Jogatina de FDS

O que estamos jogando: Doom Eternal, Uppers, Ghost of Tsushima e mais!

Sem saber o que jogar no final de semana? Confira os jogos que a equipe do GameBlast jogará neste final de semana.



Olá, queridos leitores! Sejam bem-vindos a nossa Jogatina de FDS. Depois de toda a correria ao longo da semana, nada como dar uma pausa momentânea e relaxar ao aproveitar aquele título pendente em nossa lista. Não importa a plataforma ou gênero, a única regra é curtir esse hobby que tanto amamos da melhor maneira possível. Motivados por isso, pedimos ao nosso time de redatores para compartilhar com vocês os jogos para esse final de semana.

Matheus Senna de OIiveira



Ação pra ninguém botar defeito

Os jogos deste final de semana prometem muita emoção. O primeiro é Onee Chanbara Origin (PC/PS4), um hack and slash dinâmico e com muito fanservice, incluindo belas personagens e uma boa dose de violência. O game coloca o jogador para derrotar hordas e mais hordas de zumbis e monstros utilizando golpes de espadas e incríveis técnicas de luta. Espero encontrar uma boa dose de desafios e muita diversão nesse sangrento título.




O segundo game é, na verdade, um DLC, chamado Doom Eternal: The Ancient Gods - Parte Um (Multi). Tal como o jogo base, a expansão trará muita ação em combates intensos contra toda sorte de monstros e demônios. Para isso, o nosso querido Slayer irá precisar de todo o seu poderoso arsenal e as várias habilidades disponíveis. Promessa de fortes emoções do início ao fim nesta continuação de um dos melhores títulos de ação e tiro do ano.




Ivanir Ignacchitti



Entre socos e maldições

Neste fim de semana, devo dedicar todo o tempo que puder a dois jogos específicos. Primeiramente, devo terminar a visual novel Iwaihime (PC). Escrita por Ryukishi07, ela conta a história de um rapaz que treina uma arte marcial e volta à sua cidade natal para o ensino médio. A cidadezinha é pacata e ele logo se adapta ao ritmo do lugar. No entanto, uma garota estranha em sua sala está sempre carregando uma boneca sinistra e as pessoas acreditam que ela seja amaldiçoada. Intrigado pela situação, o personagem se envolve em uma densa trama sobrenatural de mistério e terror.




Por outro lado, também aproveitarei o fim de semana com Uppers (PC), um beat’em up 3D desenvolvido em parceria entre as equipes das séries Kenka Bancho e Senran Kagura. Em uma ilha deserta cuja principal forma de entretenimento é a pancadaria, dois rapazes decidem se tornar os mais fortes e populares para poder atrair garotas. Dá para ver que o jogo é um port do Vita, mas ainda não joguei o suficiente para avaliar o combate, que me pareceu sólido até o momento.




Mário Carvalho



Bancando o exterminador de Onis

Ghost of Tsushima: Legends continua tomando grande parte da minha atenção. Para quem nunca fez tanta questão de jogos online, 2020 está sendo um ano surpreendente. Mesmo com todas as polêmicas, eu me diverti pra valer com Marvel’s Avengers, depois fiquei encantado com a beleza de Genshin Impact e agora me vejo totalmente cativado por uma das melhores experiências multiplayer que eu já tive. Poder experimentar mais da jogabilidade fantástica de Jin Sakai dispersada na figura dos quatro fantasmas tem sido algo muito divertido. A meta agora é conseguir subir meu nível de Ki para o 105 encarar a insana dificuldade Pesadelo no modo história e sobrevivência.




GameBlast recomenda

Seguindo para nossa retrospectiva do que rolou aqui na semana, damos início com a indicação de Highway Blossoms (PC), visual novels não é um gênero tão difundido assim entre o público gamer, contudo costumam ser boas oportunidades de experimentar um roteiro bem construído com a presença de personagens carismáticos. A análise de Highway me chamou atenção pelo realismo na personalidade das protagonistas que as torna muito fácil de nos identificarmos. Com o misto de emoções que a rotina do dia-a-dia costuma nos trazer, é fácil flutuarmos entre a paz e o caos, mas sempre encontramos pessoas especiais que nos ajudam a equilibrar essa balança e vivenciar sensações diferentes.

Foregone (Multi)

Mudando para Vigil: The Longest Night (Multi), relembramos títulos como Castlevania, além do alto desafio de mecânicas inspiradas em jogos soulslike. Aqui devemos controlar Leila, uma vigilante capaz de enfrentar toda a sorte de criaturas malignas presente em um misterioso fenômeno chamado de Noite Interminável. O suspense é constantemente ressaltado na campanha, sendo o motor principal que levará o jogador na busca por respostas. Tudo fica ainda mais encantador graças a um trabalho artístico muito bem executado e combates contra criaturas gigantes e que lembram obras como Berserk.

Bite the Bullet (Multi)

Dando continuidade na pegada mais sombria, usuários de PC e Switch que são fãs do estilo dungeon crawler terão uma boa escolha ao darem uma chance para Crown Trick. Aqui devemos guiar uma jovem recém despertada no Reino do Pesadelo, contando apenas com o apoio de uma curiosa aliada na figura de uma coroa com um único olho, você terá que utilizar de boa estratégia durante a exploração e confrontos.

Disc Room (PC/Switch)

A análise seguinte é ótima para quem curte super poderes. Ben 10: Power Trip (Multi) nos coloca na companhia do jovem Ben e seu relógio que permite encarna figuras alienígenas repletas de habilidades especiais. A proposta aqui é de se divertir de maneira descontraída, principalmente pela opção de jogar localmente com outra pessoa, o que é sempre uma alternativa muito bem-vinda em uma geração que preza por jogatinas online. Apesar dele pecar em alguns aspectos técnicos e de coerência com o personagem, ele ainda tem potencial para entrar na lista de bons jogos sobre o universo Ben 10.

G.I. Joe: Operation Blackout (Multi)

Já na análise de The Signifier (PC), título que nosso redator, Ivanir,  já havia mencionado no último Jogatina de FDS, temos um claro exemplo que nem sempre simplificar o enredo e certas mecânicas é uma boa escolha. Na pele do cientistas Frederick Russell, iremos explorar e desvendar as motivações do assassinato de uma mulher graças a sua especialidade em Psicologia e na utilização de inteligência artifical na reconstrução de memórias. Um tema muito interessante, principalmente para aquele que curtem séries e documentários policiais com enfoque no estudo do comportamento do criminoso. O problema é que fica evidente uma espécie de “freada” por parte de equipe em não aprofundar tanto em assuntos da psique humana, tornando o desenvolvimento da trama mais linear e simples.

Lançamentos para PC da semana 42

E o jogo contemplado da vez pela nossa coluna Blast from the Past foi o Dragon Quest VIII: Journey of the Cursed King lançado na época para o PlayStation 2. Infelizmente nessa geração eu não pude aproveitar o que muitos consideram como o melhor console de todos os tempos, já que minha escolha foi o GameCube, mas lembro de todo o hype em seu anúncio de testá-lo algumas vezes na casa de amigos. Graças ao nosso redator João Pedro Boaventura, poderemos descobrir as razões de toda a expectativa gerada na época.

A oitava geração está cada vez mais próxima do fim e, sem dúvida, foi grandiosa como muitas que a antecederam. Contudo, enquanto fomos agraciados com título que entraram para história, também tivemos nossa leva de cancelamentos que acabaram deixando fãs e parte da mídia frustrados. Junte-se a nós nessa matéria especial onde listamos dez jogos que acabaram descontinuados. Quem sabe algum deles não seja ressuscitado na próxima geração?

BlastCast #207 - Game e prosa

E encerramos mais uma edição do Jogatina de FDS. Agradecemos pela sua presença e nos vemos no próximo sábado. Tenham todos uma excelente e segura semana!

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.


Disqus
Facebook
Google