Blast from the Past

Aprenda com Capitalism (PC), a mais divertida escola de negócios dos games

Conheça o jogo que revolucionou os simuladores de negócios e influenciou até mesmo duas das mais prestigiadas universidades dos EUA


Lembro que na metade do ano de 2003 estava preenchendo o formulário de inscrição no vestibular. Minha intenção inicial era cursar medicina, porém, assim como diversos outros jovens recém-saídos do colégio, eu tinha diversas dúvidas se essa seria a carreira que queria seguir. Eu realmente quero ser um médico e me dedicar a isso? Era a pergunta que ecoava na minha cabeça. Fui dar um tempo para arejar a cabeça e resolvi jogar alguma coisa. Peguei um CD que veio junto de uma edição importada da PC Gamer que comprei muitos anos antes, escolhi um jogo de MS-DOS que sempre gostei e o instalei. Somente quando comecei a jogá-lo que entendi que o que realmente eu queria era cursar Administração de Empresas. Qual o nome do jogo? Capitalism.

Introdução à Administração

Muitas coisas que podem ser feitas dentro do jogo, então é bem importante seguir os tutoriais antes de partir para o mundo dos negócios de verdade. Eles te ensinam como construir, contratar e montar lojas, assim como produzir produtos agrícolas e utilizá-los como insumos junto com outras matérias-primas em suas fábricas. Você também pode interagir com outras empresas, brigando pela liderança de diversos segmentos de produtos, e até mesmo forçar uma fusão ao adquirir ações de seus concorrentes. Parece muita coisa de uma vez só? Então vamos por partes.

A interface do jogo vai lhe apresentar diversas regiões do mundo, e você pode escolher entre elas para realizar as operações de sua empresa. Por exemplo, em um jogo você vai ter cidades como Hong Kong, Los Angeles e Buenos Aires como campos de atuação. Você pode realizar negócios em qualquer uma delas até mesmo ao mesmo tempo, mas fica mais fácil focar seu início em uma. Você visualiza tanto a cidade como a região em volta, e isso tem diversos motivos. A cidade em si é dividida em região urbana, que seria uma área mais central e com mais concentração de gente, e em região suburbana, mais afastada do centro e com menos gente. Já a área ao redor pode contar matérias-primas, como petróleo e minerais, ou então ser usada para cultivar bens agrícolas em fazendas.
As áreas urbanas concentram mais prédios do que as suburbanas, fica fácil distinguir


O objetivo do jogo em Capitalism é basicamente fazer dinheiro, e o modo mais fácil e rápido de lucrar é criando lojas. Elas podem vender produtos que interessem a consumidores finais, que podem variar de leite a carros, chiclete a computadores. Você pode adquirir esses produtos de outras empresas ou importá-los via portos marítimos, e assim não cria uma estrutura pesada para começar a gerar lucro. Você precisa construir as lojas dentro de cidades, senão ninguém irá se interessar em ir até elas para comprar produtos. As áreas mais centrais atraem mais clientes no geral, porém são mais caras de se operar. Já as áreas suburbanas têm custos mais baratos, mas não conseguem atrair o mesmo público. Aqui começa a primeira de diversas decisões que irão influenciar seus negócios a longo prazo.
Você vai conseguir chegar à lista dos 100 maiores bilionários?

Introdução à Agronomia

Apesar de ser fácil iniciar com produtos importados, eles não são tão bons no longo prazo. A qualidade desses produtos no geral é baixa e você corre o risco do porto alterar os produtos que ele está oferecendo, e assim perder suas vendas. Então vale a pena começar a investir também na sua própria cadeia produtiva, e o início mais fácil é com bens agrícolas. Fazendas podem operar com produtos de origem animal, como leite, carne e ovos, ou com plantações, como trigo, arroz e açúcar.

Plantações requerem níveis ideais de umidade e calor diferentes para cada tipo de cultura, então você precisa escolher o local de sua fazenda já levando em consideração o que você vai plantar. O período de plantação e colheita também difere de uma cultura para outra, logo você vai precisar de planejamento para chegar onde você quer. O jogo possuía uma enciclopédia interna explicando as necessidades e períodos de cada um para facilitar a vida dos jogadores. E quanto melhor as condições de clima, melhor a qualidade do produto final.
Cada uma das barras no mapa mostram condições climáticas diferentes para suas fazendas.

Já os produtos animais não tinham limitações de clima, então fica mais fácil de serem instalados. Aqui você escolhia qual seria o animal criado, entre vacas, galinhas, ovelhas e porcos, e quais serão os produtos gerados a partir deles, como carne, leite, ovos e lã. Fora a lã, todos já podem ser vendidos diretamente em suas lojas, então esta é outra fonte fácil de gerar lucros. O restante precisa ser processado em uma fábrica antes de chegar ao cliente final.
Com o guia é fácil achar qual o clima e umidade ideal de cada cultura

Administração de Operações

Produtos manufaturados requerem mais trabalho, e às vezes você precisa gerar subprodutos antes de chegar ao produto final. Um carro precisa de motor, chassi e pneus, e todos requerem aço que por sua vez requer ferro e carvão. E o pneu também precisa de borracha, então esta é uma cadeia produtiva bem complexa. Porém, o lucro final na venda de um carro acaba compensando todo esse trabalho.
O guia também existe para produtos manufaturados. Facilita bastante para conhecer o que é necessário.

Fábricas, no entanto, possuem limitações de espaço interno. Então você precisa de mais de uma fábrica para produzir diversos componentes de um carro. É mais simples começar com outros produtos, como iogurte (processando leite) ou chicletes (processando açúcar) até você entender melhor o mercado em que você está e montar uma estrutura que consiga sustentar os custos de produção até que ela lhe retorne lucro.
Dos nove espaços disponíveis, gastei cinco somente para produzir sorvete. Então muitas vezes você acaba precisando de mais de uma fábrica.


A qualidade do produto final influencia nas vendas dele, que por sua vez depende da qualidade de suas matérias-primas. Mas caso você não consiga mudar a fonte de suas matérias-primas, é possível investir em R&D e treinamento. Treinamento é o modo mais barato e rápido para melhorar a qualidade de seus produtos, porém o impacto dos ganhos é baixo quando comparado ao valor investido. Já R&D (Research and Development, Pesquisa e Desenvolvimento em inglês) é um pouco mais caro, porém bem mais efetivo. Você precisa montar um centro de pesquisas e alocar uma equipe de pesquisa durante um período de meses pré-determinado para melhor um único produto. Porém, ao final desse período, você recebe um grande ganho na qualidade de seu produto. A qualidade vai ser muito importante caso esteja brigando com outros jogadores pela liderança de um determinado mercado.
Também é possível pesquisar novos produtos ainda não inventados. Como uma câmera portátil em 1990!

Introdução ao Marketing

Caso entenda que as vendas estão abaixo do desejado, é possível gastar com propaganda para divulgar os produtos a venda em jornais, rádios e redes de TV locais. Porém, essa não é a única decisão de marketing a ser tomada. Você também pode escolher qual será a estratégia de marca de sua empresa. Você prefere que cada produto possua uma marca diferente, sem ligação nenhuma entre eles? Ou então que produtos de categorias parecidas trabalhem como uma única marca, como um grupo de marcas de carnes, outros de bebidas, outro de eletrônicos? Ou ainda prefere que sua empresa seja vista globalmente como uma única marca, vendendo todos os produtos sob a mesma bandeira?
Propaganda e vendas constantes ajudam a criar consciência de sua marca


Cada uma das estratégias tem seus prós e contras em como suas vendas serão influenciadas a longo prazo. Principalmente porque produtos que estão a venda a longo período de tempo criam consciência nos consumidores, que irão buscar ou fugir de determinada marca de produtos. Alterar essa estratégia no meio do caminho também é complicado, já que vai alterar o modo que os clientes veem seus produtos e pode causar uma grande queda em vendas ou então migrar clientes para concorrentes. Também é possível alterar sua estratégia de preços para atingir mais gente com preços mais baixos ou focar em um produto de alta qualidade e preço. E aqui você aprende que marketing não se resume somente a publicidade e propaganda.

Calculando o resultado

Capitalism foi lançado para computadores PC e MAC em 1995 pelo estúdio Enlight, também responsável pela série de RTS Seven Kingdoms. É incrível ver que mesmo nessa época já foi possível implementar tantas variáveis e criar um simulador de negócios tão complexo e realista. O jogo original continha 17 cenários que focavam em objetivos como dominar uma determinada indústria ou acumular certa quantia de dinheiro em um período limitado de tempo. O jogo ainda foi melhorado em 1996 com a versão Capitalism Plus, que trazia gráficos melhores, um editor de mapas, mais produtos, mercados e até mesmo eventos randômicos que faziam você alterar suas estratégias, como greves e descobertas tecnológicas que mudavam o mercado.
Esses são alguns dos diversos cenários da versão Plus.
A complexidade e acurácia do jogo era tão grande que as renomadas universidades norte-americanas de Harvard e Stanford utilizavam-no como simulador de negócios em algumas aulas dentro de seus programas de engenharia e administração. Também mereceu citações nos canais de TV CNBC e Discovery Channel, assim como uma matéria na renomada revista de negócios dos EUA BusinessWeek. Todas as mídias compartilhavam a incrível experiência de tentar se tornar um empreendedor de sucesso sem ter um risco real de perder dinheiro, e o quanto divertido era tudo isso.

Ele ainda deixou de legado as sequências Capitalism II, lançado em 2001, e Capitalism Lab de 2012. E mesmo com atualizações gráficas e novas possibilidades de negócios, como a construção de prédios para aluguel e lojas especializadas como supermercados, ambas deixaram de capturar a essência do jogo original e não tiveram um retorno tão positivo. Jogos do gênero Tycoon lançados posteriormente também beberam de sua fonte e levaram um pouco de Capitalism com eles.

Se interessou? O jogo pode ser adquirido em sua versão Plus via GOG.com, com correções para ser executado em computadores mais recentes, já que era um jogo para DOS. Ele possui uma curva de aprendizado bem alta, mas se torna extremamente divertido quando você consegue superá-la. E pode até mesmo gerar os executivos de amanhã. Quem sabe você não possa se tornar mais um deles?

Revisão: Luigi Santana
Capa: Peterson Barros
Vinicius Eleno é formado em Administração de Empresas pela USP, e mestre em cultura inútil pelas experiências de vida. Desde 1993 gosta de explorar o mundo dos games em seu tempo livre. Pode ser encontrado reclamando da vida no Facebook e Twitter.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais