PlayStation 5: patente sugere inovações na produção de conteúdo pelos jogadores

Novidades poderiam incluir compartilhamento de mídias categorizadas e até mesmo a recriação de instâncias de jogo completas.

Conforme informado no pedido de patente feito pela Sony ao governo americano, o PlayStation 5 pode receber várias inovações no quesito produção de conteúdo. Um sistema chamado scene tagging seria utilizado para que os jogadores pudessem criar vídeos e imagens com metadados. Assim, o compartilhamento e a procura por conteúdo seria mais fácil e rápida.


Por exemplo: um jogador poderia salvar um clipe de como derrotar um chefe em um determinado game e compartilhar online. Outros usuários, então, poderiam encontrar esse material ao procurarem pelo nome do chefe ou do game atrás de dicas ou por curiosidade. Além dessa funcionalidade interessante, a patente também se refere a um sistema ainda mais inovador.

Jogadores poderiam salvar instâncias completas do game, permitindo que outros pudessem experimentar exatamente o que criador do conteúdo quisesse. Uma fase percorrida em tempo recorde, por exemplo, poderia ser facilmente salva no sistema e, assim, a comunidade poderia acessá-la e disputar pelo melhor desempenho.

Vale ressaltar que, apesar desses conceitos estarem se tornando tendências na indústria dos games, não existe nenhuma garantia de que ele será realmente implementado logo no lançamento ou mesmo depois. Grandes empresas de tecnologia tem o costume de registrar patentes de vários possíveis produtos por segurança jurídica e técnica, mesmo que nunca cheguem a usá-las propriamente. Ainda sem uma data específica confirmada, o PlayStation 5 vai ser lançado no fim de 2020.


é redator do site GameBlast desde maio de 2018 e um grande fã da décima arte, embora não tenha muito tempo disponível para ela. Seus games favoritos (que formam uma longa lista) incluem: Kingdom Hearts, Guitar Hero, Zelda, Crash, FIFA, COD, Pokémon, MvC, Yu-Gi-Oh, Resident Evil, Bayonetta, Persona, Burnout e Ratchet & Clank.

Comentários

Google
Disqus
Facebook