Jogamos

Análise: Shadow Tactics: Blades of the Shogun - Aiko's Choice (PC) é um maravilhoso reencontro com o RTS furtivo

Um retorno triunfal para o quinteto de assassinos.


Shadow Tactics: Blades of the Shogun - Aiko's Choice
é uma expansão independente do jogo homônimo de tática furtiva em tempo real, lançado em 2016 pelo estúdio Mimimi Games. Shadow Tactics retrata uma saga situada no período Edo do Japão feudal, em que um grupo de extraordinários assassinos trabalha em nome do Xogum para erradicar a ameaça do perigoso antagonista Kage-sama.

Aiko’s Choice posiciona-se nos eventos que antecedem os capítulos finais do título principal, trazendo três missões e três interlúdios inéditos, e aprofundando a história da kunoichi Aiko, que volta a ser assombrada por fantasmas de seu passado.

Um retorno marcante

A mecânica de Aiko’s Choice é exatamente a mesma da campanha principal de Shadow Tactics. O jogador controla um grupo de personagens em um cenário com visão isométrica, que pode ser rotacionado. Em cada missão é preciso cumprir uma sequência de objetivos, como ouvir uma conversa entre guardas inimigos, sabotar objetos ou assassinar um indivíduo.


Os cenários são povoados com uma quantidade imensa de guardas que mantêm vigilância constante. Partir para o combate aberto resultará em derrota garantida, pois seu grupo é numericamente muito inferior. A mecânica-base do gameplay consiste em eliminar furtivamente os oponentes, com muito planejamento e coordenação, até que seja possível avançar ao próximo objetivo.

O quinteto

Um dos pontos altos de Shadow Tactics é o carisma e a profundidade tática do seu quinteto de personagens principais, cada um com características únicas.

Aiko, a kunoichi, é a protagonista do DLC, especializada em disfarces, espionagem e ataques furtivos corpo-a-corpo. Focada, objetiva, mas também sensível, ela possui um passado sombrio que a persegue nessa aventura. Aiko tem a habilidade de disfarçar-se, passando despercebida por soldados inimigos, podendo ser descoberta apenas pelos atentos samurais. Ela consegue atirar uma nuvem de rapé nos oponentes, diminuindo temporariamente seu campo de visão.


Mugen, o poderoso samurai, é o mais forte do grupo, e o único que pode vencer samurais inimigos em combate corpo-a-corpo. Sua habilidade Vento da Espada pode eliminar diversos inimigos de uma só vez. Ele carrega consigo uma garrafa de saquê, que pode atrair soldados comuns, mas não os inabaláveis vigias Chapéu de Palha. Mugen é o único que pode carregar dois corpos de inimigos enquanto corre, mas por causa de sua pesada armadura, não consegue nadar, andar em cordas ou escalar a vegetação. Leal, honrado e comprometido, é o líder da equipe.

Hayato, o ninja, é o mais versátil do grupo. Sua shuriken consegue eliminar inimigos à distância e pode ser recuperada para ser usada novamente. Ele também pode atirar pedras para desviar a atenção dos vigias e, assim como Aiko e Yuki, pode escalar pontos de apoio em telhados, assassinar oponentes caindo sobre eles, andar em cercas, cordas, saltar e nadar. Hayato demonstra uma personalidade cínica e desconfiada, mas no fundo é um companheiro fiel que realmente se preocupa com os demais.

Yuki, a jovem ladra, é a mais ágil da equipe. Ela consegue preparar uma pequena armadilha que mata inimigos que pisarem sobre ela, combinando perfeitamente com a capacidade de atrair vigias imitando um pássaro com seu assobio, fazendo com que eles saiam de seus postos. Seu corpo pequeno a torna extremamente leve e rápida, mas faz com que ela tenha dificuldade para carregar os corpos dos oponentes. Alegre e empolgada, Yuki tem admiração pelos integrantes mais velhos do grupo, que considera como senseis.

Takuma, o sábio e idoso atirador, domina armas de fogo como ninguém. Seu rifle tem um alcance imenso e mata instantaneamente. Ele pode jogar uma granada que derrota todos que estiverem em sua área de alcance. Não bastasse todos esses truques, seu mascote, o tanuki Kuma, tem a capacidade de distrair os oponentes. Takuma tem grandes problemas de mobilidade devido à sua perna de pau, e não pode carregar corpos, nadar ou escalar a vegetação. Otimista e bem-humorado, sua sabedoria é tão grande quanto sua pontaria é certeira.

Missões inéditas

Aiko`s Choice traz três missões grandes e três interlúdios, totalizando seis mapas inéditos. As missões principais, em nível normal, levam cerca de três a quatro horas cada uma para serem finalizadas, enquanto os interlúdios servem mais como elemento narrativo e um descanso para o jogador, representando desafios mais simples que podem ser batidos em cerca de meia hora. No total, o DLC acrescenta cerca de dez horas de jogatina, considerando que você é um jogador habilidoso e está jogando no nível normal.

Na cidade de Nagoya, Mugen e seus companheiros descobrem a localização de Kage-sama, mas enquanto se preparam para a viagem, recebem uma visita inesperada em seu esconderijo. Uma inimiga poderosa e imensamente astuta, Lady Chiyo, antiga mestra de Aiko, captura Yuki e Takuma. Cabe a Aiko, Mugen e Hayato resgatar a pequena ladra e descobrir o paradeiro do velho atirador.


Na baía de Ise, dentro do navio em que está preso, Takuma tenta uma fuga ousada na calada da noite. Desarmado, mas não sozinho, ele conta com a ajuda do seu mascote Kuma para libertá-lo da cela e enviar uma mensagem para seus companheiros.

No litoral de Toba, Mugen e seus amigos rastrearam o navio português onde Takuma está preso. Graças à astúcia do velho atirador, eles podem acabar com um importante recurso dos inimigos. Essa missão tem um dos melhores designs de toda a franquia Shadow Tactics, pois é necessário sabotar caixas de munição em cinco ilhas diferentes. Apesar de possuir todo o grupo à sua disposição, o jogador só pode contar com Mugen em duas destas localidades, pois o samurai não consegue nadar, e como Takuma está preso no navio, seu rifle só tem alcance para atingir outras duas áreas; portanto, na ilha final o jogador só poderá contar com o trio Aiko, Hayato e Yuki, o que será um bom desafio.


Na cidade de Matsuyama, Aiko e Mugen seguem a trilha deixada por Lady Chiyo. Aiko suspeita que eles encontrarão pistas nos yukaku, os distritos de prostíbulo onde o clã Sakura costuma recrutar novas candidatas.

Em Hana Gakuen, a academia secreta do clã Sakura, Lady Chiyo os espera, em outra missão com level design incrível e que oferece ao jogador duas alternativas de rota para vencer a antiga mestra de Aiko. O local é pesadamente vigiado, mas as armadilhas do complexo podem ser usadas a seu favor. O jogador poderá usar o grupo completo para chegar até o palco final do combate, mas Aiko deverá terminar esse serviço sozinha.


No epílogo vemos a conclusão da história, em que controlamos Aiko em uma caminhada noturna solitária perto do acampamento. A kunoichi fará seu confronto final e terá que tomar uma decisão.

Segredos

Como trata-se de uma expansão independente, não é necessário possuir ou até mesmo ter concluído a campanha principal de Shadow Tactics para jogar Aiko’s Choice. Minha recomendação, porém, é que você não o jogue antes de concluir pelo menos a metade do jogo-base.

O primeiro motivo é que o nível de dificuldade de Aiko’s Choice é consideravelmente elevado, em par com as últimas missões do jogo principal, e só será bem conduzido se você dominar as técnicas de todos os personagens. Antes de partir para o DLC, eu aconselho jogar os primeiros capítulos da campanha principal até dominar todas as mecânicas de cada um dos cinco personagens.


O segundo motivo é que o desenrolar do DLC será muito melhor apreciado se você já possuir um vínculo emocional com os personagens e entender como funcionam os relacionamentos entre eles. A expansão termina com diálogos mostrando o quanto os membros da equipe se importam uns com os outros e, em uma cena à parte, revela um segredo de Aiko. Ela terá que tomar uma difícil decisão, fazendo jus ao título da expansão, e o diálogo de encerramento é particularmente tocante, especialmente se você já terminou a campanha principal e já sabe o que acontecerá após os eventos da prisão no Monte Tsuru.

Obrigatório para quem sente saudades de Shadow Tactics

Shadow Tactics: Blades of the Shogun - Aiko's Choice é uma chance de reencontrar nosso quinteto de assassinos favorito em missões inéditas e impecavelmente bem-planejadas. É verdade que ele não acrescentou novidades em relação ao jogo base, mas por outro lado executa com esmero o que já era excelente e aprofunda a história de uma de suas personagens mais amadas. É recomendadíssimo a quem curte RTS e obrigatório a quem gostou do título original.

Prós

  • Level design impecável;
  • Personagens carismáticos e com habilidades únicas;
  • Múltiplas possibilidades para cumprir os objetivos;
  • Aprofunda a história de Aiko.

Contras

  • Não traz novas mecânicas;
  • Não recomendado a quem não jogou o título original.
Shadow Tactics: Blades of the Shogun - Aiko's Choice - PC - Nota: 9.0
Revisão: Davi Sousa
Análise produzida com cópia digital cedida pela Daedalic Entertainment

é engenheiro eletrônico e tem uma filha fofinha que tenta morder os controles do papai. Curte jogos de luta, corrida e ação.


Disqus
Facebook
Google