Call of Duty: Warzone (Multi) tem mais de 100 mil contas banidas em um dia

Os banimentos são focados em contas de usuários que trapaceiam no jogo.


Call of Duty: Warzone (Multi) possui um histórico de banimentos em massa por causa do excesso de usuários cheaters que atrapalham a experiência do jogo. A Raven Software anunciou recentemente uma onda massiva de banimentos, com cerca de 100 mil contas excluídas em apenas um dia.

O receio da comunidade é que os banimentos não resolvam o problema, já que os cheaters podem simplesmente criar outras contas e voltar para o jogo. Observando as críticas, a Activision revelou que um sistema anti-cheat mais duradouro está a caminho ainda neste ano. Existe um método alternativo chamado de banimento de hardware, que impede que o usuário crie novas contas.

No entanto, existem programas que impedem a efetividade deste método através da falsificação de IP, criando assim uma brecha no sistema de punição. Outro problema que dificulta a criação dos sistemas anti-cheat é que a performance do jogo pode ser afetada. Isso ocorreu recentemente em Destiny 2 e a repercussão negativa chamou a atenção para mais este obstáculo.

O Silent Aim é uma trapaça em que você nem precisa mirar para matar o inimigo!
Não há garantias da efetividade das medidas adotadas pela Raven Software e Activision, mas as ações dificultam a vida dos cheaters e podem causar a sensação de que não vale a pena ter todo esse trabalho apenas para trapacear em um jogo. Além disso, as empresas que escutam as críticas e criam métodos para melhorar a experiência dos usuários causam uma ótima impressão e amenizam a frustração da comunidade.

Call of Duty: Warzone está disponível gratuitamente para PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X.

Fonte: IGN


Biólogo que vive em jogatinas há muitos anos, passou por alguns consoles, mas segue por mais tempo na dinastia Playstation. Curte franquias como Metal Gear, Silent Hill e God of War, mas gosta de outros tantos jogos também. Fala de tudo um pouco em @afogadosnodeserto


Disqus
Facebook
Google