Vem aí

Prévia: Marvel’s Spider-Man 2 (PS5) — Com grandes expectativas vêm grandes possibilidades

Confira o que sabemos e esperamos da tão aguardada sequência do "Amigo da Vizinhança" em 20 de outubro.

em 09/10/2023
Em 7 de setembro de 2018, o mundo foi presenteado com Marvel’s Spider-Man. O título, originalmente exclusivo para o PlayStation 4, verdadeiramente fez justiça ao adjetivo "espetacular" frequentemente associado ao Amigo da Vizinhança criado por Stan Lee e Steve Ditko em 1962. Na minha opinião, considero esse impressionante jogo como uma das melhores narrativas do Homem-Aranha já contadas fora das páginas dos quadrinhos.

Em 2020, com o aguardado lançamento do PlayStation 5, a Insomniac Games estreou o novo console da Sony com o segundo capítulo do seu Aranhaverso, Marvel’s Spider-Man: Miles Morales. Esse spin-off não fica devendo em quase nenhum aspecto em comparação àa aventura de dois anos antes. Nessa época, uma versão remasterizada do primeiro título também foi lançada para consolidar toda a saga deste Homem-Aranha, preparando-nos para o que viria em breve, além de uma verdadeira “harmonização facial” do protagonista.
Marvel's Spider-Man; Miles Morales foi um dos títulos de lançamento do PlayStation 5 em novembro de 2020 e recebeu um port para PC dois anos depois.
Em setembro do ano passado, Marvel’s Spider-Man 2 foi oficialmente revelado ao mundo. O teaser apresentou Peter Parker e Miles Morales unindo forças para enfrentar um grupo de criminosos e, ao final do vídeo, foi revelado que Venom, o icônico vilão do Cabeça de Teia, será o principal antagonista da dupla.

Desde então, a cada revelação sobre a trama e um eletrizante trailer de gameplay apresentado em junho deste ano, nossas expectativas para mais um jogo igualmente espetacular só aumentam. É hora de reunir tudo o que já sabemos sobre Marvel’s Spider-Man 2 para saber se 2023 ainda tem espaço para mais um grande jogo.

Um velho amigo e uma nova ameaça

A trama de Marvel’s Spider-Man 2 se desenrola aproximadamente nove meses após os eventos de Marvel's Spider-Man: Miles Morales, que, por sua vez, ocorrem um ano após a história do primeiro jogo. Portanto, já se passaram quase dois anos desde que começamos a vivenciar o combate ao crime do Peter Parker da Insomniac Games.
Miles e Peter dividem a responsabilidade de proteger Nova York da criminalidade
Neste cenário, vemos dois heróis que compartilham o mesmo nome no auge de suas carreiras como vigilantes de Nova York, nunca deixando a cidade na mão quando ela mais precisou, como durante o incidente do Bafo do Diabo ou quando a corporação Roxxon ameaçou destruir o bairro do Harlem no Natal.

Um dos personagens-chave deste novo capítulo é Harry Osborn, filho do então prefeito Norman Osborn, também presidente das poderosas Indústrias Oscorp. Na cena pós-créditos de Marvel’s Spider-Man — atenção para o spoiler, caso ainda não tenha visto —, nos é revelado um dos maiores segredos de Norman: ele mantém secretamente seu filho em estado de suspensão de vida enquanto busca a cura para a misteriosa doença que o aflige.
Norman Osborn fará de tudo para encontrar uma cura para a misteriosa doença de seu filho Harry
Entretanto, de alguma forma, Harry parece estar um pouco melhor, mas ainda não está curado. Aproveitando o momento em que está com a saúde menos frágil, o rapaz procura seu amigo de infância, Peter, e lhe oferece uma oportunidade de trabalho para que possam, juntos, encontrar uma maneira de curá-lo dessa misteriosa doença.

Ao mesmo tempo, Sergei Kravinoff, conhecido como Kraven, o Caçador, um notório vilão do universo do herói aracnídeo, chega a Nova York em busca do que ele considera uma caçada digna de seu tempo. Um de seus alvos é uma criatura conhecida como Lizard, que, na verdade, é o Dr. Curt Connors.
Kraven é um caçador implacável e não desiste até abater suas presas
Ainda não sabemos quão alinhada está a origem do monstro reptiliano no jogo em relação aos quadrinhos. Na versão da Insomniac Games, Connors tem sua primeira aparição na cena pós-créditos de Marvel’s Spider-Man: Miles Morales, trabalhando para Norman Osborn e alertando o prefeito sobre os riscos de libertar Harry do isolamento sem ter conhecimento pleno da tal doença.

Quanto ao Venom, o que sabemos se resume apenas às duas cenas apresentadas nos dois primeiros jogos, culminando na manifestação do vilão neste novo capítulo. É provável que o trabalho de Peter junto com Harry acabe provocando o encontro do simbionte com o Spider-Man, afetando o ímpeto de justiça e respeito de Peter Parker e tornando-o um ser tempestuoso e agressivo, causando preocupação em Miles sobre a transformação de seu mentor e amigo em troca de poder. No entanto, a grande surpresa será como o vilão se manifestará, provavelmente tendo Harry Osborn como seu hospedeiro.
Venom, um dos mais icônicos vilões do Aranhaverso, será a grande ameaça de Marvel's Spider-Man 2
Esse intrincado emaranhado de interesses que liga os dois Spider-Man, Kraven, Dr. Connors e Venom é o que impulsionará a complexa trama prometida para Marvel’s Spider-Man 2. Outros rostos conhecidos que já apareceram nos materiais de divulgação também desempenharão papéis importantes na história.

Mary Jane "MJ" Watson
Mary Jane “MJ” Watson, a agora editora do Clarim e que já foi namorada de Peter, continuará a ajudar tanto Parker quanto Miles na investigação sobre Kraven, além de se preocupar com a influência do simbionte sobre o juízo do Spider-Man.

Martin Li tem uma breve aparição no trailer da história, mas, desta vez, ele terá que enfrentar Miles Morales. O jovem nutre um ódio pelo então Mr. Negative, após este liderar os Demônios durante o incidente do Bafo do Diabo e, principalmente, o ataque terrorista que tinha como alvo o prefeito Osborn, resultando na morte de outros cidadãos, incluindo seu pai, o policial Jefferson Davis.

Ganke Li
Ganke, o melhor amigo de Miles é um gênio da tecnologia e desempenhou um papel importante em ajudar o Spider-Man do Harlem durante o incidente da Roxxon meses antes. Agora, ele é o braço direito, mesmo a distância, de Miles na luta contra a bandidagem de Nova York usando de sua inteligência para auxiliar seu amigo nesta importante missão.

Yuriko “Yuri” Watanabe, ex-capitã do departamento de polícia de Nova York e aliada do Spider-Man no passado, também fará parte da trama. Embora nenhum detalhe específico sobre ela tenha sido apresentado até agora, observadores atentos com conhecimento da "mitologia" do universo do Homem-Aranha notaram duas sutis aparições dela, uma no trailer de Kraven e outra no da história.
Wraith, a nova identidade de Yuri Watanabe, quer fazer justiça à sua maneira
Sua transformação na vilã Wraith é explorada na segunda parte do DLC 'A Cidade que Nunca Dorme', lançada alguns meses após o lançamento de Marvel’s Spider-Man no PS4. Esse episódio também está disponível na versão remasterizada do título, lançado em 2020 para o PS5 e em 2022 para PC. Nele, teremos a chance de conhecer melhor uma Yuri que agora tem uma nova e distorcida visão de justiça, e vê Spider-Man como um inimigo de seus interesses.

O Sentido Aranha da expectativa está alto

O trailer de revelação de gameplay de Marvel’s Spider-Man 2 confirmou o que já esperávamos sobre a jogabilidade. Mais uma vez, teremos um sistema de combate que explora as habilidades acrobáticas do Spider-Man, com piruetas, combos e manobras com seus apetrechos e lançadores de teia para enfrentar grupos de inimigos.
As habilidades únicas do simbionte darão a Peter uma nova dinâmica nos combates contra os inimigos
Uma das novidades, claro, é a integração das habilidades mais agressivas do simbionte, possibilitando a execução de técnicas de combate impressionantes para derrotar inimigos mais poderosos de forma mais brutal, até mesmo enfrentando pequenos grupos de uma só vez. Além disso, foi confirmada a jogabilidade em tempo real com os dois heróis, semelhante à troca de personagens que já vimos em jogos como GTA V.

No contexto do enredo, o jogador será obrigado a alternar entre os protagonistas em momentos específicos da história. Esperamos que essa mecânica seja expandida para permitir a alternância livre entre Peter e Miles durante os segmentos de exploração, e que até mesmo missões secundárias possam ser concluídas usando essa interação entre os dois. Atividades como a exigência da conclusão parcial da missão por um dos heróis para que seja concluída pelo outro, por exemplo. Atividades paralelas exclusivas para cada um também podem ser um interessante ponto a ser explorado para nos deixar entretidos por mais tempo em Nova York.
O mapa de NY em Marvel's Spider-Man 2 terá o dobro do tamanho dos dois jogos anteriores.
Os inúmeros trajes também estarão disponíveis. Durante o período de pré-venda, serão fornecidos dez roupas diferentes, sendo cinco exclusivas para Peter e as outras cinco para Miles. É provável que os cosméticos também possam ser obtidos durante o jogo, mas podemos esperar uma grande variedade de visuais, incluindo alguns inspirados no filme Homem-Aranha: Através do Aranhaverso, o mais recente da franquia. Estou no aguardo do traje do Spider Punk e do Homem-Aranha indiano, para citar alguns.

Outro ponto de destaque é o fato de este ser o primeiro título desenvolvido exclusivamente para o PlayStation 5. Marvel’s Spider-Man Remastered e Marvel’s Spider-Man: Miles Morales já nos deram uma amostra do poder do console ao proporcionar uma experiência de jogabilidade totalmente alinhada com a ação e adrenalina que o herói merece.
Se balançar por NY não será a única forma de se locomover pela cidade
Com Marvel’s Spider-Man 2, teremos a oportunidade de experimentar o que pode ser o ápice do trabalho da Insomniac Games, que agora conta com um console poderoso e a responsabilidade de demonstrar todo o potencial da valiosa licença do Spider-Man mais uma vez.

Para coroar a experiência, temos o retorno de John Paesano, o compositor que deixou sua marca nas trilhas sonoras dos dois primeiros jogos com músicas icônicas que transmitem toda a emoção do balançar das teias e dos dilemas quando nossos heróis estão sem máscara. John já lançou o primeiro single do álbum de Marvel’s Spider-Man 2, chamado Greater Together, que acreditamos ser a música-tema do jogo. O entusiasmo só aumenta!

Cabe mais um?

O ano de 2023 já pode ser considerado um dos mais memoráveis da história da indústria de games, com muitos títulos incríveis já lançados e outros promissores aguardando sua vez até o final do ano. Ainda estaremos em outubro quando Marvel’s Spider-Man 2 finalmente chegar às lojas, e é aconselhável que nossas carteiras estejam preparadas, pois este grandioso título tem tudo para conquistar um lugar entre os indicados a jogo do ano.

Com lançamento marcado para 20 de outubro exclusivamente para o PlayStation 5, estamos ansiosos para mais uma vez vestir a máscara do Spider-Man e nos aventurar em Nova York. E você, está pronto para embarcar nessa emocionante jornada? A espera está quase no fim, e as expectativas estão tão altas quanto os prédios de Manhattan.

Marvel's Spider-Man 2 — PS5
Desenvolvedora: Insomniac Games
Gênero: Ação/Aventura
Lançamento: 20 de outubro de 2023
Expectativa: 5/5
Revisão: Davi Sousa

Fã de Castlevania, Tetris e jogos de tabuleiro. Entusiasta da era 16-bit e joga PlayStation 2 até hoje. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Nas redes sociais é conhecido como @XelaoHerege
Este texto não representa a opinião do GameBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.