Jogatina de FDS

O que estamos jogando: Metro Exodus, Cyberpunk 2077, Part Time UFO e mais!

Sem saber o que jogar no final de semana? Confira os jogos que a equipe do GameBlast jogará neste final de semana.



Olá, queridos leitores! Sejam bem-vindos a nossa Jogatina de FDS. Depois de toda a correria ao longo da semana, nada como dar uma pausa momentânea e relaxar ao aproveitar aquele título pendente em nossa lista. Não importa a plataforma ou gênero, a única regra é curtir esse hobby que tanto amamos da melhor maneira possível. Motivados por isso, pedimos ao nosso time de redatores para compartilhar com vocês os jogos para esse final de semana.

Ivanir Ignacchitti



Entre um mundo cyberpunk e uma ilha no passado

Neste fim de semana, irei terminar Call of the Sea e dar início a Cyberpunk 2077. Já estou jogando o primeiro há um tempo e se trata de um bom jogo de aventura. Estou bastante intrigado pela história da protagonista e da ilha em que seu marido foi parar.

Após a sua conclusão, devo me dedicar à novidade do momento. Sou fã de mundos cyberpunk e estou curioso para ver como o jogo irá rodar no meu PC. Apesar dos relatos que estão circulando sobre bugs, torço para não sofrer muito com isso.




Farley Santos



Explorando um belo mundo e ajudando um disco voador

Aproveitei a promoção do The Game Awards no Steam para finalmente adquirir Ori and Will of the Wisps. Joguei pouco mais de uma hora e fiquei impressionado com o visual estonteante e com o ritmo ágil. Gostei também das várias mudanças nas mecânicas, tem uns toques curiosos de RPG e fico imaginando as possibilidades. Em boa parte do meu fim de semana, me dedicarei a explorar melhor o belo mundo deste metroidvania.




Fora isso, continuarei fazendo trabalhos no simpático Part Time UFO, um puzzle para Switch protagonizado por um carismático OVNI. Com uma garra, precisamos carregar e equilibrar objetos como naquelas máquinas de shopping, e fiquei surpreso com a criatividade (e maluquice) das fases. Eu já terminei a campanha principal, mas ainda há muito conteúdo opcional para ver no jogo

Alexandre Galvão



Cyberbug 2020

Olá pessoas! Este fim de semana será para tentar jogar esta verdadeira locomotiva descontrolada do trem do hype chamada Cyberpunk 2077 (Multi). Diferente do colega Ivanir, aqui eu estou jogando a versão para PS4, e sim, os relatos sobre defeitos no jogo são reais — e se você também é um dos que comprou o jogo na pré-venda, você não está sozinho, irmão! A revolta é uma mistura de tristeza e ódio, igual quando Obi-Wan Kenobi teve que quase matar o Anakin Skywalker. Era pra esse jogo ser a melhor coisa de 2020, mas enfim.

Com pouco mais de duas horas de jogo já tive meu jogo salvo corrompido e ele já fechou sozinho umas quatro vezes. Nesta sexta saiu o primeiro patch de correções e verei neste fim de semana se algo realmente foi corrigido. Oremos!




Mário Carvalho



Tudo para reencontrar a família

Esse final de semana pretendo concluir minha aventura em Unto the End (Multi), título que estou jogando há alguns dias para análise aqui no Blast. Ele coloca o jogador em uma aventura side-scrolling acompanhando a luta de um guerreiro, aparentemente de origens nórdicas, na luta constante por sobreviver em meio a um ambiente hostil e voltar para sua família. Seu sistema de combate traz uma curva de aprendizado muito gostosa, baseado no velho esquema de tentativa e erro devido a letalidade dos ataques.




Tiago Herrmann



De Volta para o Passado (mas não tanto assim)!

Depois de uma semana tumultuada com inúmeros afazeres fora do Blast, mas também cobrindo as notícias do The Game Awards 2020 (Open Roads e Perfect Dark foram os anúncios que mais gostei), vou aproveitar o fim de semana fazendo uma viagem aos antigos fliperamas da década de 80/90. Space Invaders: Forever (PS4/Switch) é uma coletânea com três jogos: Space Invaders Extreme, Arkanoid vs Space Invaders e Space Invaders Gigamax 4 SE e promete ser uma experiência bem divertida e explosiva, digamos assim.




