Ações da Sony sofrem forte queda após anúncio da compra da Activision Blizzard pela Microsoft

Com queda de 13% na abertura da bolsa de Tóquio, perdas chegam à casa dos US$20 bilhões.


A indústria de games mundial foi pega de surpresa na manhã de ontem com o anúncio da Microsoft sobre a aquisição da Activision Blizzard. O valor da transação, segundo fontes, foi de 68,7 bilhões de dólares (aproximadamente R$375 bilhões, em conversão direta). Quem sofreu forte influência sobre o fato foi a Sony, que teve seu valor de mercado depreciado na abertura da bolsa de Tóquio nesta quarta-feira.

Segundo o portal de notícias Bloomberg, as ações da Sony tiveram uma perda de 13% em seu valor de mercado, o que equivale a um valor de 20 bilhões de dólares (R$109,3 bilhões). É a maior desavalorização nos papeis da empresa desde outubro de 2008.

A aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft já é considerada como o maior acordo comercial já feito dentro da indústria de games mundial. A título de comparação, em 2021, quando a mesma concluiu a compra da Zenimax Media, empresa mãe da Bethesda, o valor da negociação girou na casa dos 7,5 bilhões de dólares (R$41 bilhões).

Com a aquisição, Phil Spencer, CEO da Microsoft Gaming, declarou que "a ação vai acelerar os planos para o Cloud Gaming, permitindo que mais pessoas em mais lugares ao redor do mundo participem da comunidade Xbox usando telefones, tablets, laptops e outros dispositivos", além da disponibilização dos títulos da Activision Blizzard no catálogo do Xbox Game Pass para PC e consoles, que já conta com mais de 25 milhões de assinantes.

Fonte: IGN/Bloomberg

Fã de Castlevania, Tetris e jogos de tabuleiro. Entusiasta da era 16-bit e joga PlayStation 2 até hoje. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora quando as partidas acabam em discórdia e fogo no parquinho. Nas redes sociais é conhecido como @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google