autor de Comunicação Eletrônica, (mais um) livro que aborda história dos games, mas sob a perspectiva da cultura e da comunicação.
Este texto não representa a opinião do GameBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.