Future Blast

Future Blast: Kingdom Hearts III

A série Kingdom Hearts completou dez anos de vida em 2012. Contudo, desde 2005, ano do lançamento japonês de Kingdom Hearts II para o PlaySt... (por Vitor Navarrete em 09/12/2012, via GameBlast)

A série Kingdom Hearts completou dez anos de vida em 2012. Contudo, desde 2005, ano do lançamento japonês de Kingdom Hearts II para o PlayStation 2, não tivemos nenhum jogo realmente novo da franquia para consoles de mesa. E, como parece que essa espera só vai terminar com a chegada de Kingdom Hearts III, me acompanhe junto com o Fellipe Camarossi enquanto tentamos descobrir como será esse jogo tão aguardado. Desnecessário dizer que este artigo contém inúmeros spoilers da série. Leia por sua conta e risco.

A história até aqui

Como resumir a história de uma franquia que já dura dez anos e tem sete jogos espalhados por cinco plataformas diferentes, além de celulares. Considerando também que já jogamos com seis protagonistas diferentes, a tarefa parece ficar ainda mais complicada. Mas, e se, ao invés de olharmos para a história dos mocinhos, olharmos para o vilão? Como todos os jogos lançados até o momento pertencem ao que Tetsuya Nomura, criador e diretor da série, chama de As crônicas do perseguidor da escuridão, tal abordagem parece correta. E quem é tal pessoa que busca a escuridão? Nada menos que o Mestre Xehanort.

Jogos para PS2, GBA, DS, PSP e 3DS.
Xehanort é um vilão incomum, sua motivação parte mais da pura curiosidade do que de uma má índole. Ele quer saber o que ocorreria após uma segunda Guerra da Keyblade. Ele precisa saber. Xehanort crê que ao conjurar o verdadeiro Kingdom Hearts, numerosos guerreiros da Keyblade surgirão dos diversos mundos que pertencem ao grande Mundo e travarão uma nova guerra pelo domínio da verdadeira luz. Mas, para revelar Kingdom Hearts é necessário uma chave especial, a χ-blade.

Mestre Xehanort.
Em Birth by Sleep (BbS), Xehanort tentou executar seu plano ao chocar a pura luz de Ventus com as puras trevas de Vanitas. Ele realmente obteve sucesso em criar a χ-blade, mas as ações de Terra, Ventus, Aqua e do Rei Mickey conseguiram impedir a conclusão do plano. Cerca de doze anos depois, descobrimos em Dream Drop Distance (DDD) que, durante a Guerra da Keyblade, a χ-blade original se partiu em vinte pedaços, treze de trevas e sete de luz, e que a união dos mesmos daria origem a uma nova χ-blade.
A χ-blade.

Dessa forma, aqui estamos nós, eu e Fellipe Camarossi, para tentar descobrir quais serão estes vinte pedaços que movimentarão a trama do próximo episódio da série. Mas antes precisamos tentar responder algumas outras perguntas

O próximo jogo será realmente Kingdom Hearts III?

Após KH II, para PS2, quatro títulos não numerados foram lançados em plataformas portáteis. O próximo jogo será realmente KH III?

Creio que sim. Tai Yasue, co-diretor dos títulos mais recentes da série, falou em diversas entrevistas que DDD preparava os acontecimentos para KH III. Temos também duas mensagens secretas em DDD. A primeira “O passado será despertado novamente como um novo número com detalhes nunca vistos antes. Se prepare para o despertar do próximo número.” provavelmente se refere ao KH 1.5 HD ReMIX. Já a segunda, presente nos créditos finais, diz “Isso leva a Kingdom Hearts” e então Sora e Riku aparecem caminhando em direção à luz e, por um breve instante, podemos ver a silhueta do número três em algarismos romanos. Mas, pergunto a você Fellipe, isso quer dizer que nunca veremos Birth by Sleep vol. 2 que foi brevemente apresentado no final secreto da versão Final Mix de BbS? Ou ele ficará para um momento futuro, após KH III?


Aqua encontra o Castelo dos Sonhos da Cinderela no Reino das Trevas.

Fellipe
Eu temo que terei de discordar dessa vez, Vitor. Suspeito que ainda teremos um último lançamento entre 2013 e 2014 e então o esperado Kingdom Hearts III virá ao mundo em 2015 – fechando o aniversário de dez anos de KH II e dando tempo para o lançamento de BbS vol. 2. Por que penso desta maneira? Segundo Nomura, o terceiro jogo numerado da série irá concluir a “Saga Xehanort”, amarrando todas as pontas e fechando o enredo. Com isso em mente, BbS vol. 2 precisa vir antes, pois tem um buraco colossal na história de Kingdom Hearts; o que houve com Aqua ao entrar no Reino das Trevas? Como Mickey adquiriu uma Keyblade de natureza sombria – Kingdom Key D – e o que aconteceu com o rei e Riku enquanto estiveram no seu mundo? São perguntas que precisam ser respondidas pela continuação de BbS, assim enfim respondendo todas as perguntas em aberto antes de entrarmos com tudo nesse capítulo final.

Para quais consoles Kingdom Hearts III será lançado?

Os dois títulos numerados da série saíram para plaformas da Sony. Mas, os títulos para portáteis marcaram mais presença em consoles da Nintendo. O jogo será multiplataforma?
Essa é uma pergunta delicada. Nomura já falou em diversas ocasiões que não gosta de desenvolver para mais de uma plataforma ao mesmo tempo, pois acha que o desenvolvimento perde o foco. Mas isso não impederia que o título fosse portado para um novo console por outra equipe. A resposta final, contudo, deve ser revelada quando Final Fantasy Versus XIII for finalmente lançado. Versus, que também é criação de Nomura, foi anunciado como exclusivo do PS3 e é considerado como uma plataforma de testes para KH III. Caso Versus vire multiplaforma, o mesmo ocorrerá como KH III. O destino de ambos será o mesmo. E você Fellipe, crê na possibilidade de KH III ser lançado como exclusivo do Wii U?

Kingdom Hearts Wii. Só existiu na cabeça dos fãs.

Honestamente, eu creio que seja uma possibilidade pequena – contudo existente. Uma coisa que complica o lançamento multiplataforma do jogo são as propostas opostas dos consoles da Sony e Nintendo. Não é tão simples portar um jogo do PlayStation para o Wii U, que tem controles e mecânicas totalmente diferentes. O que facilitaria é que o console nintendista possui o controle “Pro”, que é parecido com os dos concorrentes e feito para jogadores hardcores. Basta que a equipe tenha ânimo para fazer o jogo multiplataforma, porque a série contém fãs em ambas as empresas – e o número aumentou exponencialmente após Kingdom Hearts 3D: Dream Drop Distance, que é um dos melhores – se não o melhor – até agora.
 

A volta dos que não foram...

Terra, Ventus e Aqua. Os três protagonistas de BbS que não foram felizes para sempre. O corpo de Terra foi possuído pelo coração de Xehanort. O coração de Ventus dorme dentro do corpo de Sora há mais de dez anos. Já Aqua está presa no Reino das Trevas, desde o final de BbS. Os três guerreiros da Keyblade conseguirão retornar em KH III?
Eu esperava que isso ocorresse em DDD, na verdade, mas já que não foi bem assim, creio que KH III será o jogo para tal. Resgatar Aqua é a tarefa mais fácil. Sora, Riku, Ansem o Sábio e o Rei Mickey já provaram que é possível fugir do Reino das Trevas. Uma vez que Aqua esteja novamente no Reino da Luz ela pode recuperar o corpo de Ventus. Terra é o caso mais complicado, mas acredito no seu retorno, pois DDD dá a entender que Xehanort voltará para o seu antigo corpo, indicando que o corpo de Terra será libertado em um futuro próximo.

Eles ainda precisam honrar o nome do Mestre Eraqus.

