Balanço Blast: confira as principais notas das nossas análises de junho de 2022

Os destaques das análises de junho são The Caligula Effect 2, TMNT: Shredder's Revenge, The Quarry e Capcom Fighting Collection.



Aqui, no Balanço Blast, trazemos a você, leitor, uma curadoria com as nossas principais análises do mês que se passou e, de quebra, te convidamos a ler e conhecer mais sobre os games que analisamos, sejam eles grandes AAA que decepcionaram (ou não), jogos independentes de exímia qualidade que poderiam passar batido ou ainda nosso aviso para fugir de alguns títulos de qualidade extremamente questionável — além de compilar uma tabela completa com todas as notas que publicamos ao longo do período. 
Confira também outros destaques de meses anteriores

The Caligula Effect 2

Autoria: Ivanir Ignacchitti
Data da Publicação: 13 de junho
Plataformas: PC, PlayStation 4, Switch
Versão utilizada para análise: PC
Nota: 9.5

Prós

  • História sólida que consegue trabalhar muito bem os dramas sociais sob uma ótica consistente de empatia;
  • Gameplay baseado em turnos ágil e recheado de elementos estratégicos que incluem posicionamento, timing, counters e efeitos especiais;
  • Aliados carismáticos cujas histórias pessoais são bem desenvolvidas tanto na história principal quanto em seus episódios individuais opcionais;
  • Trilha sonora pop inclui várias músicas vibrantes adequadas para o contexto e que sabem aproveitar a transição de faixas instrumentais e vocais durante as batalhas para criar uma sensação única de mudança de paradigma;
  • Sistema de quests consegue oferecer bastante conteúdo opcional sem passar a sensação constante de tarefas maçantes;
  • Restauração total de HP e SP ao fim do combate permite ao jogador fazer combos mirabolantes sem se preocupar com a economia de recursos;
  • Opções simples de customização gráfica e de controles.

Contras

  • Movimentação entre áreas sem um quick travel acaba deixando a exploração e a realização de quests um pouco cansativas;
  • Algumas animações plásticas dos personagens acabam causando estranheza.


Assim como os personagens da obra usam o mundo de Redo para lidar com as suas frustrações e tentar ter uma nova chance, The Caligula Effect 2 é uma tentativa de fazer a proposta de seu antecessor atingir um nível de alta qualidade. A obra é muito bem-sucedida nisso, não apenas fazendo um bom RPG, mas uma obra francamente indispensável para fãs do gênero. Confira a análise completa.

Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder's Revenge

Autoria: Farley Santos
Data da Publicação: 16 de junho
Plataformas: PC, PlayStation 4, Switch, Xbox One
Versão utilizada para análise: PC
Nota: 8.0

Prós

  • Combate ágil, variado e acessível;
  • Multiplayer frenético para até seis jogadores;
  • Ambientação impecável com visual pixel art vibrante e música com toques retrô.

Contras

  • Estrutura de estágios simples demais;
  • Alguns problemas de balanceamento e ritmo;
  • Conteúdo limitado.


Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder's Revenge traz pancadaria de qualidade com alguns toques retrô. Seu maior destaque é a jogabilidade ágil e acessível que permite montar combos impressionantes, e a variedade de movimentos e inimigos traz diversidade ao combate. Além disso, o multiplayer para até seis jogadores é frenético e caótico, sendo uma ótima opção para curtir com os amigos. Confira a análise completa.

The Quarry

Autoria: Lucas Fábio Rodrigues
Data da Publicação: 26 de junho
Plataformas: PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series
Versão utilizada para análise: PC
Nota: 8.5

Prós:

  • Narrativa direta e instigante;
  • Jogabilidade fácil de aprender;
  • Protagonistas únicos e carismáticos;
  • A direção de arte nos transporta com êxito para a trama;
  • O jogo está totalmente localizado para o português.

Contras:

  • Demora nos loadings;
  • Problemas de atraso na dublagem e na legenda em todas as cenas;
  • Pequenos travamentos em momentos importantes podem incomodar.

The Quarry cumpre perfeitamente aquilo a que se propõe, e isso digo por experiência própria, pois me afeiçoei aos personagens e aproveitei cada segundo da história, mas é só isso que ele tem a nos oferecer. O jogo não tem um fator replay muito interessante, a menos que você queira ver como seriam as outras decisões e como elas poderiam impactar a história. Os outros modos disponíveis parecem estar aqui somente para inflar o jogo. Confira a análise completa.

Capcom Fighting Collection

Autoria: Carlos França Jr.
Data da Publicação: 28 de junho
Plataformas: PC, PlayStation 4, Switch, Xbox One
Versão utilizada para análise: PS4
Nota: 8.5

Prós

  • Excelente escolha de títulos;
  • Ótima conexão nas partidas online;
  • Extensa galeria;
  • As missões aumentam bastante o fator replay;
  • Poder escolher personagens secretos sem códigos mirabolantes é um alívio.

Contras

  • Poderia ter crossplay;
  • Seria melhor se cada jogo tivesse seus save slots independentes;
  • Para quem não curte a franquia, cinco Darkstalkers pode ser muito.


Capcom Fighting Collection conseguiu melhorar a experiência que uma coletânea pode oferecer a seus fãs. Desde a seleção de excelentes títulos — alguns de maneira inédita — à adição de missões, partidas online bem-estruturadas e customização de botões livre, aqui temos de tudo para fazer os jogadores reviverem os bons momentos da época dos fliperamas sem sair de casa. Confira a análise completa.

Listão de Análises GameBlast — Junho/2022

Data do
Review
Autor Jogo Nota
01/jun Carlos França Jr. Kao the Kangaroo 6.5
02/jun Vítor M. Costa Citizen Sleeper 9.0
02/jun Gustavo Souza Unexplored 2: The Wayfarer’s Legacy 8.5
03/jun Farley Santos DRAINUS 8.5
03/jun Maurício Katayama Card Shark 8.0
06/jun Ivanir Ignacchitti fault - StP - LIGHTKRAVTE 9.0
07/jun Farley Santos Hatsune Miku: Project DIVA Mega Mix+ 8.5
07/jun Carlos França Jr. Wonder Boy Collection 8.0
07/jun Carlos França Jr. Gravitar Recharged 8.0
09/jun Ivanir Ignacchitti Metal Max Xeno Reborn 7.0
10/jun Gustavo Souza Out There: Oceans of Time 7.5
11/jun Matheus Senna de Oliveira Pac-Man Museum + 7.5
12/jun Lucas Fábio Rodrigues Análise: Vampire: The Masquerade - Swansong 7.0
13/jun Ivanir Ignacchitti The Caligula Effect 2 9,5
14/jun Alexandre Galvão The Hand of Merlin 7.0
15/jun Vítor M. Costa The Artful Escape 7.5
15/jun Farley Santos OlliOlli World: VOID Raiders (DLC) 7.0
16/jun Farley Santos Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder's Revenge 8.0
17/jun Carlos França Jr. Jim Power: The Lost Dimension 7.5
21/jun Farley Santos Grindstone 9.0
24/jun Alexandre Galvão Pocky & Rocky Reshrined 6.0
25/jun Vítor M. Costa Symphony of War: The Nephilim Saga 8.0
26/jun Lucas Fábio Rodrigues The Quarry 8.5
28/jun Carlos França Jr. Capcom Fighting Collection 8.5
30/jun Ivanir Ignacchitti Disgaea 6 Complete 9.0
Total de Análises 25
Média Geral 7.94
Moda (nota que mais se repete) 8,5
Nota mais alta 9.5 (The Caligula Effect 2)
Nota mais baixa 6.0 (Pocky & Rocky Reshrined)

Ressaltamos que as análises e as notas aqui atribuídas variam de acordo como critério e justificativas aplicadas pelos próprios analistas, sendo elas de total responsabilidade de seus autores.

É jornalista formado pelo Mackenzie e pós-graduado em teoria da comunicação (como se isso significasse alguma coisa) pela Cásper Líbero. Tem um blog particular onde escreve um monte de groselha e também é autor de Comunicação Eletrônica, (mais um) livro que aborda história dos games, mas sob a perspectiva da cultura e da comunicação.
Este texto não representa a opinião do GameBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google