The Thing: Remastered é anunciado para PC e consoles

O lançamento está planejado para acontecer ainda em 2024.

A Nightdive Studios anunciou que The Thing: Remastered, versão remasterizada do jogo de tiro em terceira pessoa de terror lançado em 2002, chegará ao PC, PS4, PS5, XBO, XSX e Nintendo Switch em algum momento de 2024. Vale destacar que o título é inspirado no filme conhecido no Brasil como O Enigma de Outro Mundo.

Confira mais informações sobre o jogo:
The Thing: Remastered marca o retorno do cultuado jogo de tiro em terceira pessoa e survival horror de 2002, inspirado no filme de 1982 da Universal Pictures. Utilizando a KEX Engine, a Nightdive está aumentando a resolução e a taxa de quadros, além de melhorar os modelos de personagens, texturas e animações com renderização 3D avançada para efeitos de iluminação e atmosféricos atualizados.

Em The Thing: Remastered, os jogadores assumem o papel do Capitão Blake, líder de uma equipe de resgate das Forças Especiais do Exército dos Estados Unidos enviada para investigar os eventos aterrorizantes que ocorreram no filme original The Thing. Em risco de infecção por uma entidade horrível, Blake deve manter sua equipe unida para sobreviver, ganhando a confiança deles e garantindo que o medo e a paranoia não os dominem.

Principais características:

  • Continue a história de The Thing e enfrente monstros aterrorizantes, desde aranhas-cabeça rastejantes até chefes gigantes com múltiplos tentáculos;
  • Comande uma equipe de até quatro NPCs das classes de Soldado, Médico e Engenheiro através dos 11 níveis assustadores;
  • Alguém na sua equipe pode não ser quem aparenta ser;
  • Ganhe a confiança dos membros da sua equipe e minimize seus níveis de medo para que eles não se tornem desobedientes ou sucumbam à paranoia;
  • Modelos, texturas e animações aprimoradas pela Nightdive, além de iluminação e efeitos atmosféricos melhorados.

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google