Fishing Horror: do relaxamento à tensão no sub-gênero de terror

Nem sempre o mar está para peixe…


Normalmente, a palavra pescaria é associada a relaxamento. Tirar um tempo em meio à natureza enquanto se tenta garantir um possível jantar. Já nos games, a pescaria costuma estar associada a mini-games, ou a alguns jogos dedicados de franquias mais nichadas. Porém, desenvolvedores independentes têm apostado na mistura entre pescaria e terror, e é dessa união inusitada que surgiu o termo “fishing horror”, que tem dado nome a esse subgênero.


O registro mais antigo desse nome encontrado na internet é de uma Game JAM (quando desenvolvedores, geralmente independentes, se reúnem para criar jogos do zero em um determinado período de tempo) realizada em 2020 por um curador no site itch.io. Essa JAM não só cunhou o nome do sub-gênero, como trouxe ao mundo os seus oito primeiros jogos. 

Além da temática de pescaria maldita, com terrores lovecraftianos, demônios e afins, esses oito jogos tinham mais uma coisa em comum: a inspiração em retro games, com todos trazendo um aspecto ou jogabilidade de jogos mais antigos, como PS1, Game Boy, e até mesmo Text Adventures.

Mais do que apenas falar desse sub-gênero, a melhor forma de apresentá-lo é mostrar os seus melhores jogos. Na lista a seguir, temos tanto games criados na JAM de origem, como outros que foram desenvolvidos bem depois.

EARL'S DAY OFF

Inspirado na franquia Sega Bass Fishing, presente em arcades e computador, esse jogo 3D emula muito bem os gráficos da geração do PS1, e conta com uma história que não é das mais elaboradas, mas funciona muito bem. Você é Earl, um pescador que perdeu a aliança de casamento no lago, e não pode voltar para casa até recuperá-la. Para fazer isso, você deve pescar os peixes presentes nesse lago, na esperança de encontrar a aliança dentro de algum deles. O problema é que, à medida que você avança no jogo, os peixes e o ambiente vão ficando cada vez mais estranhos… 

A jogabilidade é bem simples: os botões WASD movem o barco, o mouse direciona a câmera e a mira da vara de pesca, o botão esquerdo do mouse segura a mira da isca e a lança, e o botão direito recolhe a linha. 

Earl’s Day Off é um dos jogos criados na Fishing Horror JAM 2020, e como a maioria dos jogos nascidos de uma JAM, conta apenas com uma demo no Itch.io para PC. Uma versão completa foi prometida pelos devs, mas não se sabe se ela realmente vai ser lançada.

Lake Facade

Criado em 10 dias para uma outra Game JAM, Lake Facade mantém a estética retrô, remetendo a gráficos de PS1. Nosso protagonista não tem nome, ele chegou ao lago Facade para participar de uma competição de pesca, mas sem os seus equipamentos. Após conseguir uma vara emprestada, ele precisa usar uma pá para conseguir suas iscas. 

Os problemas começam quando já não se acham mais minhocas e vermes para usar como isca, e o protagonista precisa recorrer a carne humana de túmulos para continuar a pescaria. Essa decisão acaba levando à revelação dos horrores por trás do lago aparentemente paradisíaco. 

Lake Facade tem uma jogabilidade aberta, permitindo ao jogador avançar no jogo como bem preferir, sem ter um roteiro obrigado-o a realizar certas ações para desbloquear a continuidade da história. Existe uma versão inicial disponível no Itch.io, e uma versão do diretor deve ser lançada em breve no Steam

Mysteries Under Lake Ophelia

Neste jogo, um garoto decidiu pescar no belo lago Ophelia, um local onde é dito ter todos os peixes do mundo. Mas, à medida que ele vai coletando os peixes alegremente, olhos estranhos entre as árvores e a misteriosa fenda no fundo do lago surgem na história, trazendo suspense e terror para sua vida. 

Mysteries Under Lake Ophelia possui mecânicas que não encontramos nos jogos mais acima, e que lhe dão uma pegada de RPG, como poder cozinhar os peixes para aumentar as estatísticas do personagem e diferentes iscas e varas com efeitos diversos, além de um álbum de pesca para ser completado com os 30 peixes diferentes espalhados pelas áreas do jogo. 

O jogo está disponível para SwitchPC via Steam, e também no Itch.io.

Offering

Tela inicial de Offering, jogos Text Adventure não costumam ter trailers...
Outro jogo nascido da Fishing Horror JAM 2020, Offering foi desenvolvido por um indiedev conhecido por Ham como um Text Adventure, um tipo de game que também é conhecido como Ficção Interativa. Esse foi um tipo de jogo que fez muito sucesso nos computadores entre os anos de 1970 e 1980. 

Como funciona? O jogo é totalmente textual, com escolhas aparecendo à medida que a história avança, e elas definem que rumo o jogo vai tomar. Por ser um jogo curto, não darei detalhes sobre a história, apenas um aviso: tenha a certeza de fazer as escolhas certas…

Offering está disponível apenas no Itch.io, totalmente em inglês.

Dredge

Na humilde opinião deste redator, Dredge é o melhor dos Fishing Horrors já lançados, e o de maior alcance até o momento. 

Neste game, você é um pescador de uma pequena vila portuária que deve passar seus dias pescando e vendendo o que conseguir para pagar as dívidas e melhorar seu barco. E evite a noite, pois dela vem horrores inimagináveis. Mas à medida que peixes estranhos começam a surgir nas suas pescarias, você se vê obrigado a investigar os mistérios locais para entender o passado das ilhas e o que aconteceu com o pescador anterior. Cuidado com as luzes rubras à noite…

A jogabilidade de Dredge é bem polida, com mecânicas de pesca, de gerenciamento de espaços no barco (não pense você que é simplesmente pegar vários peixes e pronto, eles possuem tamanhos diferentes e seu barco tem espaço limitado), de melhorias de navegação e também de sobrevivência à noite. 

Inclusive, nosso parceiro Alexandre Galvão fez uma análise de Dredge para o GameBlast, a qual recomendo conferir antes de comprar o jogo.

Dredge está disponível para Xbox One e Series X|S, PS4, PS5, Switch e PC via Steam.

E tem mais

Esses foram alguns exemplos de games de Fishing Horror. O subgênero é novo e ainda está se desenvolvendo, mas já possui suas preciosidades e muito a se descobrir. Se lhe chamou a atenção, recomendo conhecer a Tag disponível no Itch.io, por lá, você pode encontrar outros projetos interessantes. Garanto que você nunca mais verá a pescaria com os mesmos olhos, ou se sentirá tão tranquilo… 

Revisão: Thais Santos


Jornalista e aficcionado por jogos e quadrinhos. Aproveita a profissão para falar do que gosta. Atualmente, é redator aqui no GameBlast e colaborador no Mapingua Nerd.
Este texto não representa a opinião do GameBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.