Evento de games é cancelado por falta de apoio

Campo Grande Game Show é o evento que deu origem ao Museu do Videogame Itinerante, que atualmente é o museu mais visitado no país.

Muitos gamers conhecem o Museu do Videogame Itinerante, uma exposição que viaja pelo Brasil com mais de 200 consoles, sendo que alguns deles ficam disponíveis para serem jogados. Em 2015 ele reuniu mais de 3,5 milhões de visitantes em nove estados brasileiros, tornando-se o museu mais visitado no país, segundo o Instituto Brasileiro de Museus. O que pouca gente sabe é que este museu teve origem na cidade de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, sob o nome Campo Grande Game Show. A edição de 2015 atraiu 195 mil visitantes.


Entretanto, em 2016 a cidade natal do museu não receberá o evento. Na página oficial no Facebook, os organizadores culpam a falta de patrocínio e apoio de entidades de Campo Grande, tanto públicas quanto privadas. Um dos motivos dados para a falta de interesse é que "o museu do videogame traz gente demais". Este argumento é especialmente curioso porque o shopping que sediou o evento em 2015 é conhecido na cidade por estar sempre vazio e cada vez mais lojas fecharem justamente pela falta de público.

Enquanto que o Campo Grande Game Show entra em hiato, o Museu do Videogame Itinerante está com a agenda cheia pelo ano inteiro. Onze estados e mais o distrito federal receberão o museu, sendo que a Festa da Uva em Caxias do Sul/RS, um dos maiores eventos do país, logo aproveitou a vaga aberta por Campo Grande e já reservou as datas.

Abaixo está um vídeo do 3º Campo Grande Game Show que fiz em 2013, que dá uma ideia da quantidade de consoles diferentes mostrados na exposição.

Leandro Eidi Umezu Batista escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais