Perfil

Direto de Monster Hunter, conheça Akantor, o Deus Wyvern

Desde Monster Hunter Freedom 2, Akantor se destaca pelo seu poder descomunal, o que deu a ele o merecido título de Monstro Supremo.

Em 2007 era lançado Monster Hunter Freedom 2 (PSP) e com ele, uma das criaturas mais poderosas de todos os jogos da franquia de caçadores de monstros. De lá pra cá, foram quatro jogos nos quais ele aparece e, no ano que vem, Monster Hunter 4 Ultimate (3DS) também contará com a sua presença. Então se você nunca enfrentou e morreu para Akantor, o Deus Negro, o Tirano de Fogo, o Monstro Supremo, o Deus das Wyverns; esse texto também é para você pois, querendo ou não, você vai enfrentá-lo um dia e é bom estar preparado.


O Flying Wyvern mais poderoso

Akantor não é um exemplo clássico de Flying Wyvern, uma vez que, assim como Diablos, ele não voa. Porém, se distanciando mais ainda da anatomia clássica dessa família de monstros (par de asas, duas patas e longa cauda), o Tirano de Fogo não apresenta asas completamente formadas, o que dá a ele uma aparência de quadrúpede que o faz ser confundido por alguns como parente de Brute Wyverns maiores, como Deviljho e Brachydios.

Mas voar não é uma necessidade para esse monstro e nem muito menos lhe faz alguma falta. Com uma carapaça poderosíssima, capaz de suportar até as mais altas temperaturas, Akantor consegue literalmente nadar no magma das regiões vulcânicas que habita. Suas enormes e resistentes presas o auxiliam a cavar túneis sobre rochas utilizando uma habilidade semelhante a do seu parente distante do deserto, Diablos. Somando isso aos 30 metros de altura que o monstro alcança, temos como resultado uma atrocidade que coloca qualquer coisa pra correr. Qualquer coisa mesmo!


O desequilíbrio ambulante

Mesmo que seja contraditório o Flying Wyvern mais poderoso não voar, os problemas envolvendo Akantor são bem maiores do que suas habilidades de voo. Quando um Akantor chega em um habitat, a primeira coisa que acontece é um desequilíbrio total da cadeia alimentar do local. Isso se deve ao fato do Deus Negro matar predadores e afugentar presas, acabando com o equilíbrio ecológico até então vigente.

Se Deviljho já é um poderoso nômade que interfere ativamente na cadeia alimentar, Akantor é a calamidade que acaba com qualquer coisa. Poucos são os monstros que sobrevivem para desafiar uma horrenda criatura como essa para um duelo, pelo fato dele ser extremamente agressivo e se alimentar de qualquer criatura (contanto que esta seja grande o bastante para saciar sua fome).

Graças ao seu peso e tamanho exagerados e seu comportamento desastroso, são raros os ambientes que suportam dois Akantor simultâneamente. Isso levaria à destruição por completo desses ambientes, tanto no quesito fauna quanto flora, pois com duas calamidades juntas, as lutas e destruições também seriam dobradas.

Monstruosidade a nível “Elder Dragon”

Outro grupo de monstros com a qual Akantor é confundido é com os poderosos Elder Dragons, a família mais poderosa de monstros de toda a franquia. Eu mesmo, ao falar aqui sobre o dragão Alatreon, havia chamado na época o Akantor de Elder Dragon, tamanho o seu poder. Mas a relação do Tirano de Fogo com os dragões é bem mais complicada.

Como já falamos aqui, Akantor vive normalmente em regiões vulcânicas e agride de forma desastrosa o ecossistema da região que habita, o que influencia o comportamento das criaturas que viviam ali antes dele, desde as mais simples e frágeis, até os mais poderosos seres que voam sobre os céus e pisam sobre a terra.



Tamanho é o poder desse monstro que ele consegue enfrentar de igual pra igual e até vencer Elder Dragons, como o já citado Alatreon e o majestoso Kirin. As únicas criaturas conhecidas que ainda conseguem ultrapassar a carapaca de um Akantor são os primeiros Elder Dragons: Fatalis e Crimson Fatalis, fora outro Akantor ou então seus “irmãos”, dos quais falaremos depois.

Os Juggernauts 

Akantor é um dos Flying Wyverns mais poderosos e isso é um fato. Mas essa calamidade não está sozinha no panteão dos monstros de Monster Hunter. Recentemente foi descoberta uma relação próxima entre esse monstro com outros dois Flying Wyverns que, assim como Akantor, são confundidos com seres muito mais fortes e lendários que os da sua espécie. São eles Ukanlos e Odibatorasu.

Ukanlos é tão poderoso quanto Akantor e divide semelhanças corporais nítidas, mesmo não sendo uma subespécie da criatura. Esse parente próximo do Tirano de Fogo é conhecido como o Tirano de Gelo, uma vez que reside em regiões glaciais e possui o mesmo efeito desastroso que o seu parente vulcânico.

Do mesmo modo, Odibatorasu é um habitante de regiões desérticas distantes. Conhecido como o Canhão de Rochas, o monstro, que também é um Flying Wyvern, lembra muito uma tartaruga e se aproxima de Ukanlos e Akantor pelo fato de possuir o corpo sustentado em quatro membros, ser perigosíssimo e também desbalancear seu ambiente.



Esses três monstros são considerados os três Juggernauts ou então os três Demolidores do mundo de Monster Hunter. São os Flying Wyverns mais antigos, poderosos e resistentes, verdadeiras máquinas de destruição que são facilmente confundidos com Elder Dragons.

Mesmo sem subespécies até então, Akantor possui uma forma variada no mesmo padrão de Diablos, Rathalos e Rathian:


  • Hardcore Akantor: Sim, caçadoras e caçadores, o que é ruim pode ficar ainda pior! Essa forma alternativa de Akantor possui tonalidades azuis e presas muito maiores do que sua forma “tradicional”. Dentre as habilidades únicas dessa forma, está a capacidade de espalhar seu rugido sônico por todo o corpo, causando dano em qualquer direção ao mesmo tempo.


Como matar algo que mata qualquer coisa?

Sempre quando falamos de um monstro, pensamos: “Como é que eu vou conseguir enfrentar algo assim e vencer?”. Nessa questão, Akantor é um dos casos nos quais essa pergunta é mais complexa de ser respondida. Em questão de elementos, essa monstruosidade demolidora utiliza dois diferentes: fogo e dracônico. Ao menos, possui fraqueza para dois também, elétrico e dracônico. 

Um dos seus principais ataques é uma rajada supersônica que consegue acertar caçadores numa linha reta a vários metros de distância. Ele também utiliza sua cauda para causar um dano considerável e consegue bater no chão com as quatro patas de forma a afastar seres indesejavelmente próximos demais. Além disso, também utiliza suas mortais mordidas para causar grandes danos e, claro, a boa e velha baforada de fogo.

Os rugidos altíssimos de Akantor atordoam até feras gigantescas

Além de tudo isso, ele possui a capacidade de cavar túneis. Além de utilizar isso para locomoção mais rápida (considerando que pelo seu tamanho e peso, ele é muito lento andando normalmente), Akantor pode surpreender inimigos por baixo, causando muito dano e fazendo jorrar lava para todos os lados. E é aí que entra uma estratégia muito semelhante à utilizada contra Diablos lá nos desertos.

Bombas sônicas e bombas de luz causam um bom efeito na criatura, e paralizá-lo com armas elétricas é sempre uma boa oportunidade. Não há muito o que se fazer além disso, torcendo para que os ataques da criatura não o acertem e que os seus ataques passem pela forte couraça do Tirano. Não é qualquer caçador que tem coragem, planejamento e habilidade para enfrentar um ser desses e sair vivo. Mas com os movimentos certos, isso se torna próximo do possível.


É apenas o começo…

Akantor pode ser um verdadeiro deus entre os Flying Wyverns, porém, mesmo com tanto poder, ele não é a única coisa que chega a esse nível de destruição. Como falamos aqui, Ukanlos, Odibatorasu, Fatalis e Crimson Fatalis são alguns exemplos de criaturas que são tão mortais e destruidoras quanto ele. Esse é um dos maiores encantos dos jogos dessa franquia, saber que nunca é verdadeiramente “o fim” ou “o máximo que eu vou ver”.



Essa realidade criada pelo pessoal da Capcom, esse universo e esse complexo ecossistema com criaturas jamais imaginadas, se torna maior a cada novo jogo lançado. E preparem-se, pois Monster Hunter 4 Ultimate vem aí com Gore Magala, Dalamadur, Shagaru Magara, Zamtrios, Tetsucabra, Seregios e outros monstros inéditos que renderão horas e mais horas de lutas épicas.

Akantor também foi apenas um dos diversos monstros que já receberam um perfil aqui no GameBlast. Vocês já o enfrentaram? Esperam enfrentar? Quais estratégias usaram? Vamos dividir mais informações contra essa horrenda criatura! E não deixem de indicar também quais as suas preferências para os próximos perfis de monstros aqui no Blast.

Jogos nos quais Akantor aparece:
  • Monster Hunter Freedom 2 (PSP, 2007);
  • Monster Hunter Freedom Unite (PSP/iOS, 2009);
  • Monster Hunter Portable 3rd (PSP/PS3, 2010);
  • Monster Hunter 4 (3DS, 2013).

Revisão: Marcos Silveira
Capa: Felipe Araujo





Gilson Peres é Psicólogo e Mestre em Comunicação pela UFJF. Está no Blast desde 2014 e começou sua vida gamer bem cedo no NES. Atualmente divide seu tempo entre games de sobrevivência e a realidade virtual.


Disqus
Facebook
Google