Estúdio de Ghostbusters (Multi) decreta falência

Empresa acumula dívidas de 12 milhões de dólares.


Não é somente nos cinemas que os Caça-Fantasmas estão derrapando nas críticas. O novo jogo da trupe que combate fenômenos paranormais não está agradando e o estúdio Fireforge, que criou o título em apenas oito meses, acabou decretando falência.


Com versões para PC, PlayStation 4 e Xbox One, Ghostbusters chegou ao mercado em 12 de julho. Três dias depois, a desenvolvedora deu início ao processo de falência, com uma dívida de cerca de 12 milhões de dólares.

Fundada por Tim Campbell, em 2011, o estúdio acumula insucessos em sua história. Ao longo de cinco anos, além de Ghostbusters, a empresa iniciou e parou outros dois projetos, uma para a Razer e outro para a Tencent, companhia chinesa que detém 37% da Fireforge.

Para complicar ainda mais a situação, a Fireforge está enfrentando na justiça um processo movido pela Min Productions, empresa que pertence ao dono da Razer. O estúdio é acusado de usar o dinheiro da Razer para trabalhar no projeto da Tencent. 

Fonte: Eurogamer

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook