CCXP 2019: Riot Games revela iniciativa para criação de jogos single-player de League of Legends

Riot Forge trabalhará em conjunto com estúdios de todo o mundo para desenvolver novas experiências que ampliarão o universo de League of Legends.



Após uma década inteira dedicada exclusivamente à League of Legends, a Riot Games está expandindo seu portfólio de maneira massiva. No evento que comemorou o 10º aniversário do MOBA, o estúdio já havia revelado que tem diversos jogos em desenvolvimento. Agora, veio a surpresa que a lista de novidades ainda possuía detalhes não divulgados. O palco brasileiro da Comic Con Experience (CCXP) serviu de cenário para um anúncio de interesse global: a criação da Riot Forge.


Com essa iniciativa, o objetivo é trabalhar em conjunto com estúdios de diferentes países para criar experiências majoritariamente single-player e focadas em narrativas que ampliarão o universo do LoL. Serão títulos que irão explorar gêneros variados e não ficarão restritos ao PC. Atualmente, vários desses projetos já estão sendo desenvolvidos e um deles ganhou pequeno teaser mostrado ao público presente no evento. A promessa é de novas informações na cerimônia de premiação do The Game Awards, que acontece no próximo dia 12 de dezembro, a partir das 22h30.

Durante o painel, Greg Street, vice-presidente de Propriedade Intelectual e Entretenimento na Riot Games, lembrou que histórias sobre os campeões e mundos de League of Legends estão sendo contadas em outras mídias — como graphic novels, livros e a animação Arcane, com lançamento previsto para 2020. No entanto, era difícil fazer o mesmo dentro dos jogos, já que o principal foco do estúdio está em títulos multiplayer e competitivos. Esse foi um dos motivos para a criação da Riot Forge.
"Nós sempre buscamos novas formas de levar Runeterra e seus personagens para o público ao redor do planeta. Existem muitos estúdios talentosos no mundo, com conhecimentos e habilidades excepcionais em todas as áreas do desenvolvimento de games. É muito empolgante trabalharmos juntos para oferecer experiências inéditas de jogo no universo do LoL", disse Street.

Quem também esteve no painel foi Leanne Loombe, que será a responsável pelo selo Riot Forge. Ela tem ampla experiência no mercado de games, com atuações como produtora sênior da série Need for Speed e produtora da franquia Magic The Gathering, por exemplo. "É uma honra trabalhar com parceiros tão apaixonados pela criação de jogos ambientados no mundo do LoL, que oferece potencial ilimitado com universo expansivo e elenco profundo de campeões", afirmou.
"Pretendemos criar várias formas de as pessoas participarem do mundo de League of Legends. Realmente queremos ir além para que esses games sejam maravilhosos e assim conseguirmos conquistar novos jogadores que talvez não gostem muito de títulos que sejam mais competitivos", destacou Loombe.


A dupla fez questão de deixar claro que toda a criação das narrativas será feita pelos estúdios parceiros. No entanto, existirá um acompanhamento próximo para que essas histórias façam sentido, levando em consideração a lore estabelecida até então. "Os campeões irão se comportar da maneira que os fãs esperam que eles agiriam", ressaltou Loombe.
"Estamos comprometidos com o sucesso em longo prazo dos nossos desenvolvedores. Juntos, queremos oferecer grandes experiências para diferentes jogadores", destacou a diretora da Riot Forge.
Street e Loombe também aproveitaram a oportunidade para mostrar algumas artes conceituais dos jogos que estão sendo desenvolvidos com a chancela da Riot Forge, confira algumas delas:








É jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Diretor de Redação do Nintendo Blast.

Comentários

Google
Disqus
Facebook