Jogamos

Análise: Isles of Sea and Sky é uma mágica aventura que promete quebrar nossas cabeças

Desvende os mistérios de um arquipélago envolto em magia, segredos e puzzles extremamente desafiadores.

Isles of Sea and Sky
é uma aventura que promete ser memorável, seja de forma positiva ou negativa, dependendo do quanto você aprecia o gênero de puzzles. Situado em um mundo mágico, você explorará um arquipélago repleto de encantos e mistérios enquanto decifra uma série de quebra-cabeças para adquirir novas habilidades e desvendar inúmeros segredos.

Perdido, sem rumo e com muito a descobrir

Nesta aventura, assumimos o papel de um rapaz que acorda naufragado em uma ilha desconhecida e intocada, sem nenhuma lembrança de como chegou lá e sem saber o que fazer. A única opção é explorar ilhas antigas e desvendar caminhos enquanto descobre novos segredos.

A principal habilidade do nosso herói é empurrar blocos para solucionar os mais diversos e engenhosos quebra-cabeças espalhados pela região. Contudo, à medida que nos aprofundamos no mundo de Isles of Sea and Sky, começamos a perceber que este aparente joguinho com visuais pixelados é um verdadeiro desafio até mesmo para os jogadores mais experientes no gênero de puzzles.

Cada nova tela apresenta um desafio engenhoso e, por vezes, bem complexo. Conforme avançamos na exploração, surgem enigmas com novas mecânicas e, mesmo sem uma única linha de diálogo na tela, o jogo “comunica” o que devemos fazer.

Um dos aspectos mais interessantes é que não somos obrigados a ficar presos em um único puzzle. Se não conseguirmos encontrar a solução de imediato, pode ser simplesmente porque não é o momento certo para enfrentá-lo. O mundo de Isles of Sea and Sky é aberto e oferece uma generosa liberdade para explorarmos da maneira que conseguirmos.

Claro, existem barreiras e mecanismos que impedem nosso avanço em certas áreas, mas o importante é que não há becos sem saída. Por isso, somos estimulados a sempre explorar diferentes cenários em busca de meios e soluções para os diversos mistérios e quebra-cabeças do jogo.

Nosso objetivo principal é coletar itens que nos proporcionam novas habilidades, permitindo abrir novos caminhos, acessar áreas antes intransponíveis e resolver novos puzzles. O item mais importante a ser coletado são estrelas mágicas, que funcionam como chaves para acessar determinadas áreas do mapa.

Muitos locais, seja uma passagem ou o acesso a uma nova ilha, dependem unicamente desse recurso. Essas áreas estão representadas por uma barreira com o símbolo de uma estrela e um número, que indica quantas estrelas precisamos para romper o bloqueio mágico e seguir passagem.


Além das estrelas, pedras coloridas representando os quatro elementos (terra, fogo, água e ar) são necessárias em certa quantidade para despertar o poder de entidades elementais, que acionam novas ações ou mecanismos essenciais para solucionar mais enigmas e acessar novas áreas. Chaves e equipamentos especiais também fazem parte da gama de itens que nosso simpático herói precisa em sua jornada.

Simples? Sim! Acessível? Nem tanto!

Quando tive meu contato inicial com Isles of Sea and Sky, a primeira impressão foi a de estar entrando em um simpático mundo com alguns puzzles para resolver e uma bela trilha sonora para embalar a aventura. Contudo, com cerca de 20 minutos, já tive meu primeiro choque de realidade com a complexidade, ainda inicial para os padrões do jogo, que o game já estava oferecendo.

O nível dos quebra-cabeças se mostra desafiador rapidamente, exigindo uma considerável dose de astúcia do jogador para solucioná-los. Se começamos empurrando alguns blocos para abrir caminho, tapar abismos e ativar mecanismos, logo passamos a realizar combinações de movimentos usando diferentes tipos de elementos no cenário para obter uma chave ou uma das já mencionadas estrelas.

Contudo, como já mencionado, não somos obrigados a ficar presos em um único puzzle. Temos liberdade para explorar novos locais e desvendar mais mistérios e enigmas. Muitas vezes, algo resolvido em um lugar diferente afetará, direta ou indiretamente, outro puzzle no mapa. O jogo se comunica conosco de forma sutil, mesmo sem diálogos ou placas com instruções.

Não há um sistema de dicas para auxiliar de alguma forma. Isles of Sea and Sky foi pensado para funcionar assim, ensinando ao jogador como agir por meio da própria experiência de exploração do arquipélago, como se realmente estivéssemos na pele do herói.

Por conta dessa complexidade, mesmo sendo um jogo com um grau de desafio notável, é complicado recomendá-lo justamente por esse detalhe. Mesmo jogadores que gostam de puzzles, como eu, podem se sentir desconfortáveis e cansados depois de tantas idas e vindas pelo mapa resolvendo os enigmas mais elaborados e engenhosos que presenciei nos últimos anos, apenas para se deparar com outro igualmente complexo ou mais.

Ainda assim, é indescritível a sensação de recompensa ao conseguir solucionar um quebra-cabeça que levou um bom tempo para ser resolvido, ou desvendar por conta própria o funcionamento de uma nova mecânica e como sua ação em um local pode influenciar em outro. O sentimento de satisfação é muito gratificante, mas a um preço igualmente alto em forma de tempo e paciência que nem todos podem estar dispostos a pagar.


Ainda assim é uma aventura e tanto

Isles of Sea and Sky é uma experiência única que desafia os jogadores com sua combinação de belos visuais pixelados, uma trilha sonora encantadora e quebra-cabeças bastante engenhosos. Este jogo não se contenta em ser apenas mais um título de aventura, já que exige astúcia, paciência e dedicação para proporcionar uma jornada gratificante aos que gostam de superar desafios mentais de alto nível.

Apesar de sua elevada dificuldade e a falta de um sistema de dicas, a liberdade de exploração e a sensação de conquista ao resolver cada puzzle fazem deste título uma recomendação sólida para os verdadeiros fãs do gênero. Você está pronto para esta aventura?

Prós

  • O estilo pixelado é visualmente agradável e simpático;
  • A música complementa perfeitamente a atmosfera mágica do jogo;
  • Os quebra-cabeças exigem muito pensamento crítico e criatividade.
  • O mundo aberto permite ao jogador explorar diversas áreas sem a pressão de resolver um único puzzle imediatamente;
  • A sensação de recompensa ao resolver um puzzle complexo é gratificante.

Contras

  • Pode ser excessivamente desafiador para jogadores que preferem puzzles mais simples;
  • A ausência de um sistema de dicas cria uma barreira de dificuldade;
  • A necessidade de inúmeras idas e vindas pelo mapa pode tornar a jogatina cansativa;
  • A sensação de progresso fica bem prejudicada por conta da experiência complexa que o jogo proporciona.
Isles of Sea and Sky — PC — Nota: 7.0
Revisão: Davi Sousa
Análise produzida com cópia digital cedida pela Cicada Games

Fã de Castlevania, Tetris e jogos de tabuleiro. Entusiasta da era 16-bit e joga PlayStation 2 até hoje. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Nas redes sociais é conhecido como @XelaoHerege
Este texto não representa a opinião do GameBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google