Lollipop Chainsaw receberá remake em 2023, confirma presidente da Dragami Games

Yoshimi Yasuda, produtor e diretor do game original, confirmou que o game receberá um remake desenvolvido pela mesma equipe de dez anos atrás.


Em junho o produtor Yoshimi Yasuda, que atuou em Lollipop Chainsaw (PS3/X360) e hoje preside a Dragami Games, afirmou em seu perfil pessoal no Twitter que o game faria um retorno em breve. Na manhã desta terça-feira, o produtor confirmou que o game retornará por meio de um remake e que o lançamento deve ocorrer em 2023. As plataformas ainda não foram confirmadas.

Confira o conteúdo da nota publicado por Yasuda:
14 anos se passaram desde que iniciei o projeto Lollipop Chainsaw.

Lollipop Chainsaw nasceu como resultado de Suda 51 discutindo a criação de um novo jogo comigo. Vi um grande potencial na proposta da Grasshopper Manufacture, e apenas um mês após a fundação da Kadokawa Games em abril de 2009, iniciamos o projeto de desenvolvimento de Lollipop Chainsaw, em maio de 2009.

Como Suda-san estava muito ocupado cuidando do desenvolvimento de outros projetos na época, eu atuei como diretor e produtor, criando uma equipe de desenvolvimento conjunta composta por funcionários da Grasshopper Manufacture e da Kadokawa Games, supervisionando o desenvolvimento diretamente. Suda-san examinou o design do jogo e supervisionou o projeto como produtor executivo.

Em janeiro de 2010, a ajuda de um amigo meu que trabalhava na Warner Bros. nos levou a agarrar com sucesso uma chance com o comitê de luz verde da Warner Bros., e a WB se tornou a publicadora do jogo em todas as regiões fora da Ásia. Além disso, um gerente sênior da Warner Bros. sugeriu que reescrevêssemos o roteiro do jogo e que o deixássemos para o diretor de cinema James Gunn, com o que concordamos de bom grado.

Toda essa boa sorte resultou em Lollipop Chainsaw, lançado em junho de 2012, sendo amado por muitos jogadores em todo o mundo, vendendo mais de um milhão de unidades mundialmente.

Infelizmente, vários fatores resultaram em coisas que fizeram com que os fãs não pudessem mais jogar Lollipop Chainsaw com facilidade, e já faz algum tempo que os jogadores não conseguem acessar o jogo nos consoles atuais.

Nós, a equipe de desenvolvimento original do Lollipop Chainsaw, pensamos no jogo como muito precioso para nós, e não queríamos deixá-lo no limbo, onde os jogadores que querem jogá-lo não podem. Como tal, compramos a propriedade intelectual Lollipop Chainsaw da Kadokawa Games e decidimos desenvolver um remake. Já entramos em contato com a Warner Bros. sobre o desenvolvimento e estamos sendo apoiados por eles nessa empreitada.

Uma coisa que temos que dizer aos fãs é que, embora a equipe original esteja trabalhando no remake, haverá elementos diferentes do original. Por exemplo, o jogo original tinha 15 músicas licenciadas usadas na trilha sonora, mas infelizmente é difícil para nós implementar todas elas desta vez. Como resultado, além de algumas faixas licenciadas, a trilha sonora consistirá em novas músicas. Além disso, como temos acesso a consoles com especificações mais altas, desta vez teremos uma abordagem mais realista dos gráficos.

De qualquer forma, nosso objetivo é tornar mais fácil para os jogadores que querem jogar Lollipop Chainsaw fazê-lo. Aguarde o lançamento do jogo em 2023.

Sinceramente,
Produtor de Lollipop Chainsaw
Yoshimi Yasuda
Lollipop Chainsaw é um game do gênero hack 'n' slash lançado para PS3 e Xbox 360 em junho de 2012. Nele assumimos o papel de Juliet Starling, uma líder de torcida que precisa enfrentar um apocalipse zumbi. Seu namorado, Nick, foi atacado por eles e para salvá-lo Juliet realiza um ritual e corta sua cabeça para evitar que ele se transforme em um zumbi. Agora ela deverá enfrentar os mortos-vivos para salvar a cidade e seu amor.

Fonte: Gematsu

Fã de Castlevania, Tetris e jogos de tabuleiro. Entusiasta da era 16-bit e joga PlayStation 2 até hoje. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora quando as partidas acabam em discórdia e fogo no parquinho. Nas redes sociais é conhecido como @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google