Estúdio de Ghostbusters (Multi) decreta falência

Empresa acumula dívidas de 12 milhões de dólares.


Não é somente nos cinemas que os Caça-Fantasmas estão derrapando nas críticas. O novo jogo da trupe que combate fenômenos paranormais não está agradando e o estúdio Fireforge, que criou o título em apenas oito meses, acabou decretando falência.


Com versões para PC, PlayStation 4 e Xbox One, Ghostbusters chegou ao mercado em 12 de julho. Três dias depois, a desenvolvedora deu início ao processo de falência, com uma dívida de cerca de 12 milhões de dólares.

Fundada por Tim Campbell, em 2011, o estúdio acumula insucessos em sua história. Ao longo de cinco anos, além de Ghostbusters, a empresa iniciou e parou outros dois projetos, uma para a Razer e outro para a Tencent, companhia chinesa que detém 37% da Fireforge.

Para complicar ainda mais a situação, a Fireforge está enfrentando na justiça um processo movido pela Min Productions, empresa que pertence ao dono da Razer. O estúdio é acusado de usar o dinheiro da Razer para trabalhar no projeto da Tencent. 

Fonte: Eurogamer
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais