FIFA 16 (Multi) encontra dificuldades para incluir times brasileiros

Negociação individual com atletas e contratos de exclusividade com a Konami irão tirar, pelo menos, quatro equipes do jogo.

Após terem ficado de fora de FIFA 15, as equipes do futebol nacional estão retornando na edição deste ano do game. Entretanto, a Electronic Arts encontra série de obstáculos para trazer todos os times brasileiros de volta e muitos deles não aparecerão no game por diferentes motivos. O Corinthians e o Flamengo, por exemplo, optaram por assinar contrato de exclusividade com a concorrente Konami e receberão 20 vezes mais do que os outros clubes do país para estarem somente no Pro Evolution Soccer 2016.


Mesmo alguns dos times que aceitaram licenciar sua marca com a EA Games deverão aparecer desfalcados em FIFA 16. A produtora exigiu que cada jogador autorizasse individualmente o uso de sua imagem e muitos atletas não concordaram com os termos. É o caso do Cruzeiro e do São Paulo, que têm profissionais em seus elencos que discordam do acordo.

A negociação individual com os atletas irá também tirar times inteiros do game. O Goiás tinha interesse em estar no jogo, mas seus jogadores não aceitaram assinar o contrato. O caso do clube goiano é semelhante ao do Sport, que já tinha enviado para a EA Games o modelo de seu uniforme e acabou sendo surpreendido pela negativa dos seus atletas.
"Nós havíamos chegado a um acordo comercial, acertamos tudo, mas eles ficaram nessa celeuma, tinham um prazo limite e aí infelizmente não foi possível a inclusão do Sport, o único representante da região nordeste na Série A", afirmou Cid Vasconcelos, diretor de marketing da equipe pernambucana, em entrevista ao site ESPN.com.br.
Os problemas não param por aí. Há ainda caso de times que licenciaram suas marcas e tiveram a liberação de todos os jogadores, mas que acabarão de fora de FIFA 16 também. Essa situação aconteceu com o Botafogo, que está na Série B do Campeonato Brasileiro este ano e, por isso, foi preterido pela EA Games.
"A negociação se iniciou há cinco meses, com o Botafogo cumprindo todas as etapas do processo burocrático, como o envio de termo com a assinatura individual de todos os jogadores do elenco. Entretanto, nesta semana, o clube recebeu, com surpresa, comunicado da Electronic Arts de que apenas equipes da Série A (não todas) serão incluídas no jogo. Uma alteração no planejamento inicial que prejudica o Botafogo e sua torcida", lamentou o time carioca através de nota assinada por seu departamento de Marketing.
Mesmo com todos esses impasses em relação às equipes brasileiras, FIFA 16 será lançado no próximo mês de setembro para PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One e PC.

Fontes: ESPN / Época
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais