Rock in Rio apresenta Game XP: o maior evento de games do mundo será brasileiro

Evento é fruto da parceria do Rock in Rio com a CCXP e terá dimensões enormes em todos os sentidos.


O Rock in Rio é um dos eventos musicais mais clássicos que temos, sendo o maior festival de música no mundo desde que foi criado, em 1985. Com a sua volta ao Brasil, em 2011, o público está sempre em êxtase para as atrações e esgotam os ingressos em menos de uma hora. Do rock de Iron Maiden para o pop de Katy Perry, a festa é uma verdadeira mistura de ritmos para conquistar todos os públicos; e agora em 2017 vai agradar até mesmo o público gamer com o anúncio de que haverá uma área dedicada aos jogos no Rock in Rio!


O evento se chamará Game XP, com a produção feita pela mesma equipe da Comic Con Experience (CCXP) e a aparição inesperada no Rock in Rio tem grande fervor de seus idealizadores. Há um claro reconhecimento de como os jogos formam uma mídia popular e que conquista muita gente. É uma das apostas mais radicais do RiR (desde o tempo que chamaram Carlinhos Brown para se apresentar no festival).

"Eu acho que o Rock in Rio, já fazendo um spoiler, a gente passou de uma nova fase dos games. Zeramos a fase e fomos para a próxima. O evento está atingindo uma dimensão maior, estamos ampliando os horizontes da música para o entretenimento. A gente está criando o maior evento de game do mundo. Todas as pessoas que comprarem os ingressos do festival terão acesso. É uma ocasião para o gamer hard core, mas também para a família. É um evento mainstream, com muito conteúdo diferenciado", comentou Luís Justo, CEO do Rock in Rio,
A nova casa do Rock in Rio no Brasil em 2017 passa a ser o Parque Olímpico construído para o Rio 2016
Além de ser uma tentativa de agradar seu público e ainda atrair um novo, a Game XP está sendo vista pelo criador do Rock in Rio, Roberto Medina, com uma esperança de proporcionar dias melhores para os cariocas em tempos tão pesados que vêm passando.

"Será uma verdadeira Olimpíada do entretenimento que vai acontecer naquele palco fantástico que foi montado. Vamos animar essa cidade, correr atrás para apresentar resultados e vamos mudar as notícias ruins que a gente está vivendo nesse país de grandes problemas políticos e econômicos. Essa é a nossa contribuição."

Na visão econômica, cada edição do RiR movimentou cerca de R$ 1 bilhão com quase metade do público vindo de outras cidades.

Falando em olimpíadas, as dimensões do evento anunciadas são enormes. O local reservado para abrigar a Game XP tem o tamanho de duas arenas olímpicas. Para que tanto chão? Está sendo planejado espaço para talk shows (como o Insider Xbox), disputa entre celebridades (YouTubers?), stands de marcas e área para realização de campeonatos de e-Sports. O evento já é considerado o maior do mundo em games. Mais uma do Brasil!
Resultado de imagem para arena olímpica rio 2016
Arena olímpica de Rio 2016
O CEO da (CCXP), Pierre Mantovani também deu suas palavras: "O evento nasce com uma grande vocação de criar uma experiência nunca feita no Brasil. Essa é a maior indústria do entretenimento mundial. Vamos unir as qualidades do Rock in Rio e da CCXP. A hora que abrirem os portões, a Game XP já estará com os portões abertos. As atividades vão terminar por volta das 20h, que é a hora que os shows começam. Vamos misturar game com música".

O Rock in Rio no Brasil tem um ano de descanso e planejamento, aconteceu em 2011, 2013, 2015, agora em 2017 e já está confirmada a edição de 2019. De todo jeito, a Game XP não estará preso ao RiR, pois o intuito é que seja anual e faça parte do calendário do Rio de Janeiro, assim como a Brasil Game Show para São Paulo.
Será que a BGS encontrou um concorrente que depois de encerrar o dia tem um happy hour de Maroon 5? Dura disputa.
Fonte: G1 
Janderson Oliveira ainda não chegou ao patamar de universitário por estar no Ensino Médio, entrou no GameBlast com o intuito de unir o que aprendeu em sala com o que andou jogando enquanto deveria estudar para Química. Tem Facebook caso queiram catalogar a espécie.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook