SKT T1 é a primeira bicampeã mundial de League of Legends

Equipe coreana liderada por Faker é a grande campeã do Mundial de League of Legends de 2015

Nessa sábado (31/10) tivemos a grande final do mundial de League of Legends, realizada na Mercedes-Benz Arena com um público de mais de 16 mil pessoas. As duas compatriotas SKT T1 e KOO Tigers

Jogo 1 - SKT mostra a que veio

A primeira partida serviu para mostrar que a SKT não chegara a final invicta por acaso. Embora a KOO tigers tenha mostrado um bom começo de partida, acelerando bem e respondendo prontamente as ofensivas da favorita, a supremacia da SKT não demorou pra aparecer. Com Marin acertando equalizadores que desmontavam as teamfights da KOO, e Faker com um Kassadin muito forte e agressivo, a SKT aproveitou os erros da adversária para fazer um Baron e uma powerplay (diferença de ouro conquistada durante o tempo do buff do barão) de 6 mil de ouro. A KOO tigers tentou segurar, mas já era tarde demais.

Jogo 2 - O começo da reação

A SKT começou a partida com uma agressividade fora do comum, que acabou rendendo um double kill para seus adversários logo nos primeiros minutos de partida. A KOO Tigers aproveitou esse espaço e começou a crescer na partida, abusando de pickoffs no top laner Marin e no jungler Bengi, chegando a abrir até 5k de ouro. A KOO, entretanto, repetiu um problema que tem amaldiçoado a equipe ao longo desse ano: a dificuldade em fechar as partidas. E obviamente a SKT, equipe conhecida por não deixar passar nenhum erro, aproveitou para começar a crescer para cima de seus adversários que, em um jogada errada no barão, foram derrotados e tiveram sua base destruída.

Jogo 3 - O impossível acontece

Logo no começo da transmissão, podemos ver os jogadores da KOO Tigers dando uma entrevista dizendo que sonhavam em um dia ter a popularidade de outras equipes, em especial ter o nome de sua equipe cantada nas arenas assim como SKT e Fnatic. Esse sonho foi realizado com uma façanha que parecia impossível: arrancar uma vitória contra até então invicta SKT T1. Com uma partida incrível de Kuroo e Gorilla, a KOO Tigers botou fogo no ginásio e mostrou que a vida da SKT não seria fácil.

Jogo 4 - A consolidação de uma lenda

Depois de sofrer a primeira derrota na competição, muitos esperavam que a SKT voltasse abatida para a arena. Entretanto a SKT T1 possui o melhor jogador da história do League of Legends: Faker. Usando um de seus melhores campeões nessa temporada, Ryze, Faker aproveitou um gank errado de Hojin logo no começo da partida para fazer o snowball que seu campeão necessitava, carregando sua equipe rumo ao inédito bicampeonato.
João Pedro Meireles é graduando em Engenharia de Computação na UFRGS. Viciado em jogos, em especial Mobas e RTS, passou boa parte da vida jogando-os e pesquisando sobre aqueles que não teve tempo de jogar, o que o levou a virar redator do GameBlast.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais