2120 MARS: Project Colonies (Multi) é anunciado pelos brasileiros da QUByte Interactive

Um jogo de ação, aventura e exploração, inspirado por clássicos como Super Metroid e Symphony of the Night.


A QUByte Interactive, desenvolvedora e publicadora brasileira de títulos como Vasara Collection e 99Vidas, acaba de anunciar seu mais novo jogo original: 2120 MARS: Project Colonies. O título será "um jogo de Ação e Aventura, com exploração e progressão no estilo Metroidvania".


Inspirado em clássicos do gênero como Super Metroid, Castlevania: Symphony of the Night e Guacamelee!, 2120 MARS: Project Colonies está previsto para ser lançado ainda este ano para PC e Consoles. Confira abaixo o teaser de anúncio e um resumo da estória do novo título:


No século XXII, o avanço tecnológico tornou missões tripuladas de colonização a outros planetas uma realidade. Com isso, as Nações Unidas, através de um acordo assinado pelos mais diversos governos do mundo, começaram a investir na construção de colônias nos demais planetas do Sistema Solar, como uma solução aos problemas enfrentados em função da superpopulação e escassez de recursos naturais na Terra. O acordo foi um grande sucesso e o programa, então denominado Projeto: Colônia, possibilitou a criação de colônias habitáveis em diversos planetas, sendo o primeiro deles o Projeto: Marte, seguido por Vênus e Júpiter (Project: Mars, Project: Venus, Project: Jupiter). Após diversas semanas sem contato com a Terra, a primeira colônia envia um pedido de ajuda às Nações Unidas que, em resposta, envia um grupo de fuzileiros de elite, liderado pela Tenente Anna Charlotte, a fim de identificar a origem desse sinal e investigar o ocorrido. Pouco antes de chegar em solo marciano, a espaçonave que trazia os membros da equipe de resgate é abatida, deixando apenas uma sobrevivente: A Tenente Anna Charlotte, que agora busca a verdade por trás desses incidentes.
Fonte: QUByte Interactive (via press release)

No currículo tem publicidade e jornalismo, mas no coração tem games. É um entusiasta da história dessa indústria infame e um colecionador esporádico. Se quiser conversar sobre a guerra dos consoles e outros assuntos, pode mandar uma mensagem no Twitter para @carloscirne


Disqus
Facebook
Google