Hands-on

MXGP (Multi) é um outro nível de motocross

Assim como os campeonatos de Moto GP, o estilo Motocross não ficou de fora e também ganhou o próprio simulador.

Pouco tempo após o tímido lançamento de MotoGP 14, uma outra modalidade do esporte veio aos consoles pelos mesmos desenvolvedores. O motocross e suas diferentes motos off-road entram em cena com o novo MXGP: The Official Motocross Video Game. Confira conosco as impressões deixadas pelo game nas demonstrações presentes no evento da Bandai e na BGS 2014.

Este texto aborda um título inacabado. O produto final pode diferir do aqui apresentado.

Uma nova localização

Similar ao  MotoGP, MX se trata de um simulador de corridas de motos. Contudo, as corridas não ficam no asfalto, mas sim em campos lamacentos e cheios de barro, ou seja, off-road, contando com saltos em colinas, muita habilidade para equilíbrio e adrenalina pura.

Uma das coisas que já chama a atenção é o fato de os gráficos serem realmente muito bonitos, mesmo sendo uma versão, de certa forma inferior, no caso dos consoles da sétima geração, do motor criado para MotoGP 2014 eles conseguem realmente fazer jus à essas plataformas, não deixando escapar detalhes como as marcas na lama, por exemplo, ou a poeira levantada pela moto ao correr.


Não é só velocidade

Ao iniciar a corrida, já foi possível perceber a diferença em um dos pontos mais fortes do jogo: a física. O personagem necessita de equilíbrio para se manter estável na pista, o que acaba dependendo muito do jogador, já que se trata de um simulador. O jogador pode controlar o equilíbrio do personagem pelo segundo analógico do controle, como o R3 do Dualshock ou o Right Stick do Xbox controller.

Em meio a corrida, é possível se deparar com várias colinas, que fazem com que o jogador tenha de se estabilizar no ar por conta do salto em alta velocidade, algo que não parece ser muito difícil, mas que necessita de certo costume. É possível realizar manobras durante os saltos, ainda que acabe sendo arriscado.

Algo um tanto estranho, contudo, eram os amontoados de pilotos se batendo ao se encontrarem sem gerar muito desequilíbrio, apenas virando a moto.

Vamos alterar algumas coisas?

Assim como a maioria dos títulos de corrida, MXGP também possui um modo de customização de motos e pilotos, o que pode ou não alterar o desempenho em meio a corrida. Contudo, não foi possível obter acesso a essa modalidade por conta da limitação da demonstração.

Andrea, que também estava responsável pelo game no evento, disse que poderia haver a possibilidade da inclusão do sistema inteligente de customização de motos, mas nada nos foi confirmado até o momento.

Não é freestyle!

Mesmo sendo um estilo de corrida, MXGP não se trata apenas de velocidade, pois acaba dependendo muito também da habilidade de equilíbrio do corredor. O jogo consegue passar muito bem essa impressão, fazendo com que o piloto assuma o controle não só da direção, mas do equilíbrio necessário para poder continuar na pista.

De manobras básicas e curtas, é possível executar até mesmo giros de 360º com as motos nos saltos, o que acaba dependendo de muita habilidade. MXGP consegue fazer a diferença e, algo que me chamou a atenção por não ser fã de simuladores, mostrar-se realmente divertido e dinâmico com suas corridas.

MXGP: The Official Motocross Video Game trará, assim como MotoGP 2014, um modo campanha com pistas baseadas nas reais espalhadas pelo mundo, o que vale também para os pilotos presentes. O jogo estará disponível para Xbox 360, PlayStation 3 e PlayStation 4 no próximo dia 18 de novembro. Vale lembrar que o game já está disponível em sua versão europeia para os mesmos consoles e o PS Vita, e no PC, mundialmente.
MXGP - Bandai Namco - Lançamento: 18 de novembro de 2014.

Revisão: Jaime Ninice
Capa: Stefano Genachi

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google