Jogamos

Análise: Spin Rhythm XD (PC) — Combine cores e movimentos em um jogo de ritmo frenético e viciante

Assuma sua posição como DJ e entre na prazerosa batida das músicas eletrônicas.


Sempre tive um apreço muito forte com jogos de ritmo. Não por menos, uma das minhas franquias de jogos favoritas é Guitar Hero: pegar minha “guitarra” e tocar minhas músicas favoritas era uma das atividades mais prazerosas da adolescência. Essa admiração pelo gênero existe até hoje e foi fortalecida quando joguei Soundfall (Multi), o meu jogo favorito do ano passado.

E aqui estamos com Spin Rhythm XD, um jogo de ritmo produzido e distribuído pela Super Spin Digital, no qual estamos no controle da nossa própria mesa de DJ. Com uma jogabilidade simples e uma excelente seleção de músicas, Spin Rhythm me fez ter a mesma sensação de quando ligava meu PlayStation 2 para fingir ser um integrante do Guns N’ Roses ou assumia o controle de Melody para salvar o mundo de Sinfonia. Estamos diante do que, provavelmente, será um dos meus jogos favoritos do ano.



Acertando notas em um ritmo alucinante

Spin Rhythm XD possui uma jogabilidade muito simples de entender, porém complexa de dominar. Com o uso de apenas dois botões e movimentos laterais com o mouse ou controle, precisamos acertar os comandos no ritmo da música. Semelhante ao tradicional Guitar Hero, uma trilha com uma sequência de notas vem em sua direção e, ao passar pelos marcadores, devemos pressionar o respectivo botão.

A particularidade do game consiste em uma roda com os marcadores que precisamos movimentar na direção das notas. Dessa forma, o desafio envolve não apenas apertar os botões na hora certa, mas também alinhar os marcadores com as cores equivalentes, no caso, azul e rosa.




A maioria das notas consiste em pequenos círculos que exigem apenas o alinhamento com os marcadores. Para os botões retangulares, precisamos apertar o botão no tempo certo. Outros comandos envolvem girar a roda em diferentes direções, movimentar o marcadores por um rastro colorido e, no caso de dificuldades mais altas, realizar diversas ações simultaneamente.

Um ponto relevante que vale ser citado é a possibilidade de utilizar diferentes controles para jogar Spin Rhythm. O título permite o uso do combo teclado e mouse, controles tradicionais, controles com sensores de movimento e mesas MIDI DJ. Durante minha jogatina, testei o jogo com teclado e mouse e controles tradicionais e por conta da constante movimentação exigida, senti que os periféricos do computador foram mais precisos e satisfatórios de jogar.




Ao todo, temos 60 músicas eletrônicas disponíveis e cinco níveis de dificuldade: fácil, normal, difícil, especialista e XD. No início, a jogabilidade é um pouco confusa, mesmo com os poucos comandos, mas com poucas horas é possível dominar bem as ações e conseguir boas notas até o nível difícil. Já as dificuldades especialista e XD pedem um pouco mais de comprometimento, pois passam a exigir reações mais rápidas e precisas.

Apesar disso, Spin Rhythm XD é extremamente viciante. Os poucos comandos aliados à curva de aprendizagem prazerosa tornam a experiência agradável e divertida. Além disso, a seleção de músicas foi muito bem feita, com diferentes estilos de músicas eletrônicas que tornam cada estágio único.



Curtindo o som em cenários cheios de vida

O grande charme de Spin Rhythm XD é, certamente, seus belíssimos cenários e efeitos visuais. A trilha de notas acompanha uma nave que voa por cenários futuristas com cores vivas e que reagem de acordo com as notas que acertamos. Esse retorno visual torna a experiência ainda mais divertida e viciante.

Após cada música finalizada, ganhamos uma certa quantidade de experiência que nos permite subir de nível. Para cada nível, desbloqueamos uma série de conteúdos para o jogo, como novas cores para os menus, músicas e estilos para nossa trilha de notas. 




A quantidade de elementos adicionais é bem satisfatória, mas acredito que exista espaço para novas opções. Esse desbloqueio progressivo é um dos grande elementos que fomentam a jogatina constante, pois é muito viciante testar as diferentes combinações artísticas e, claro, tocar novas músicas.

Além disso, vale destacar a boa quantidade de opções de acessibilidade no menu do jogo. Desde mudança de cores da trilha e botões até um modo que não pune erros, Spin Rhythm permite que todos os jogadores tenham uma experiência completa.



Um pouco mais de conteúdo para ser perfeito

O único ponto negativo que encontrei em Spin Rhythm XD é a ausência de outros modos de jogo. Mesmo que os desenvolvedores já tenham confirmado que outros modos serão adicionados no futuro, a atual versão conta apenas com a tela de seleção de músicas. Um modo multiplayer seria uma adição perfeita ao jogo, criando seções cooperativas e competitivas com seus amigos.

Para compensar um pouco esse problema, o título conta com um sistema de edição de fases. Spin Rhythm nos dá a opção de editarmos os estágios presentes no jogo e criar novas fases a partir de arquivos do nosso computador. O editor é bem completo e muito complexo e senti bastante dificuldade em usá-lo, mesmo com o tutorial oficial. Mas acredito que com um pouco de esforço qualquer jogador consiga se familiarizar com a ferramenta.



Uma experiência impecável para os fãs do gênero

Viciante, frenético e divertido são apenas alguns dos adjetivos de Spin Rhythm XD. Com uma boa seleção de músicas e uma jogabilidade fluida e fácil de entender, Spin Rhythm chega para se destacar e se consolidar como uma das melhores experiências disponíveis em jogos de ritmo. Mesmo com a enorme complexidade nas dificuldades mais altas, é extremamente satisfatória a constante tentativa de completar uma música. Com a promessa de novos conteúdos para o futuro, Spin Rhythm XD tem tudo para permanecer relevante por muito anos.

Prós

  • Jogabilidade simples e viciante;
  • Possibilidade de jogar com diferentes controles;
  • Quantidade satisfatória de músicas;
  • Efeitos visuais belíssimos, com cenários respondendo às suas ações na mesa;
  • O desbloqueio progressivo de músicas e cosméticos incentiva a jogatina constante;
  • Muitas opções de acessibilidade;
  • Apesar da complexidade, o editor de fases é completo e interessante para manter a longevidade do jogo. 

Contras

  • Ausência de outros modos de jogo.
Spin Rhythm XD — PC — Nota: 9.5
Revisão: Vitor Tibério
Análise feita com cópia digital cedida pela Super Spin Digital


É engenheiro geólogo, graduando em Engenharia Ambiental, entusiasta de novas tecnologias e apenas mais um mineiro que não vive sem café e pão de queijo. Gosta de aproveitar o tempo apreciando RPGs, relaxando em simuladores de fazenda e curtindo uma boa música em jogos de ritmo.
Este texto não representa a opinião do GameBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.