Stage Select

Grand Theft Auto IV: The Lost and Damned (Multi) — "Clean and Serene" e o perfil de Billy Grey

Grandes títulos transformam uma simples "missão tutorial" em icônicos momentos para o jogador.


Grand Theft Auto IV (Multi) possui uma série de personagens marcantes e um deles é Johnny Klebitz, vice-presidente e atual regente da gangue The Lost and Damned MC enquanto Billy Grey, seu presidente, cumpre sua pena na penitenciária. A missão Clean and Serene, a primeira do DLC, nos apresenta a recepção da gangue a um recém liberto Billy Grey, traçando sua personalidade e a relação do mesmo com os demais membros da equipe, especialmente Johnny — sendo uma das mais interessantes e impactantes de toda a expansão. Acompanhem conosco!

Grand Theft Auto: Episodes from Liberty City (de novo)

Essa informação consta do artigo que tratou de Party’s Over, missão oriunda da segunda expansão lançada para GTA IV, The Ballad of Gay Tony (Multi). Ambos os DLCs foram inseridos num único pacote chamado Episodes from Liberty City e se dedicavam a alguns personagens do título original que receberiam maior destaque em sub-tramas próprias, sendo Klebitz um destes personagens, ora aliado, ora rival de Niko Bellic.
The Lost and Damned (Multi) é centralizada na gangue integrada por Johnny e sua relação com seu líder, recém liberto — além de traçar todo um panorama psicológico do mesmo. Por se tratar de uma gangue de motoqueiros, nada melhor senão construir mecânicas e habilidades que se espera em algo do tipo, como a formação típica dos membros quando andam em grupo pelas ruas — quem aumentam a barra de HP do personagem controlado pelo jogador e uma jogabilidade quase toda focada em motocicletas, que é um grande presente a todos os fãs da temática, sendo praticamente um jogo “à parte”.

Where is my bike?

Antes da missão em si, há uma pequena introdução com parte da quadrilha seguindo pelas ruas de Liberty City até a penitenciária onde Billy Grey cumpriu sua pena. A câmera passa por cada membro em sua formação, informando nome e sua posição/função no clube. Para fãs da temática e principalmente da série televisiva Sons of Anarchy (canal FX), é algo de arrepiar da planta dos pés ao couro cabeludo.
Billy Grey, à direita.


A “Intro” não seria bem uma missão, mas uma forma do jogador se adaptar aos novos controles, já que a sistemática em pilotar motocicletas é diferente em GTA IV. É perceptível que, no controle de Johnny, tal veículo é muito mais preciso do que controlá-lo com Bellic, por exemplo. Basicamente se resumirá em inteirar o jogador da história de Grey, ensiná-lo a manobrar motocicletas e apresentar-lhe as mecânicas exclusivas desse título, como a necessidade em andar em formação, como dito anteriormente.
Johnny Klebitz.


Já dentro do clube administrado pela gangue, Billy indaga sobre o paradeiro de sua motocicleta e a forma como questiona e lida com Johnny, um dos mais leais membros do moto clube, apresentam ao jogador o perfil explosivo de Grey, além de suas constantes alterações de humor — algo que será contumazmente explorado ao longo do título.

A grande questão é que a motocicleta do presidente foi empenhada para pagar várias despesas — inclusive de advogados — em um acidente causado pelo líder e os membros da gangue têm como destino certo o local onde ela se encontra atualmente, uma oficina. Ao chegarem ao local, os “Perdidos e Amaldiçoados” questionam a localização do veículo ao proprietário que tenta de todos os meios se evadir das perguntas, prosseguindo então em uma das cenas mais icônicas de TLaD.


Johnny segura o mecânico pela cabeça e, enquanto aproxima seu rosto do pneu traseiro de uma motocicleta em que trabalhava, outro membro da gangue a acelera para que o rosto do indivíduo “raspe” no equipamento, sendo então questionado por Grey: where is my bike? Sem muitas opções, o mecânico finalmente informa que a mesma foi vendida aos Angels of Death, gangue rival a The Lost and Damned. Irritado com a resposta, Billy ainda ataca o queixo do indivíduo com uma marreta de borracha.

Após obterem a localização da motocicleta, a gangue segue diretamente ao armazém da gangue rival, onde são recepcionados a tiros, tão logo adentrem o local. Após o massacre, Billy reavê seu veículo e todos seguem novamente para a sede do clube, dando prosseguimento à história.

Get my Bike!

Muitos jogos, novos e antigos, apresentam ao jogador um tutorial inicial dos comandos básicos do jogo. Enquanto alguns títulos se limitam a algo chato, sem qualquer característica relacionada ao jogo, outros o fazem com uma maestria surpreendente, não apenas inserindo o jogador no que ele usualmente fará durante todo o jogo, como também inserindo-o na história.


TLaD é um título que pertence ao segundo grupo: não apenas introduz ao jogador as novas mecânicas e armas, como também no aspecto psicológico de vários personagens-chave da expansão, delimitando basicamente os padrões de como o mesmo se desenvolverá. E isso é simplesmente fabuloso. E quanto a vocês, quais suas experiências com The Lost and Damned? Compartilhem conosco!

Revisado por Mariana Mussi S. Infanti

Mineiro, apaixonado por livros, música, filmes, discussões, Magic: The Gathering e, claro, jogos eletrônicos.

Comentários

Google
Disqus
Facebook