Aqua decerto fará o seu retorno após BbS vol. 2 e estou torcendo pela libertação de Terra nos eventos de KH III. Já Ventus é um caso mais delicado visto que, olhando de uma perspectiva mais literal, sua alma está quebrada. Depende de como Sora irá lidar com os próprios poderes e responsabilidades para que traga o rapaz de volta (o que provavelmente irá resultar no retorno de Castle Oblivion como mundo jogável no terceiro jogo enumerado). Agora é aguardar para ver do que o protagonista é capaz, mesmo depois dos eventos que beiram o catastrófico de DDD.

... e a volta dos que realmente foram

Roxas, Naminé e Xion. Dois Nobodies e uma marionete. Os dois primeiros retornaram para os seus corpos de origem e a última foi esquecida por todos. Será que eles retornarão ao Reino da Luz com corpos físicos próprios?
Outra questão complexa. Sabemos que Roxas e Naminé (R&N) são os Nobodies de Sora e Kairi (S&K), respectivamente. É fato que R&N são especiais, uma vez que coexistiram sem problemas com S&K durante o período em que foram criados até o fim de Chain of Memories. Como parte das memórias perdidas de Sora acabaram se alojando em Roxas, a eliminação do Nobody foi necessária para que Sora recuperasse sua memória. Mas Naminé nunca precisou deixar de existir e, mesmo assim, retornou para Kairi, mesmo que ninguém saiba como, uma vez que ela simplesmente desaparece perto do fim de Kingdom Hearts II.

O único final feliz da série até agora.

Xion é o caso mais complicado de todos. Ela era uma marionete que foi destruída por Roxas no final de 358/2 Days. Depois disso, ninguém lembra da pobre coitada. Ninguém exceto Sora e Riku. Sora a viu em um sonho, já Riku conversou com a mesma ao mergulhar no coração de Sora. Em teoria, segundo Ansem o Sábio, é possível restaurar a mesma, assim como Roxas e Naminé. Mas, na prática, não parece uma tarefa fácil. Fellipe, será se Sora & Cia conseguirão recuperar mais esses companheiros?

Volta, Xion!

Quanto a Roxas e Naminé, eu honestamente não acredito em seu retorno – ao menos não fisicamente. Suas essências vivem em Sora e Kairi, suas marcas foram deixadas e é provável que seus poderes façam retorno – como a habilidade de Naminé de controlar memórias e Roxas de usar duas Keyblades. Aliás, este último é interessante porque é algo resultante da fusão entre Roxas e Xion, a terceira personagem que vamos falar agora. Ela é um caso interessante por ter sido uma marionete, mas igualmente deixou de existir ao fundir-se com Roxas – que eventualmente retornou a Sora. Com isso, é difícil imaginar que ela consiga retornar, mas acredito que seja possível um último presente a pobre moça: todos se lembrarem dela. Afinal de contas, enquanto se lembrarem de você, você vive para sempre.

As treze escuridões e as sete luzes

Segundo o próprio Mestre Xehanort nada está definido ainda, mas todas as peças estarão posicionadas quando chegar a hora certa. Mas, quais personagens farão parte das vinte peças?
Axel, quer dizer, Lea, que me perdõe, mas para o lado da Luz eu serei bem clichê: Sora, Riku, Kairi, Ventus, Terra, Aqua e Mickey. Não há motivos para ser diferente disso. Mesmo que Roxas, Xion e Naminé retornem, mantenho minha opinião.

Luz é o que não falta nessa série.
Já do lado das trevas já foram revelados: Master Xehanort, Xehanort jovem, Ansem o perseguidor da escuridão, Xemnas, Braig (Xigbar) e Isa (Saïx). Todos estes apareceram em The World That Never Was no último jogo. Também temos Riku jovem que encontrou o verdadeiro Riku no mundo do Pinocchio. Sobram então seis vagas. Meus chutes são: Vanitas, Even (Vexen), Dilan (Xaldin) e... sinceramente não consigo pensar em mais ninguém. Alguma sugestão Fellipe?

"Ei, eu também tenho uma Keyblade."

É um assunto interessante porque a proposta original da “Verdadeira Organização XIII” seria que ela fosse composta de treze diferentes encarnações de Master Xehanort, porém cá estão Xigbar e Saïx. Desta forma fica a pergunta: em todos os Nobodies existe uma parte de Xehanort, por ele tê-los criado? Se sim, é bem possível que os outros originais estejam dentre a nova Organização, como Even, Dilan e Ienzo. Não creio que o Vanitas esteja incluso. Outras possibilidades incluem mais encarnações de Xehanort, como Riku-Xehanort e outras que ainda não vimos – como foi o caso do mestre jovem. Já no lado da luz, sou perfeitamente capaz de aceitar que Lea entre no lugar de Terra ou Ventus, pelo fato de que estes estão impossibilitados de lutar. Mas é claro, é só a minha opinião.

O que desejamos para o novo jogo

Quais novos mundos queremos visitar em KH III? Personagens de Final Fantasy ou de The Worlds Ends With You? E quais serão as inovações na jogabilidade?
Eu não sou muito seletivo quanto aos mundos da Disney que aparecem na série. Sou fã dos desenhos da empresa desde muito novo, tive várias VHS e até hoje assisto as estreias no cinema. Mas o meu desenho favorito ainda não apareceu, ao menos não completamente. Até hoje eu aguardo o momento em que Sora aterrisará a Gummi Ship no mundo de A Espada era Lei. Ajudar o pequeno Arthur a se tornar um verdadeiro cavaleiro/rei e, de troco, dar umas cacetadas na cabeça de Madame Mim. Eu zeraria minha infância assim.

Apenas imaginem a Excalibur em forma de Keyblade.
Também não tenho pretensões de outros personagens da Square. Mas acho que existe espaço para utilizar personagens dos primeiros jogos da série Final Fantasy. Utilizar outro vilão da série que não Sephiroth também seria uma ótima ideia. Por mais que eu goste de One Winged Angel, estou ficando cansado da música.

O Guerreiro da Luz (FF I), Luneth (FF III) e Cecil (FF IV) são adequados para a trama de Kingdom Hearts.
Na partede da jogabilidade eu gostaria de ter vários times com três personagens. Poder jogar com Sora, Donald e Pateta e depois mudar para Sora, Riku e Kairi ou para Terra, Ventus e Aqua seria uma experiência incrível. Também acho que deveríamos iniciar controlando ou Kairi ou Lea, para justificar o baixo level no início do jogo, assimo como aconteceu com Roxas em KH II. Ou mesmo começar com Ventus e depois descobrir tudo o que aconteceu até aquele momento através de flashbacks jogáveis. As possibilidades são muitas. O que você deseja ver em Kingdom Hearts III, Fellipe?


Yen Sid terá que coordenar as missões de tantos guerreiros.

Pra começar, eu gostei muito da sua ideia de ter várias equipes. Acredito eu que seria interessante ter um sistema missões, onde em cada mundo a equipe fosse diferente e fosse possível rotacionar os membros. Em uma equipe contendo Sora, Riku e Kairi, a qualquer instante seria possível controlar qualquer um deles e os outros dois serem o suporte. Outra possibilidade é a de que o jogo possua sete campanhas, uma para cada membro do grupo da luz, no maior estilo BbS. Nesse caso, teríamos de controlar apenas um personagem por jogatina, mas fazer parcerias entre os outros para que as histórias se completem. Se fosse esse segundo caso, seria interessantíssimo liberar uma oitava campanha onde se usa todos os membros, sendo esta mais curta, apenas para a parte final do jogo e o embate decisivo contra Master Xehanort.

O Sora não sabe usar um computador. Imagina ele em Shibuya.

Particularmente eu gostei muito da forma com a qual os personagens de The World Ends With You foram utilizados em DDD, e como na conclusão de Traverse Town a situação é resolvida e os personagens retornam ao seu mundo, acredito que seja perfeitamente possível que estes apareçam na conclusão da série em seu próprio mundo baseado em Shibuya (algo como "Reaper's City"). Aliás, não somente acho possível como torço fielmente para que aconteça.

