Ys X: Nordics será lançado em 25 de outubro no Ocidente

A décima entrada principal da franquia está disponível no Japão desde setembro de 2023.


A NIS America anunciou que lançará Ys X: Nordics no ocidente em 25 de outubro. Por meio de uma postagem no seu perfil da rede social X publicada nesta quinta-feira — 4 de julho —, a editora confirmou que a versão ocidental do RPG de ação será disponibilizada para PlayStation 5, Nintendo Switch, PlayStation 4 e PC (via Steam, Epic Games Store e GOG).

Décima entrada principal da saga, no título controlamos tanto o protagonista da franquia, Adol, como a pirata Karja. Por conta de ambos estarem magicamente presos um ao outro, eles formam uma aliança com o objetivo de encontrar algo ou alguém que possa os libertar.

No decorrer da busca, os personagens acabam envolvidos no conflito entre os guerreiros marítimos Normans e os misteriosos e praticamente imortais Griegr. Para evitar que a disputa termine impactando severamente a população de Obelia Gulf, região repleta de ilhas onde o jogo é ambientado, Adol e Karja precisam aproveitar a sua forçada união.

Por mais que estejam quase sempre próximos, essa ligação não significa que os jogadores tenham que controlar sempre a dupla simultaneamente, sendo possível utilizar um dos protagonistas individualmente para aproveitar as suas habilidades específicas, que poderão ser cruciais nas batalhas e nas dungeons.

A fim de ajudarem um a outro, Adol e Karja conseguem realizar ataques devastadores quando a barra “Revenge Gauge” está preenchida, o que acontece conforme os personagens são utilizados. Como é padrão nos jogos de RPG, a dupla também contará com o auxílio de um vasto elenco de personagens que os acompanharão ao longo da aventura, seja em terra firme ou a bordo do barco Sandras, com o qual podemos atravessar o oceano, participar de batalhas navais e descobrir ilhas desconhecidas.

Desenvolvido pela Nihon Falcom, Ys X: Nordics foi lançado originalmente no Japão em setembro de 2023. Desde então, o game vem recebendo críticas majoritariamente favoráveis, com um dos analistas destacando que o RPG é “uma das melhores entradas da saga”, ainda que a história, o combate e a exploração não estejam no mesmo nível de qualidade apresentado em Ys IX: Monstrum Nox e Ys VIII: Lacrimosa of Dana.

Fonte: Gematsu


Apaixonado por games e tudo que envolva cultura pop.