Activision Blizzard: empregados movem ação contra empresa alegando atitudes intimidatórias

As alegações sugerem que funcionários estejam sofrendo retaliação ao revelar mais detalhes sobre as condições de trabalho na empresa.


Mais um capítulo da novela Actvision Blizzard vem à tona com a revelação de que empregados da empresa estão movendo uma ação alegando que estão sofrendo ações intimidatórias como interrogatórios, coerção e até ameaças de membros hierarquicamente superiores. A intenção da empresa é "passar um pano" nos assuntos que já está respondendo judicialmente por conta do processo em que é acusada de assédio sexual e discriminação no ambiente de trabalho.



As notícias sobre o processo se tornaram públicas em julho, quando a justiça da Califórnia acusou formalmente a Activision Blizzard das condutas acima citadas. O documento da acusação movida pelos trabalhadores sugere que a empresa “repetidamente se envolveu em conduta ilegal, ameaçando funcionários”

Além disso, a empresa é acusada de dizer aos funcionários que "eles não podem se comunicar ou discutir investigações em andamento sobre salários, horas e condições de trabalho; que mantenham uma política de mídia social excessivamente ampla; apliquem a política de mídia social contra funcionários que se envolveram em atividades combinadas protegidas; funcionários ameaçados ou disciplinados por conta de atividade combinada protegida; envolvidos na vigilância de funcionários envolvidos em atividade combinada protegida e envolvidos no interrogatório de funcionários sobre atividade combinada protegida. ”

Para a National Labor Relations Board, órgão federal dos Estados Unidos responsável pela garantia dos direitos dos trabalhadores, a acusação escancara uma atitude de retaliação da Activision Blizzard contra qualquer pessoa que fale sobre assuntos relacionados ao ambiente de trabalho no local, consequentemente ligadas ao processo inicial que já enfrenta e causa prejuízos à empresa.

Desde o início da repercussão do processo por assédio, diversas perdas e prejuízos estão sendo contabilizados. Dentre eles estão as quedas no valor das ações, perda de patrocinadores para as ligas de seus principais jogos e casos que já geraram demissões e mudança nos processos de criação.

Fonte: VG247

Tecnólogo em Gestão Ambiental, produtor do BlastCast e sincero até demais. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora jogos que acabam em discórdia e fogo no parquinho. @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google