Protótipo de Woody escondido no código de KH II.
Quanto aos mundos, queria muito ver Toy Story – apenas pela nostalgia – e Robin Hood, filme que ainda tenho em VHS por aqui. São clássicos e decerto dariam excelentes histórias para o desenvolvimento do caráter dos protagonistas. Se bem que, pensando na possibilidade de várias campanhas, podemos visualizar uma gama colossal de mundos. Só sei que, indiferente do que Nomura esteja guardando para nós, Kingdom Hearts III será o melhor jogo da série até agora. E que venha o confronto final!
Robin Hood, Little John e Sora andam pelo bosque...

E você, fiel leitor, o que deseja do novo jogo da série? Novos personagens jogáveis? Novos inimigos? Quais mundos da Disney você deseja visitar? Compartilhe conosco os seus anseios enquanto esperamos qualquer informação sobre a produção do jogo.

Colaboração: Fellipe Camarosi
Revisão: Leandro Freire


Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


  1. Eu li em um lugar que KH III não vai ser o último Kingdom Hearts,só vai ser o fim do Hehanort (finalmente!),e agora em 2013 teremos o 1.5 HD REmix,e o que eu quero dizer com isso é que vai envolver nesse pacote o KH 358 2 Days o 1 Final Mix e mais o Chain Of Memories se não me engano,então tem gente que acha que também pode sair outro desse pacote com o KH 2 e o BBS,e também tem uns lugares que tão falando que pode ter um possivel filme da saga previsto para 2015,se é fake ou não eu não sei mais junto com o outro possivel pacote HD,BBS volume 2 mais o filme eu acho que o 3 vá sair em 2016,ou então vai ver se sair mesmo um filme quem sabe seja o 3 inves do jogo.

    ResponderExcluir
  2. Eu queria muito os mundos da pixar no KHIII, por exemplo monstros s.a., toy story e os incríveis. Espero que o KHIII saia para o xbox360, apesar de já achar isso meio inviavel. Pelo menos, um dos FF novos havia saído para ambos ps3 e xbox, então ainda tenho esperanças. Sobre sair para o WiiU, discarto a idéia, acho que pode sair um novo título para o WiiU, mas não o KHIII, assim como acho que se tiver um BbS vol 2, seria para psvita. Eu realmente queria que eles seguissem uma linha de plataformas, ou o jogo é so da nintendo ou so da playstation, pq já está ficando ruim pra caramba comprar um novo console por causa de um jogo novo. Já tive que jogar os de DS e o BbS por emulador e n foi nada agradavel, e ainda tive que comprar um 3DS para o DDD, e como escolhi o xbox em vez do ps3, queria que pelo menos UMA VEZ NA VIDA eles me ajudassem. A minha segunda franquia favorita é do mesmo jeito, e é assim que eu escolho meus consoles, vendo qual bate com os jogos de ambos SW e KH (assim q escolhi o meu 3DS em vez de psvita) Se o KHIII for exclusivo para ps3, vou pensar seriamente em abandonar a série.

    ResponderExcluir
  3. Falou e disse,o negócio tá complicado,enquanto eu tento me concentrar em comprar um console de tal plataforma pra comprar o KH sai outra muito diferente,não é todo mundo que tem dinheiro pra torrar o ano inteiro comprando além do jogo os consoles.Só que não,sou fã fiel de KH e vou continuar acompanhando a série.

    ResponderExcluir
  4. Eu queria muito continuar, mas não faço questão de continuar uma série se não for jogando os jogos. Se o III sair mesmo para o PS4, vou tentar meu máximo para continuar, mas, se não der, também não vou ficar morrendo, vendo vídeo do youtube e mandando sei lá quem comprar o jogo pra eu jogar. É realmente muito chato você seguir uma série de jogos que não se decide, por isso apoio séries que nem God of War e Assassin's Creed, eles não ficam de nhe nhe nhe com consoles, todo mundo sabe que o jogo vai sair pra console tal e tal antes mesmo dele ser lançado.

    ResponderExcluir

Disqus
Facebook
Google