Jogatina de FDS

O que estamos jogando: Resident Evil 2, Gundam, Ghost Parade e muito mais!

Sem saber o que jogar no final de semana? Confira os jogos que a equipe do GameBlast jogará neste final de semana.


Sejam bem-vindos a mais uma Jogatina de FDS! Após uma semana cheia de assuntos interessantes como os tão esperados jogos da PlayStation Plus de dezembro, possíveis novidades sobre o PlayStation 5 e a polêmica envolvendo bugs com o Google Stadia, nada melhor do que relaxar em local confortável e tentar reduzir aquela lista de jogos pendentes. Na dúvida do que jogar ou pela curiosidade, nossa equipe de redatores compartilha com vocês a nossa pedida para o final de semana!

Mário Carvalho


Esquentando o cartão de crédito para voltar a Raccoon City

A época que todo jogador ri e chora ao mesmo tempo chegou, embora a Black Friday brasileira seja muito duvidosa, ainda encontramos boas ofertas envolvendo jogos eletrônicos. A Sony já está com suas promoções na PSN e eu pretendo cair no tabu de todo gamer: aumentar a quantidade de títulos de uma lista que já está enorme.

Um dos meus alvos é o Resident Evil 2 (Multi), o remake lançado pela Capcom esse ano me encantou pelo capricho em entregar uma experiência revigorada e bem adaptada para a geração atual. Até então só tinha jogado em consoles de amigos, sem concluir nenhuma das campanhas, agora será meu momento de desbravar Raccoon City!



Ivanir Ignacchitti


Um parque de heróis e robôs gigantes

Finalmente quase todas as matérias da faculdade terminaram esta semana. Ainda tenho alguns trabalhos para entregar, mas está um tanto mais relaxado do que nas últimas semanas. Graças a isso, devo aproveitar o final de semana com Heroland (Multi) e SD Gundam G Generation: Cross Rays (Multi) no PC.

O primeiro jogo é um charmoso RPG desenvolvido por algumas pessoas que trabalharam em jogos como Mother 3, Legend of Mana e Fantasy Life. Já o outro é parte de uma longa série de jogos estratégicos que fazem crossover entre as séries da franquia Gundam e que existe desde 1998 (1990 se incluirmos outros jogos de SD Gundam). Me tornei fã de Gundam há poucos anos, mas adoro bastante o universo a ponto de ter gostado da maior parte dos animes da franquia (incluindo abominações como Mobile Fighter G Gundam), então não podia deixar de aproveitar o primeiro lançamento oficial de SD Gundam G Generation no Ocidente.



Lucas F. Rodrigues


Uma jornada além da volta pra casa

Na última vez que tive o prazer de escrever para esta coluna comentei que estava enfrentando a família Baker, pois bem, agora estou me aventurando num indie bem desafiador. Ghost Parade (Multi) tem me encantado, ele é um jogo de aventura com uma pegada de Metroidvania e tem alguns pequenos elementos de RPG, sua direção de arte é incrível e conta com a visão de plataforma 2.5D. Tenho tido um pouco de dificuldade também, o jogo sabe muito bem brincar com isso, mas nada do tipo impossível e é até gostoso o desafio ali proposto.

Ele pouco me lembrou de algo já visto em Child Of Light (Multi), título da Ubisoft, seja pela narrativa simples ou pela tonalidade de cores que o jogo trabalha que é bem puxado para o verde e azul, até por ter como principal cenário uma floresta.

No jogo controlamos Suri, uma garotinha que ao perder o ônibus da escola de volta para casa decide ir a pé pela floresta, perdida ela consegue a ajuda de fantasmas, mas conforme prosseguimos com a história a busca pelo caminho de casa acaba ficando em segundo plano e Suri encontra um propósito maior que é o de salvar a floresta, pois ela é o lar de todos os fantasmas e seres que ali vivem. Em breve a análise de Ghost Parade sairá aqui no Gameblast.



Hadan F.


Devagar e sempre

O trabalho tem exigido muito de meu tempo nas últimas semanas, razão pela qual não tenho me dedicado às jogatinas tanto quanto gostaria. De mesmo modo, não existindo qualquer título “emergencial” para garimpar nesta Black Friday — e ainda tendo em mãos diversos jogos para concluir —, me dedicarei a Days Gone (PS4). Embora inicialmente eu tenha torcido o nariz em razão da jogabilidade e enredo (continuam questionáveis), pouco a pouco o jogo me prende mais. É claro que partidas em Magic: The Gathering Arena (PC) estão na agenda, com previsão de partidas em eventos no formato Limitado.



Matheus Mapa


Encarnando como o lendário herói

Recentemente, consegui um 3DS depois de algum tempo desde que o meu 3DS XL estragou. Fiz uma meta pessoal de jogar tudo que me interessava na biblioteca dele e na do DS, de uma vez por todas. Mas… acontece que eu voltei pro usual: Dragon Quest. Sou um fã da série, e não pude resistir à tentação de jogar os títulos disponíveis pra ambos portáteis da Nintendo no próprio console. E foi assim que eu comecei mais uma jornada pelo mundo de Dragon Quest VI: Realms of Revelation (Multi), então, pretendo matar muitos Slimes e abrir baús escondidos neste fim de semana. Além disso, devo procurar algum título menor e mais simples para que eu possa variar um pouco a jogatina, e tenho meus olhos fixados em  Rhythm Heaven Megamix (3DS), série que sempre tive vontade de conhecer.


E chegamos ao fim de nossa lista! Esperamos que vocês tenham apreciado e, quem sabe, pegado boas indicações sobre o que jogar. Não deixem de conferir também o nosso BlastCast falando um pouco sobre os boatos do próximo Half Life, os problemas envolvendo o Stadia e os indicados ao TGA desse ano. Tenham todos um excelente final de semana repleto de muita jogatina!

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook