Jogatina de FDS

O que estamos jogando: Project Warlock, The Last of Us Part II, Disintegration, Darius Cozmic e mais!

Sem saber o que jogar no final de semana? Confira os jogos que a equipe do GameBlast jogará neste final de semana.


Olá, queridos leitores! Sejam bem-vindos a nossa Jogatina de FDS. Depois de toda a correria ao longo da semana, nada como dar uma pausa momentânea e relaxar ao aproveitar aquele título pendente em nossa lista. Não importa a plataforma ou gênero, a única regra é curtir esse hobby que tanto amamos da melhor maneira possível. Motivados por isso, pedimos ao nosso time de redatores para compartilhar com vocês os jogos para esse final de semana.

Mário Carvalho


Adeus, velho oeste! Olá, pós-apocaliptico!

A jogatina em Desperados III (Multi) está se aproximando de seu ápice e conclusão. As peças soltas presentes na trama se encaixaram e acompanhar o papel de cada um na história contada até o momento só enriquece a experiência que até então tem me agradado bastante. Além de finalizar esse maravilhoso RTS, pretendo embarcar na tão aguardada jornada de Ellie em The Last of Us Part II (PS4). Se a expectativa já estava elevada, ela ficou ainda maior depois de ler a análise do nosso colega Alexandre Galvão. Mal posso esperar para ver o resultado da soma de todas as experiências vividas pela protagonista e como será sua interação frente a novas ameaças humanas.


Ivanir Ignacchitti


Um fim de semana mais calmo, eu espero

Terminei Xenoblade e Samurai Shodown, então agora estou com um fim de semana mais tranquilo. Pretendo voltar para Mega Man Battle Network 3 (GBA/Wii U). Atualmente estou na UnderNet 3 procurando o próximo vilão que tenho que derrotar, após apagar incêndios pela internet de forma bastante literal.



Atualmente o Steam está com um festival de jogos com várias demos e pretendo dar uma olhada neles também. Já testei Haven, da The Game Bakers, e quero dar uma olhada em vários outros. Provavelmente meu foco será jogar as demos de Adabana: Odd Tales e ATRI - My Dear Moments-, cujas versões completas já estão disponíveis no Steam e que estou bastante curioso para testar. São as primeiras visual novels da label ANIPLEX.EXE e desde o anúncio me interessei bastante em jogá-las, especialmente Adabana, com sua atmosfera mais sombria para a exploração de contos de fada variados.



Matheus Senna de Oliveira


Fechando um RPG de ação e um FPS com cara de clássico

Neste fim de semana espero terminar com dois jogos, começando com Ys: Memories of Celceta (Multi). A análise desse ótimo RPG de ação já está publicada, mas ainda tenho uns poucos segredos que quero explorar. O título é uma ótima pedida para os fãs do gênero, ou para quem simplesmente curte um game dinâmico e divertido. Temos muitas missões, vários personagens com habilidades e equipamentos customizáveis e um grande mapa repleto de surpresas. Tudo isso dentro de uma ótima e mágica aventura.



O segundo jogo é Project Warlock (Multi). Claramente inspirado em títulos como Doom, Wolfenstein e Duke Nukem, o FPS segue um estilo clássico onde temos ambientes fechados e muitos inimigos para enfrentar. Embora em duas dimensões, os gráficos são de alta qualidade e combinam perfeitamente com a sua proposta que mescla tradição com novidade. O game foi lançado para PC em 2018 e chegou no PS4 neste mês em toda a sua glória pixelada e sangrenta. A análise deve chegar no fim da próxima semana, então fique ligado!



Michele Pandini


The Last of Us 2

Eu sou uma das que vai também para O Último de Nós parte 2 nesse fim-de-semana. Depois de passar meses desviandos dos spoilers que nem o Neo em Matrix, tá na hora de saber como vai continuar a história da Ellie nesse universo pós-apocalíptico.



Mas, quando eu terminar esse título que estava esperando desde que foi anunciado, vou voltar para minha rotina de jogos que parou em Sherlock Holmes Devil's Daughter, da Frogwares. Depois de terminar o primeiro, fiquei impressionadíssima e adorei tanto o jogo que fui para o segundo. Joguei um caso já e notei o quanto atualizaram o jogo, colocaram mais animação, a possibilidade de explorar Baker Street e seus arredores. Mal posso esperar pelos casos que tem para desvendar nesse jogo!



Carlos França Jr.


Distribuindo tiros pelo espaço e um documentário para relaxar

Cá estou eu em mais um final de semana que passarei acompanhado não por uma, mas por duas coletâneas. A nostalgia da vez será com Darius Cozmic Collection Arcade (PS4/Switch) e Darius Cozmic Collection Console. Darius é uma série de shoot'em up desenvolvida pela saudosa Taito na década de 1980 e que foi trazida de volta nesses dois compilados.

Um dos títulos traz as versões dos saudosos fliperamas, com as sutis diferenças entre as versões orientais e ocidentais. O outro foca em reunir as edições publicadas para Mega Drive/Genesis e SNES.



Como não consigo ficar longe dos meus amados jogos de luta, vou aproveitar para deixar uma sugestão. Foi lançado no YouTube o documentário FIGHT ON: The Killer Instinct Story. Ele conta desde as origens até a ressurreição da franquia no Xbox One e traz depoimentos dos envolvidos em sua produção. A produção conta até com legendas em português. Imperdível para quem é fanático pelo gênero.

Alexandre Galvão


Experimentando uma mistura de gêneros

Uma pausa na Odisseia para experimentar um jogo, no mínimo, peculiar que nos enviaram para analisar. Em Disintegration (Multi) assumimos o papel de Romer Shoal, um experiente piloto de graviciclos em um futuro onde os humanos estão sujeitos a um procedimento chamado de Integração, onde seus cérebros são implantados em corpos cibernéticos, permitindo que possam continuar vivendo na Terra devastada. Em muitos casos o procedimento é feito de forma forçada, mas alguns humanos o fazem de forma voluntária.



Romer é o líder de um grupo de rebeldes contra a opressora Rayonne, e lutarão pelo desejo dos integrados que sonham em ser humanos novamente. O jogo é uma mistura de FPS com estratégia em tempo real e uma das coisas que estou gostando nele são as personalidades de alguns personagens e a jogabilidade diferente que exige bem mais habilidade do que a habitual num jogo de tiro em primeira pessoa. A história está bem mais ou menos e o multiplayer, quando acha uma partida, até que permite brincar um pouco. Os detalhes vocês conferem quando a análise for publicada.



Fora isso, eu estou acompanhando as reações das pessoas sobre The Last of Us Part II (PS4). Como joguei ele antecipadamente para fazer a análise, não tinha com quem conversar sobre a história do jogo. Estou, inclusive, planejando um episódio do BlastCast sobre isso, o que acham? Uma coisa é certa, terão spoilers para o lado do vento!



Hadan F.


O dilema de todo jogador: muitas coisas para jogar, mas sempre queremos o que não possuímos

Após ficar "órfão" com a platina em Bloodstained: Ritual of the Night (Multi) e por completar 100% de Shakedown Hawaii (Multi), me sinto como se um de meus gatos fossem arrancados de mim. Enquanto The Last of Us Part II (PS4) não chega em meu console, já que estou nessa onda de tentar dominar meus jogos, Days Gone (PS4) tem acenado para mim. Tão importante quanto: o Cube Draft está pegando fogo em Magic: The Gathering Arena (PC), logo, aproveitarei tanto quanto possível.


E encerramos mais uma edição do Jogatina de FDS. Agora queremos saber de você, caro leitor: qual a sua pedida para o final de semana? Não deixe de conferir em nossa página a análise de West of Dead (PC/XBO) trazendo muita ação em uma mistura de velho oeste e misticismo, e Maneater (Multi) que coloca o jogador na pele do terror dos sete mares com um enredo inusitado e divertido.

Skelattack (Multi)

Na pegada de The Last of Us Part II, que tal conhecer mais sobre a grande mente por trás do roteiro marcante da franquia? Confira o nosso especial sobre Neil Druckmann. E se o assunto e explorar a riqueza dos clássicos, fica a recomendação do último Blast from the Past sobre Diablo II, o famoso jogo da Blizzard completa 20 anos esse ano e foi um dos maiores responsáveis po popularizar o gênero de RPG com visão isométrica.

Já ouviu o nosso BlastCast 198? Aqui discutimos a apresentação do PlayStation 5 de maneira descontraída.
Agradecemos pela sua presença e nos vemos no próximo sábado. Tenham todos uma excelente e segura semana!

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.


Disqus
Facebook
Google