Konami sinaliza que continuará investindo no mercado de NFT

Em relatório financeiro recém-divulgado, a empresa reforça seu compromisso no controverso mercado de arte digital.


A Konami divulgou seu relatório de faturamentos dos últimos nove meses de 2021. No documento é divulgado que o lucro da empresa teve crescimento na maioria de seus setores financeiros. O que chama a atenção é que a japonesa também reafirmou seu compromisso com projetos futuros com o controverso mercado de NFTs.

No relatório, o lucro operacional cresceu 48,8% em relação ao ano anterior, algo em torno de 60,3 bilhões  de ienes (525 milhões de dólares, aproximadamente). O setor de entretenimento digital da empresa viu aumento de receita de 6,4% em relação ao ano anterior, aumentando sua receita em 154 bilhões de ienes (1,3 bilhão de dólares). De modo geral, o aumento de receita da Konami para o período foi de cerca de 12% ,  com valor de 215 bilhões de ienes (1,8 bilhão de dólares).

No documento, é registrado um compomisso da Konami em continuar investindo no mercado de NFT, duramente criticado pela comunidade. A empresa chegou a usar da prática realizando um leilão para as celebrações dos 35 anos da franquia Castlevania no início deste ano. Na ocasião, uma única arte foi comprada por 26 mil dólares.

O tema continua gerando repercussão negativa na comunidade gamer por ser considerada uma forma pouco criativa e fácil de monetizar conteúdo baseado em propriedades intelectuais famosas. Recentemente a Team 17, que anunciou um projeto semelhante, precisou recuar após represália sofrida por fãs e estúdios parceiros.


Fã de Castlevania, Tetris e jogos de tabuleiro. Entusiasta da era 16-bit e joga PlayStation 2 até hoje. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora quando as partidas acabam em discórdia e fogo no parquinho. Nas redes sociais é conhecido como @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google