Definidos os finalistas do mundial de League of Legends

Equipes coreanas dominam as semifinais e carimbam o passaporte para a grande final.

Depois de quase um mês de disputa finalmente foram definidas as duas equipes que irão disputar a grande final do mundial em Berlim, na qual o GameBlast estará presente, diretamente da capital alemã, para trazer todos os detalhes da batalha na Mercedes-Benz Arena.

Jogo 1 - Origen vs SKT T1

Quem pode parar a SKT? Essa é a pergunta que ficou no ar após o embate com os europeus da Origen. Jogando os dois primeiros confrontos com Easyhoon no lugar de Faker, os coreanos conseguiram suportar a pressão dos europeus liderados por xPeke (que na primeira partida conseguiram "até mesmo" destruir uma torrer tier 2 da SKT, algo que nenhuma outra equipe fora capaz até então) e não tiveram problema em fechar a série com um implacável 3-0, mostrando porque é a favorita para a grande final.

Jogo 2 - Fnatic vs KOO Tigers

Domingo foi o dia da grande esperança do ocidente entrar em Summoners Rift. A Fnatic vinha como favorita para o confronto mas não conseguiu levar a vitória sobre a KOO Tigers. Com um jogo muito focado em Smeb (que conseguiu levar a melhor sobre seu conterrâneo Huni em todas as partidas) os coreanos mostraram um jogo seguro e com poucas falhas, segurando a conhecida agressividade da Fnatic e transitando de forma impecável entre o mid e o late game, garantindo a vaga com mais um 3-0.

Quem leva a melhor?

E agora? Qual das duas equipes coreanas levará a melhor na grande final e conseguirá a honra de ser coroada campeã do mundial desse ano? O embate, que ocorre no sábado dia 31, terá cobertura especial do GameBlast, que levará um repórter, a convite da Riot Games, para acompanhar o evento de perto e trazer suas impressões. Não deixe de conferir o GameBlast e nossas redes sociais para não perder nenhum detalhe.
João Pedro Meireles é graduando em Engenharia de Computação na UFRGS. Viciado em jogos, em especial Mobas e RTS, passou boa parte da vida jogando-os e pesquisando sobre aqueles que não teve tempo de jogar, o que o levou a virar redator do GameBlast.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais