Perfil

Kazuma Kiryu, o lendário yakuza

O poderoso Dragão de Dojima retorna em mais um título e logo falaremos mais sobre esse incrível personagem.

Kazuma Kiryu é o protagonista da franquia de jogos intitulado no ocidente de Yakuza (Ryu ga Gotoku no oriente). O jogo foi desenvolvido e publicado pela Sega, contando a história de vários combates da máfia japonesa, centrados em nosso protagonista, que encontra diversos desafios a serem superados.

Verdadeiro Yakuza

Possuindo um grande senso de honra, que dita as ações de sua vida, Kiryu é um personagem com grande senso de justiça, buscando sempre ajudar os fracos. Deixando de lado os defeitos alheios e  aceitando todas as pessoas amigáveis perante a ele. Seu pensamento idealista é afetado no decorrer de suas aventuras diante da cruel realidade onde o mundo encontra-se, ainda assim, sua visão de um mundo ideal, continua intacta.

Kiryu tem uma personalidade séria, porém, com um coração gentil e que não guarda mágoas, ganhando o respeito das pessoas nos diversos lugares em que está. Mesmo falando pouco, ele está sempre disposto a escutar as pessoas e oferecer alguns conselhos. Adora crianças, apesar de algumas vezes, não saber como lidar com elas. Mesmo sendo essa pessoa, Kiryu é um homem que aceita a forma de vida da Yakuza, vivendo através da força e tomando as coisas se necessário.

Mestre dos punhos

Em todos os jogos da série, Kiryu demonstra ser grande mestre em combate corpo-a-corpo e utilizando uma espada. Além disso, ele possui uma grande força, velocidade e resistência, sendo capaz de chutar motocicletas nos inimigos e aguentar diversos golpes. Seu estilo de combate pode variar entre os jogos, possuindo diferenças sutis e permitindo ao personagem escolher a ordem em que as habilidades dele podem serão compradas.

Sua barra de energia permite utilizar golpes poderosos, desferindo combos mortais e podendo finalizar os inimigos de diversas maneiras, durante a utilização da energia, Kiryu emana uma aura de seu corpo. Assim como os estilos, a barra de energia sofre pequenas mudanças no diferentes games da franquia, seja na coloração como na utilização de habilidades.

Além da habilidade em combate, podemos ver o protagonista realizando diversas ações durante a franquia, como caçar peixes ou lançar dardos. Suas habilidades para conversas com as pessoas também é muito alta, permitindo ao herói conversar com uma grande quantidade de pessoas, oferecendo conselhos e as ajudando no percurso.

Dragão de Dojima

Kiryu perdeu seus pais muito jovem e acabou sendo criado no orfanato Sunflower, pertencente a Kazama Shintaro, capitão da família Dojima e patriarca da família Kazama. Neste orfanato conheceu Akira Nishikiyama, seu melhor amigo e irmão de juramento, além de Sawamura Yumi, a jovem por quem eventualmente se apaixona. Shintaro se tornou pai adotivo dos garotos, criando-os como se fossem seus próprios filhos.

Mas após formarem-se no colegial, Kiryu e Nishikiyama são apresentados para a família Dojima, a subsidiária mais forte do Clã Tojo, com a ajuda e suporte de Shintaro. Com o passar do tempo, Kiryu, conseguiu escalar os ranks da yakuza, buscando criar sua própria subsidiária dentro do clã, mas seus planos foram destruídos quando ele levou a culpa pela morte do patriarca da família Dojima Sohei.

O retorno de Kiryu

Após diversas idas e voltas da máfia japonesa, Kiryu, decide proteger Haruka, a filha de sua falecida amiga, Sawamura Yumi, e as crianças do orfanato criado por ele. Ele também busca de alguma forma, reparar os erros cometidos enquanto ainda era um yakuza. A tatuagem em suas costas lhe deu o famoso título de Dragão de Dojima, demonstrando a força e sabedoria do personagem.

Retornando em Yakuza 6: The Song of Life (PS4), com um novo objetivo e demonstrando sua habilidade com bebês. Kiryu é um personagem bastante complexo e com muita bagagem, o lendário yakuza demonstra mais uma vez sua incrível força, trazendo uma boa dose de diversão  no novo título que finalmente chegou para o ocidente.


Revisão:Leandro Alves
Antonio Stark escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook