Jogamos

Análise: shapez.io + Puzzle DLC (PC) é uma experiência de quebra-cabeça para quem curte jogar e planejar com tranquilidade

Com uma proposta crescente de construção e uma expansão promissora, o pacote é uma boa pedida para amantes do gênero.


A maioria dos jogos oferece desafios com pontuações, além de limitações de tempo e recursos. Shapez.io traz uma ideia diferente: o objetivo é combinar ferramentas para produzir determinado tipo de produto, como numa grande fábrica, mas sem restrições formais. Ou seja, o jogador é livre para escolher como cumprir as tarefas, o que resulta num game tranquilo e agradável. Vamos conferir um pouco sobre esse curioso título e entender o porquê dele ser tão interessante.

Mais um jogo de quebra-cabeça?

Conforme definido na Steam, shapez.io, lançado em 7 de junho, é “um jogo relaxante no qual você deve construir fábricas para produzir formas geométricas automaticamente”. A ideia é exatamente essa mesmo: em um grande mapa repleto de conjuntos com formas geométricas e cores, o jogador deve combinar elementos e entregá-los em um hub central do cenário através de uma linha de produção.
A maior das caminhadas começa com um simples passo...
Para realizar essa tarefa, o usuário tem à disposição diversos tipos de equipamentos. Temos o extrator, responsável por captar os recursos, as esteiras, para transporte, além do cortador, do pintor, entre outros. O game é dividido em níveis que exigem entregas progressivamente mais complexas e numerosas. Se no início é preciso apenas coletar algumas figuras já prontas, as fases mais avançadas exigem vários processos intermediários.
 
Além disso, é importante frisar que o cenário não reinicia a cada novo nível. Conforme as rodadas passam, o mapa vai ficando mais e mais cheio de elementos. Embora isso exija atenção, o resultado é bem legal, pois deixa claro o quanto o jogo já avançou até ali. Não existem restrições de tempo e recursos para jogar, tal como esperado da ideia básica “relaxante” de shapez.io.
O título tem várias customizações interessantes, incluindo o popular modo noturno
Os visuais do game são minimalistas e muito agradáveis, tornando a jogatina leve como a sua proposta. A trilha sonora é um destaque a parte, com canções tranquilas e envolventes, perfeitas para embalar o jogo. Ele, aliás, recebeu em 22 de junho a expansão Puzzles DLC, que ofereceu mais variedade e conteúdo ao jogo base. Falarei mais sobre ela no final da análise, mas posso adiantar que o resultado é positivo.

Monte para o presente, mas também pensando no futuro

Como dito anteriormente, shapez.io mantém as construções ao longo de cada nova rodada. Por isso, é preciso que o jogador tenha certa visão futura, dispondo os objetos de forma planejada pelo mapa. Senão, eles atrapalharão os níveis subsequentes, podendo até exigir que o jogador destrua parte do seu trabalho para abrir espaço.
Demora um pouco para entender essa ideia de "construção futura", mas depois tudo funciona bem
Conforme os níveis passam, essa situação é cada vez mais difícil de ser evitada devido à complexidade nos processos. No começo, será preciso entregar figuras geométricas simples, como quadrados e círculos. Depois, será necessário pintar as figuras geométricas e, na sequência, as cores disponíveis precisarão ser combinadas. Finalmente, as peças terão que ser cortadas e combinadas para atender as demandas.
 
Embora esses passos pareçam um tanto estranhos, shapez.io é bastante competente em explicar ao jogador como tudo funciona, apresentando uma progressão bem estruturada. Caso o leitor tenha ficado curioso, basta acessar a versão de demonstração, disponibilizada online gratuitamente, e conhecer um pouco de como o jogo funciona.
Acesse a versão demo e entenda porque shapez.io é uma ótima pedida
Uma dica geral é tentar não montar as estruturas perto do hub de entrega. Isso pode parecer uma boa ideia no início, pois a distância reduzida dos itens facilita as construções. A questão é que, conforme os níveis ficam mais difíceis, as ferramentas necessárias aumentam, exigindo mais espaço para serem devidamente organizadas.

Raciocínio + planejamento

Ao jogar por algum tempo, não consegui deixar de me lembrar de outros dois títulos que possuem várias semelhanças com ele. Wilmot’s Warehouse (PC/Switch) trouxe um grande almoxarifado, no qual o objetivo é organizar e gerenciar um grande inventário de itens. Já Automachef (PC) te coloca para automatizar uma lancheria e produzir pratos o mais rápido possível.
 
De certa forma, shapez.io mistura as linhas de fabricação e seus vários processos de Automachef, mas sem limites nos recursos, com o planejamento e a organização presentes em Wilmots Warehouse, agora com tempo livre. Mais que uma simples combinação, a experiência final é única, curiosa e divertida. Em particular, a forma com que as mecânicas iniciais continuam a ser usadas nos níveis mais avançados é ótima, trazendo uma sensação de grandeza a cada aumento da estrutura geral.
Assistir a linha funcionando é uma atração à parte
É uma pena que, com o passar do tempo, a jogatina acabe se tornando um tanto repetitiva. Depois de liberar todas as ferramentas e encarar um bom número de desafios, a falta de novidades pode afastar alguns jogadores que queiram novas “emoções”. Aqueles que gostam do ritmo cadenciado e adoram ver o resultado do trabalho, por outro lado, vão se apaixonar pelo sistema do game.
 
