Jogatina de FDS

O que estamos jogando: No Straight Roads, AVICII Invector, Ruiner, Tropicalia e mais!

Sem saber o que jogar no final de semana? Confira os jogos que a equipe do GameBlast jogará neste final de semana.


Olá, queridos leitores! Sejam bem-vindos a nossa Jogatina de FDS. Depois de toda a correria ao longo da semana, nada como dar uma pausa momentânea e relaxar ao aproveitar aquele título pendente em nossa lista. Não importa a plataforma ou gênero, a única regra é curtir esse hobby que tanto amamos da melhor maneira possível. Motivados por isso, pedimos ao nosso time de redatores para compartilhar com vocês os jogos para esse final de semana.

Matheus Senna de Oliveira


Show musical e aventura super-heroica 

Apesar de alguns probleminhas, No Straight Roads (Multi) atendeu as minhas expectativas. Me diverti muito ao som de vários ritmos musicais com canções incríveis. Os visuais cartunescos e a ação no estilo hack and slash também me encantaram, tornando os combates divertidos e desafiadores. A mensagem de respeito às opiniões e estilos, desde que não agressivos, também foi uma grata surpresa. Pretendo curtir mais algumas músicas de NSR neste fim de semana.



Também pretendo aproveitar um pouco mais de Marvel’s Avengers (Multi). Ele acabou ficando abaixo do esperado, mesmo com qualidades como personagens divertidos de jogar, campanha incrível e muitas habilidades e skins para escolher e utilizar. O problema é que o multiplayer, que deveria incentivar o público a continuar jogando, é repetitivo e até chato em vários momentos. Ainda assim, ele tem alguns méritos e quero aproveitá-los até onde for possível. Fica a esperança que uma futura atualização consiga revelar todo o potencial do game.



Farley Santos


Preso entre música eletrônica e jardins

Neste fim de semana me dedicarei à versão para Switch do título de ritmo AVICII Invector: Encore Edition. O jogo, que é um tributo ao trabalho do falecido músico sueco AVICII, é visualmente apelativo e conta com boas mecânicas de ritmo exploradas em fases bem intensas — tem algumas sequências extremamente complicadas, mas é justamente esse tipo de coisa que eu aprecio em jogos desse gênero. Também estou aproveitando para conhecer a música de AVICII, já que não conhecia direito o seu trabalho mesmo gostando de música eletrônica. Fora isso, vou continuar montando meus jardins repletos de vegetação selvagem no relaxante e inusitado Cloud Gardens.



Hadan F.


A saga cibernética continua

Infelizmente não tive como me dedicar durante a semana com Ruiner (Multi), logo, o final de semana prosseguirá com ele. Por sinal, o jogo é melhor do que eu esperava em alguns aspectos, como o fato de possuir um enredo um pouco mais profundo, uma cidade a ser explorada e diversas sidequests a serem cumpridas. Num todo, tem sido uma experiência interessante.



Ivanir Ignacchitti


Um fim de semana chato

Este fim de semana vai ser meio complicado para mim. Trabalhos de faculdade acumulados e com prazo curto para resolver devem dominar pelo menos uns 90% do meu tempo. Caso eu consiga separar alguma coisinha, devo jogar um pouco de Tropicalia (PC). Esse RPG brasileiro está em acesso antecipado no Steam e utiliza um pouco do nosso folclore para construir uma experiência mais focada em gameplay do que em história. Com elementos de Soulslike, eu ainda tenho muito a melhorar para avançar mais no jogo.



Essa foi a nossa seleção de jogos. Agora queremos saber de você, caro leitor: qual a sua pedida para o final de semana?

GameBlast recomenda

Antes de iniciarmos, gostaria de compartilhar com vocês mais uma conquista de toda a equipe GameBlast: nossas análises agora estarão disponíveis no OpenCritic. Nosso intuito é trazer o melhor conteúdo possível para vocês e junto com a maior relevância que teremos, vem a inspiração e a necessidade de aumentar o nível de nossas publicações. Não deixem de conferir nosso perfil que já conta com algumas análises.
No Straight Roads


Começamos a seção de materias recomendadas já com uma análise de um jogo inusitado, Party Hard 2 (Multi) extrapola os limites e exprime toda a revola que sei que muitos de vocês já tiveram com aquele vizinho que abusa do bom senso ao colocar aquele som alto fora do horário apropriado. Mesmo com um tema polêmico e inadmissível na vida real, jogos eletrônicos dão a oportunidade de extravasar em temas do tipo que jamais deveriam fazer parte do nosso cotidiano.


Entrando na vibe dos super-heróis, apresentamos nossa análise de Marvel's Avengers (Multi), título que tem causado controversias na internet por conta de algumas falhas e por trazer um conteúdo diferente do que o público esperava. Particularmente, estou me divertindo bastante com ele, mesmo com a repetição de cenários e missões, poder controlar personagens icônicos em embates divertidos é a realização de um sonho de adolescente.
Ary and the Secret of Seasons


E se a Terra fica a salvo graças aos herós mais poderosos do planeta, o espaço fica a cargo de um esquadrão de renegados em Star Renegades (PC), misturando combates táticos, golpes impressionantes e o característico desafio elevado do gênero roguelike. Já que Marvel's Avengers tem potencial de encantar os fãs das revistas em quadrinhos, Captain Tsubasa: Rise of New Champions (Multi) é capaz de encantar toda uma geração que acompanhou o anime que aqui no Brasil ficou conhecido como Super Campeões. Apesar de conter alguns contras que devem ser levados em consideração, as exageradas técnicas mirabolantes prometem divertir.
Blast Test: Cloud Gardens


Tivemos a oportunidade de conferir o DLC de Control (Multi). A continuação apresentada em AWE traz uma série de novos quebra-cabeças e novo incrementos na mecânica de jogo, mesmo com uma duração curta, ele coloca um belo ponto final na aventura da diretora Jesse Faden e ainda conta com momentos que irão agradar os fãs de Alan Wake (Multi).
Lançamentos para PC da semana 36


O mundo dos jogos é repleto de MMOs, alguns deles com elementos marcantes que tornam a atividade em seus servidores viva mesmo após anos, enquanto outros se atém em fazer o "mais do mesmo" e tendem a cair no esquecimento com o tempo. Nosso redator, Pedro Gusmão, traz a vocês o exemplo de Final Fantasy XIV (PC/PS4), mostrando que uma equipe de desenvolvimento comprometida, além de uma comunidade ativa e majoritariamente acolhedora são essenciais para manter qualquer jogo do gênero em atividade constante.
BlastCast #204


E encerramos mais uma edição do Jogatina de FDS. Agradecemos pela sua presença e nos vemos no próximo sábado. Tenham todos uma excelente e segura semana!

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.


Disqus
Facebook
Google