Jogatina de FDS

O que estamos jogando: Doom Eternal: The Ancient Gods, Root Film, Blade Fury, For Honor e mais!

Sem saber o que jogar no final de semana? Confira os jogos que a equipe do GameBlast jogará neste final de semana.



Olá, queridos leitores! Sejam bem-vindos a nossa Jogatina de FDS. Depois de toda a correria ao longo da semana, nada como dar uma pausa momentânea e relaxar ao aproveitar aquele título pendente em nossa lista. Não importa a plataforma ou gênero, a única regra é curtir esse hobby que tanto amamos da melhor maneira possível. Motivados por isso, pedimos ao nosso time de redatores para compartilhar com vocês os jogos para esse final de semana.

Matheus Senna de Oliveira



A conclusão de uma aventura infernal

Neste fim de semana, vou tentar dedicar o meu (reduzido) tempo livre a um dos lançamentos da semana. Segunda DLC do excelente Doom Eternal (Multi), The Ancient Gods: Parte Dois promete fechar com chave de ouro a aventura do Slayer contra a invasão demoníaca à Terra. A primeira parte dessa expansão foi uma ótima, ainda que bastante difícil, experiência e matou a saudade dos combates frenéticos da franquia. Vamos ver se o novo capítulo consegue manter o nível de qualidade e concluir a história de forma satisfatória (e, quem sabe, deixar alguma ponta solta para uma futura continuação).




Ivanir Ignacchitti



Filmes, maldições e mistério

Minha semana que vem será marcada por provas de faculdade, mas enquanto elas não chegam, eu devo passar o fim de semana jogando Root Film no Switch. O jogo é uma espécie de sucessor de Root Letter (Multi), mas com um elenco e eventos originais ao invés de ser uma continuação direta.




A história se passa em torno de um novo cineasta que costuma fazer filmes de terror e mistério. Selecionado para fazer parte do reboot de um projeto de TV que foi cancelado misteriosamente há 10 anos, o rapaz logo precisa desvendar um assassinato que ameaça acabar com o reboot e se há relações disso com o cancelamento do original. Ainda tenho chão pela frente antes de poder falar sobre a experiência, mas as artes são muito bonitas, mesmo mudando o estilo em comparação com o anterior.




Maurício Katayama



Resolvendo um golpe de estado na base da espada

Dedicarei este fim de semana a Bladed Fury, um jogo de ação ambientado na China antiga, onde ajudamos a jovem princesa Ji Jiang, injustamente acusada de haver matado seu pai. Como todo bom hack n’ slash, a princesa vai abrir caminho na base da espada até revelar a verdade sobre o golpe de estado e conseguir sua vingança.




Mário Carvalho



Tudo pela honra e o retorno a Teyvat

Se no PlayStation 4 eu já tinha uma lista considerável de jogos para finalizar, com o PC e o Game Pass a coisa fugiu do controle. São tantos títulos que desejo jogar ao mesmo tempo que fica difícil saber por onde começar. Com a campanha na dificuldade insana finalizada em Gears of War: Ultimate Edition (Multi), a bola da vez vai ficar com For Honor (Multi).

A franquia de combates online da Ubisoft sempre me chamou atenção por trazer culturas antigas que eu aprecio e um sistema de combate diferenciado. As notícias de que ele sofria com instabilidade nos servidores e uma comunidade cada vez menor me fizeram adiar minha experiência na luta contra Apollyon e sua legião de guerreiros, mas o comprometimento do time de desenvolvedores em corrigir os problemase trazer novos conteúdos foram o incentivo que eu precisava para começar. 




Caso sobre algum tempo, pretendo retomar minha aventura em Genshin Impact (Multi). O fato de ter perdido minha conta no PlayStation por conta de uma política da Sony de não liberar a migração para outras plataformas tem me desanimado muito. Por outro lado, a vontade de terminar o guia de personagens que tenho publicado aqui no Blast bate mais forte, o momento nunca foi mais oportuno para aplicar as dicas que passei e elaborar algumas novas.




GameBlast recomenda

A semana para os fãs de videogame foi bem agitada. Tivemos novidades em muitas plataformas como a vinda do EA Play no Game Pass do PC, além de novas adições ao catálogo do famoso serviço por assinatura da Microsoft. Já no lado da Sony os jogadores também terão seus mimos já que a iniciativa Play At Home 2021 vai nos presentear com 10 jogos, incluindo o aclamado Horizon Zero Dawn. Para fechar com chave de ouro, tivemos a conferência da Square Enix que trouxe notícias excelentes como as atualizações futuras em Marvel's Avengers (Multi) e trailers de Forspoken e Outriders.
Lançamentos para PC da semana 10

Dando sequência aos destaques que rolaram aqui no GameBlast, temos a análise de Yakuza: Like a Dragon (Multi) que tem chamado muita atenção do público brasileiro graças a tradução em português que garantiu que o jogo fosse amplamente divulgado em redes sociais e streams. Não é para menos, o mais recente título da Sega entrega conteúdo de sobra ao jogador, como todo RPG que se preze, além de uma trama densa e envolvente, algo já notório na franquia da famosa máfia japonesa.
Análise: Space Otter Charlie (Multi)

Se a sua procura é de um título indicado para os pequenos, temos Mail Mole (Multi) que apesar de não estar com o idioma local, tem um enredo relativamente simples que nos permite focar totalmente na jogabilidade que conta apenas com desafios de tempo e obstáculos a serem vencidos, riscando qualquer sombra de violência. A fórmula é ideal para se divertir por algumas horas ao lado dos jogadores mirins ou se você for muito fã do gênero plataforma.
Genshin Impact (Multi) – Guia de personagens quatro estrelas (Parte 2)

Nos do Blast ficamos sempre muito felizez quando temos oportunidade de analisar um jogo brasileiro, aqui representado por Red Ronin (PC) que te coloca na pele de uma implacável ronin (samurai mercenário/andarilho) que decide se vingar de seus ex-companheiros que a abandonaram durante uma missão perigosa. A matança se divide em salas que trazem elementos de estratégia e quebra-cabeças, pois nossa protagonista se move, essencialmente, em linha reta, o que requer planejamento e muita paciência no processo de tentativa e erro.
BlastCast #215 - Adoramos estes jogos, mas somos péssimos neles

A série Videogames vs Filosofia, escrita pelo talentoso Rafael Isenof deu uma pause de uma semana, mas calma..."foi apenas para esticar as pernas e refrescar as ideias". Ela já está de volta e, em sua mais recente publicação abordando um tema muito presente em nosso cotidiano gamer: cheaters! Estariam eles abonados pela frase que ficou marcada pelo filósofo absolotista, Maquiavel? Eu sempre me divirto e aprendo muito lendo essa série e não poderia deixar de recomendá-la por aqui.

E encerramos mais uma edição do Jogatina de FDS. Agradecemos pela sua presença e nos vemos no próximo sábado. Tenham todos uma excelente e segura semana!

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google