Mesmo que a proposta construtiva contínua, com estruturas cada vez maiores e mais complexas, seja legal, na prática a falta de desafios formais mina parte do esforço que o jogador precisa depreender. A única exigência para avançar é entregar certa quantidade de determinado tipo de peça, sem qualquer limitação real. Caso o jogador queira, pode construir apenas uma linha de fabricação e esperar o tempo necessário para ela terminar o trabalho.
Organizar a estrutura geral é essencial para ter sucesso no longo prazo
Obviamente, essa opção torna tudo mais lento e fere a ideia básica de obter um processo equilibrado. A questão é que, sem pontuações ou limites como tempo máximo ou número de ferramentas disponíveis, essa escolha se torna muito relativa. O já citado DLC, disponível para compra separadamente, melhora um pouco a situação, embora tenha desperdiçado um potencial importante, como vamos ver agora.

Um complemento na medida (quase) certa

Admito que, antes de testar a Puzzle DLC, a falta de desafios pontuais seria uma crítica a shapez.io e sua proposta. Afinal, se por um lado trazer um desafio com crescimento contínuo é uma ideia interessante, por outro pode se tornar um tanto complexo no longo termo. As novidades na jogabilidade e desafios ficam cada vez menores, tornando a experiência menos instigante e mais cansativa a cada novo nível.
São muitas opções de quebra-cabeças para resolver
Logo, a coletânea de pequenos quebra-cabeças da expansão veio bem a calhar no jogo. Outra característica positiva é a possibilidade de criar seus próprios desafios e compartilhar com outros jogadores. Isso aumenta muito as possibilidades da jogatina, com opções organizadas em categorias como mais votadas, mais difíceis ou oficiais do desenvolvedor.
 
Infelizmente, a expansão perdeu a chance de corrigir aquele problema do elemento competitivo do game principal. Na realidade, penso até que ela acabou salientando esse ponto negativo, visto que o DLC seria perfeito para mudar isso. Ainda que a proposta geral de shapez.io seja a tranquilidade, realmente senti falta de alguma métrica ou contador para determinar o meu desempenho nos níveis completados, como tempo gasto ou elementos utilizados.
Crie seus próprios desafios e compartilhe com outros jogadores
Quando eu comecei a jogar o DLC, tinha a expectativa de que os desafios mais curtos iriam oferecer algum tipo de pontuação ao usuário. Infelizmente, apenas um tempo médio geral dos jogadores é disponibilizado, sem qualquer relatório sobre como me saí no quebra-cabeça. É uma pena, pois isso reduz o fator replay e diminui o interesse em jogar de forma mais rápida e eficiente, um dos problemas do título base.

Uma experiência relaxante e interessante

Minha avaliação final de shapez.io é bastante positiva. A ideia de construir uma linha de fabricação contínua é atraente, exigindo raciocínio e planejamento. Visuais e trilha sonora contribuem para a atmosfera tranquila e envolvente do game, que deixa o jogador à vontade para agir no seu tempo. Infelizmente, essa falta de limitações também é um ponto negativo, pois, sem nenhuma métrica de controle, fica difícil saber se estou evoluindo como jogador.
Com código aberto e comunidade dedicada, shapez.io tem tudo para ir muito longe
A expansão Puzzles DLC é um bom complemento ao game base, oferecendo uma infinidade de desafios curtos e igualmente interessantes. Não há nenhuma grande novidade, mas ela funciona bem, sobretudo no recurso de criação de quebra-cabeças. Fãs do gênero quebra-cabeças certamente vão adorar essa proposta relaxante, mas sugiro a todos os jogadores experimentarem a demonstração e conhecer essa boa experiência.

Prós

  • Proposta de quebra-cabeça relaxante e divertida, com desafios acessíveis e interessantes;
  • Progressão na dificuldade das fases é bem pensada, exigindo planejamento e raciocínio para alcançar os objetivos de forma competente;
  • Jogabilidade, ainda que exija algum período de adaptação, funciona bem e tem um bom nível de customização;
  • Visuais competentes e trilha sonora bastante agradável;
  • Puzzles DLC aproveita bem as mecânicas do jogo, oferecendo novas fases e a possibilidade da criação e do compartilhamento de quebra-cabeças.

Contras

  • Jogo principal enjoa um pouco com o tempo devido a falta de novidades;
  • DLC desperdiça oportunidade de trazer mais competição à proposta base.
shapez.io + Puzzle DLC – PC – Nota: 8.0
Análise produzida com cópia cedida pela Tobias Springer
Revisão: Felipe Fina Franco


é produtor de conteúdo sobre games desde julho de 2016 e um grande fã da décima arte, embora não tenha muito tempo disponível para ela. Seus games favoritos (que formam uma longa lista) incluem: Kingdom Hearts, Guitar Hero, Zelda, Crash, FIFA, CoD, Pokémon, MvC, Yu-Gi-Oh, Resident Evil, Bayonetta, Persona, Burnout e Ratchet & Clank. @MatheusSO02


Disqus
Facebook
Google