Além disso, também voltarei para a última década e planejo começar a jogar um pouco de Metro Exodus (Multi), título que acabei adquirindo na Black Friday por um preço bem acessível, embora esteja esperando uma promoção para comprar as duas expansões extras. Também devo jogar Sackboy: A Big Adventure (PS4/PS5) que tem um fator de rejogabilidade maravilhoso, além de possuir um mundo colorido e muito criativo.

Observação: provavelmente eu estaria me preparando para jogar Cyberpunk 2077 (Multi), mas com os recentes casos de bugs e outros problemas nos consoles, decidi cancelar a compra. Sim, devo esperar até o próximo ano quando os impasses forem corrigidos e o título estiver mais barato. No momento, estou de boas, e só irei voltar um pouco ao passado; o futuro pode esperar.


Gameblast recomenda

Chegamos no momento de recapitular tudo o que rolou durante a semana aqui no Blast, por sinal, que semana agitada. Além das revelações e premiações do TGA 2020 que você pode conferir em nosso site, tivemos as polêmicas envolvendo o lançamento de Cyberpunk 2077, um dos jogos mais esperados de 2020 e que caiu no desgosto do público devido a uma enxurrada de problemas técnicos.
Lançamentos para PC da semana 49

Damos início com a análise de um jogo cujo a proposta sempre fui fã. Just Dance 2020 (Multi) é um título convidativo para divertir você e seus familiares nesse período de isolamento, além de proporcionar uma bela atividade física. A versão de 2020 acabou repetindo a mesma fórmula dos anteriores, optando por essencialmente atualizar seu repertório de músicas. Ainda assim é uma opção interessante aos fãs da franquia e para aqueles que desejam se exercitar de maneira descontraída e diferenciada.
Call of Duty: Black Ops - Cold War (Multi): dicas para ter sucesso no novo jogo da famosa franquia de tiro

Se você busca uma experiência mais voltada para o soulslike, Chrones: Before The Ashes (Multi) pode ser uma alternativa convidativa. O jogo que foi lançada originalmente no Oculus Rift, agora retorna para os consoles e PC no intuito de tornar a franquia mais acessível. A câmera que antes era fixa na jogabilidade em realidade virtual, foi adpatada ao estilo que vemos em jogos como Dark Souls, Nioh, etc. Infelizmente o prequel perdeu a oportunidade de explorar mais do universo de Remnant: From the Ashes, mas ainda traz uma proposta interessante no desenvolvimento do personagem, que envelhece conforme morremos e ressuscitamos.
Dragon Quest XI S: Echoes of an Elusive Age – Definitive Edition (Multi) – Guia de criação de equipamentos

Após sofrer constantemente com a crítica da mídia especializada e dos fãs por reproduzir mecânicas com poucas inovações em seus títulos, a Ubisoft nos surpreende com Immortals Fenyx Rising (Multi), jogo que traz um novo universo baseado na mitologia Grega conduzidos por um senso de humor um tanto sarcástico e divertido, algo parecido com o que vimos em pérolas como Brutal Legend e Sunset Overdrive. Seu engine e jogabilidade pegam forte inspiração em The Legend of Zelda: Breath of the Wild, o que não é necessariamente ruim, desde que seja bem executado. Afinal de contas, o que é bom merece servir de exemplo!
Seleção GameBlast 2020

Como é de praxe aqui no Blast, todo final de ano convidamos nossos redatores a compartilhar com vocês a lista dos melhores jogos de 2020. É um exercício divertido e que nos ajuda a analisar melhor a experiência que tivemos, além de poder render ótimas indicações que tenham passado despercebidas por vocês. Essa semana tivemos a participação dos nossos colegas: Ivanir IgnacchittiCarlos Cirne e a desse redator que vos escreve essa publicação. Não deixem de conferir, o resultado ficou muito bacana!
BlastCast #210

E encerramos mais uma edição do Jogatina de FDS. Agradecemos pela sua presença e nos vemos no próximo sábado. Tenham todos uma excelente e segura semana!

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.


Disqus
Facebook
Google