Final Fantasy XVI (PS5) chega bem perto de alcançar a nota máxima na análise da revista Famitsu

Durante os 37 anos de história da publicação, Final Fantasy XII e Final Fantasy XIII-2 foram os únicos jogos da saga que alcançaram a nota perfeita.


A espera dos fãs para a próxima entrada principal da franquia mais vendida da Square Enix está perto de terminar. Visto que Final Fantasy XVI (PS5) será lançado amanhã, 22 de junho. Por conta disso, muitos veículos da mídia especializada já estão publicando suas opiniões sobre o título. Entretanto, foi a revista Famitsu que saiu na frente ao classificar o game com a nota 39 de um total de 40 pontos.


Final Fantasy XVI foi anunciado pela primeira vez no evento de apresentação do PlayStation 5 que ocorreu em 2020. Desde então, muitas novidades sobre o game foram reveladas a fim de aumentar a empolgação dos fãs, como as informações de que as batalhas contra os Eikons — nome dos Summons no jogo — contarão com diferentes géneros, que o combate será focado na ação; de forma semelhante a FF XV e FF VII Remake; e que a história apresentará diversas fases da vida do protagonista Clive.

Desejando compartilhar com os jogadores se a união de todos esses conteúdos se traduziu em um game a altura da importância da série Final Fantasy, a revista Famitsu não somente avaliou o RPG com três notas 10 e uma nota 9 como também divulgou que a aventura terá uma duração entre 35 a 40 horas, mas alertou que os jogadores que desejam aproveitar os conteúdos extras precisarão dedicar 70 horas ao título.

Para quem não conhece a publicação, Famitsu é o nome do folhetim voltado para o público gamer de maior circulação no Japão, país onde ainda se consome um número elevado desses produtos. Com 37 anos de história, o periódico possui certas características que o diferenciam dos demais veículos focados nesse nicho. E o seu sistema de reviews é um dos melhores exemplos disso.

Na medida em que, para avaliar os games por meio de diferentes pontos de vista, a revista solicita que quatro dos seus colaboradores classifiquem os títulos com uma nota que vai de 0 a 10. Em seguida, a publicação realiza uma somatória e apresenta a pontuação final desses jogos. E, por esse sistema de análises envolver diferentes pessoas que possivelmente têm opiniões e gostos diversos umas das outras, são raros os títulos que atingem a nota máxima

Situação tão incomum que Final Fantasy XII e Final Fantasy XIII-2 são as únicas entradas da icônica saga de JRPG que fazem parte dos 29 jogos agraciados com a pontuação 40 pela revista. E essa afirmação ganha ainda mais força quando observamos que o número de games que fazem parte dessa seleta lista era menor até recentemente, com The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom e Street Fighter 6 sendo os últimos jogos considerados “perfeitos" pela publicação.

Por mais que o lançamento de Final Fantasy XVI só ocorra amanhã, uma demo contendo o prólogo do título está disponível na loja virtual do PlayStation 5. E quem jogar a demonstração e depois optar por adquirir o game não ficará entediado por precisar rever as mesmas cenas, pois a Square Enix afirmou que todo o progresso salvo será transferido para a versão final do título. 

Fonte: VGCGamespot e Gamerant

Apaixonado por games e tudo que envolva cultura pop.


Disqus
Facebook
Google