Call of Duty: Warzone (Multi) é uma experiência divertida e um marco para a franquia

Battle Royale com muito têmpero à lá Call of Duty.


Lançado em 10 de março como parte importante de Call of Duty: Modern Warfare (Multi), Warzone é o modo Battle Royale tão especulado desde o lançamento do título. De certa forma, vai além de ser apenas um modo de MW, sendo disponibilizado de forma independente e completamente grátis para todos os jogadores, tornando-se assim um novo marco na história da franquia.


A experiência Battle Royale com sabor de Modern Warfare

Em geral, Warzone é a típica experiência Battle Royale. O jogador, munido de apenas uma pistola e em uma equipe de até três pessoas, salta em direção a um mapa enorme e variado em busca de saques de armas, equipamentos e dinheiro. São 150 jogadores por partida, que devem sobreviver não apenas aos tiroteios, mas também ao círculo de gás tóxico que se fecha cada vez mais rápido com o passar do tempo. A última equipe de pé escapa em um helicóptero automaticamente e vence o jogo.

Warzone traz a jogabilidade de Modern Warfare para o subgênero BR e a torna sua principal característica. Mesmo com o uso de placas de armadura, o tempo necessário para matar/morrer é baixíssimo, exigindo pensamento rápido e estratégico do jogador e seu time. É preciso levar em conta também que o mapa possui diversas áreas abertas, o que exige que o jogador se adapte a um estilo de jogo mais cauteloso e menos frenético na maior parte do tempo.



No chão, a sobrevivência da equipe dependerá de sua habilidade e dos itens que encontrar nas caixas de saque espalhadas por todos os cantos do ambiente. Essas caixas emitem um som quando o jogador se aproxima, ajudando-o a localizá-las com um pouco mais de facilidade, além de proporcionar oportunidade de emboscadas ao atrair inimigos desatentos.

Um dos aspectos que poderia oferecer maior variedade em Warzone é justamente em seus saques. Armas e itens disponíveis possuem níveis de raridade mas, na grande maioria das vezes, os mesmos armamentos estarão presentes aqui e acolá. Visto que Modern Warfare oferece um arsenal de armas vasto, teria sido benéfico espalhar pelo cenário outras opções letais que não sejam um rifle M13 ou uma SMG MP11. A situação melhora um pouco com as caixas de saque lendárias, porém estas são bastante raras.

Dinheiro pode ser encontrado em caixas de saque, nos cenários e ao derrotar inimigos, e pode ser utilizado em Estações de Compra espalhadas por todo o mapa de Warzone. Nelas o jogador pode adquirir placas de armadura, kit de auto reanimação, caixas de munição e até mesmo Séries de Baixas (Killstreaks). As Séries disponíveis são, no geral voltadas para suporte de equipe, como VANT, Ataque de Dispersão e Ataque de Precisão. Nenhuma dessas opções, embora as duas últimas citadas sejam de ataque, proporciona qualquer tipo de vantagem absurda durante as partidas.

A busca por ser único

Warzone conta com mecânicas interessantes que tornam o título único em relação aos BR com temática militar. A principal delas é a mecânica de reaparecimento. Quando um jogador é eliminado pela primeira vez, ele ganha uma segunda chance ao ser enviado para o Gulag, uma prisão com uma arena para embates um contra um (semelhante ao modo Atirador, do multiplayer de MW). Se conseguir eliminar o oponente, o jogador irá reaparecer automaticamente no mapa, saltando de paraquedas em uma localização próxima a de seus companheiros (caso algum esteja vivo). As decisões dentro do Gulag são uma ótima forma de proporcionar um desafio justo em troca de um prêmio valoroso para o jogador. Em caso de derrota ou em mortes posteriores, o jogador pode ser trazido de volta à batalha através das Estações de Compra. Um sinalizador de renascimento custa $4500, e cabe aos aliados acumular esse dinheiro e realizar a compra.



É justamente aqui, nos respawns, que está um dos “problemas” de Warzone. Jogar com estranhos significa, na grande maioria das vezes, ver sua equipe sair da partida após a primeira morte e não esperar que o jogador restante busque revivê-los. Em um jogo cuja atuação em equipe aumenta consideravelmente as chances de sucesso, perceber que se está sozinho já nos primeiros minutos de jogo pode ser bem frustrante e desencorajador. Uma forma de mitigar situações como esta é jogar com ao menos um amigo. É preciso ressaltar, no entanto, que esse tipo de comportamento não é incomum em jogos online, mas atrapalha de forma mais acintosa em Warzone.

Durante as partidas, o jogador pode ativar Contratos espalhados pelo mapa. Esses contratos podem ser de três tipos: Bounty, Scavenger e Recon. Bounty coloca um alvo em um jogador aleatório dentro da partida e o jogador deve eliminá-lo para concluir o objetivo; Scavenger exige a busca de três caixas de suprimentos em locais aleatórios; e Recon designa uma área que deve ser assegurada pela equipe. Concluir esses contratos concede recompensas em dinheiros e até mesmo bônus passivos, como localização de caixas de armamentos e próxima zona de segurança do círculo de gás.

A presença dos contratos movimenta bastante o jogo, caso o jogador decida ativá-los. Ter objetivos variados a cumprir proporciona uma dinâmica única ao jogo, ao mesmo tempo que mantém o objetivo máximo de sobrevivência.

Uma nova modalidade: Saque

Saque é um modo complementar introduzido com Warzone. Ocorre no mesmo mapa do modo Battle Royale, mas as regras são diferentes. Vence a equipe que acumular um milhão dólares primeiro. Em geral, a dinâmica é a mesma: busca por caixas de saque, pilhas e sacos de dinheiro pelo cenário e inimigos para eliminar e roubar a grana que estavam acumulando. Além disso, Caixas de Dinheiro são periodicamente jogadas no mapa por aviões que sobrevoam a área.

Algumas diferenças tornam o modo único, no entanto. A primeira é que o jogador não possui limites de renascimento, e é alocado sempre com seu kit pessoal de armamento, que pode ser personalizado no menu dos modos multiplayer e Warzone.

Quanto maior o valor acumulado pela equipe, maior sua posição no ranque da partida. Quando uma equipe acumula 200 mil em dinheiro, uma nova mecânica é ativada. A equipe com maior grana acumulada no total é marcada no mapa, assim como os dois times com maior dinheiro não-depositado. É a oportunidade perfeita de caçar, e o perigo máximo de ser caçado. Essa dinâmica de presas e predadores torna as partidas de Saque bastante movimentadas e divertidas.



Embora o renascimento seja ilimitado, morrer em Saque significa perder uma quantia do dinheiro que o jogador carrega. Para evitar esse tipo de perda, o jogador pode depositar seu dinheiro em helicópteros que podem ser encontrados em heliportos pelo mapa, marcados com o símbolo de um porquinho. Outra alternativa é comprar um Balão de Depósito em Estações de Compra. O gasto é relativamente alto, mas é uma garantia de que o dinheiro coletado estará livre das mãos inimigas.

Quando a partida se aproxima do final, um bônus de multiplicador é ativado, e helicópteros armados aparecem no céu. Esses helicópteros são perigosos e atiram ao primeiro sinal do jogador, mas contam com grande quantia de dinheiro. Se derrubados, a equipe terá uma bela chance de conseguir os dólares necessários para alcançar a liderança.

Veículos podem ser utilizados para percorrer o imenso mapa

Aprendendo com a concorrência

Embora possuam temáticas e jogabilidade bastante distintas, Warzone pode aprender bastante com Apex Legends (Multi) para implementar melhorias de “qualidade de vida”. O sistema de ping em Warzone é o principal aspecto que necessita de atenção por parte da Infinity Ward.

Em Warzone, para marcar áreas, inimigos e itens, o jogador deve utilizar o botão direcional para cima do controle, com um toque para marcações gerais e dois para marcar inimigos. Essa configuração, nos controles, é bastante inconveniente pois exige que o jogador retire seu dedo do analógico de movimentação para apontar áreas, inimigos e itens. É compreensível que essa seja a configuração adotada pelos desenvolvedores, visto que CoD utiliza equipamentos letais e não-letais cujos comandos são alocados nos botões de ombro, não sobrando assim muitas opções para o sistema de ping, mas não impede de que o sistema atual seja inconveniente.



Sobre a marcação de itens, seria interessante que os personagens tivessem a capacidade de falar exatamente qual item estão sendo marcados pelo jogador. A falta desse auxílio auditivo, por assim dizer, faz com que o jogador tenha que tirar sua atenção e buscar o ícone do item na tela para que possa saber com exatidão o que lhe está sendo oferecido. Warzone possui muito mais personagens com vozes únicas, além de contar com uma maior variedade de itens do que Apex, o que tornaria a adoção desse auxílio auditivo um custo a mais de tempo e produção. Entretanto, seria uma adição muito bem-vinda ao título.

Call of Duty: Warzone (Multi) é um modo Battle Royale extremamente competente. Conta com um mapa extremamente variado, com mais de 100 locações diferentes e únicas para o jogador trocar tiros contra seus inimigos enquanto busca pelos melhores saques e pela vitória. A dinâmica do jogo é aprimorada com presença dos Contratos e pelo ótimo design do mapa e suas seções. Ainda que possa contar com melhorias, é uma experiência de jogo tensa e divertida graças aos combates ferozes do título e vale muito a pena ser conferida.

Notas:

  • Warzone é totalmente gratuito para todos os jogadores, com versões para PC, PS4 e Xbox One, e com cross-play ativado;
  • o progresso de níveis de soldado e Passe de Batalha em Warzone é unificado ao modo multiplayer presente em Call of Duty: Modern Warfare.



Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.


Disqus
Facebook
Google