Jogamos

Análise: Just Dance 2022 (Multi) apresenta uma boa seleção de músicas e coreografias ousadas

O título ousa ao trazer novidades nas coreografias e tem, de longe, uma das melhores listas de músicas presentes na franquia.


Just Dance 2022, título da popular franquia de dança da Ubisoft, chega mais uma vez com a proposta de animar as festas de fim de ano e os fãs da franquia, e mostra que pode explorar novos caminhos futuramente. 

Com uma nova seleção de músicas e coreografias inéditas, algumas incluindo o uso de captura de movimento, animação 3D e stop-motion, o título repete a fórmula já antes vista em edições recentes. Mas será que ainda vale a pena adquirir o título pelo preço exorbitante ofertado?

Isso é tão Just Dance!

Este ano o título foi anunciado de forma tímida durante o evento Ubisoft Forward na E3 e nem chegou a apresentar a lista inicial de músicas; lista esta que só foi apresentada durante a Nintendo Direct. Como eu disse na análise da edição do ano passado, o título tem como principal atrativo suas novas músicas e coreografias. 
Rotina de Mr. Blue Sky foi feita utilizando a tecnologia de Stop-Motion.
Fãs de artistas pop foram agraciados com hits de Katy Perry, The Weeknd, Ariana Grande, Lady Gaga, Blackpink, Dua Lipa, The Pussycat Dolls, Billie Eilish, a novata Olivia Rodrigo e muito mais. Fico feliz em dizer que tivemos importantes adições de músicas cantadas por brasileiros na edição, um exemplo é Pabllo Vittar que não teve só uma, mas sim duas músicas presentes no jogo, sendo elas Sua Cara e Flash Pose, ambas muito pedidas pelos fãs brasileiros da franquia.
Rotina alternativa de Sua Cara.
As coreografias também surpreendem, sendo que algumas delas usaram das tecnologias de captura de movimento, animação 3D e stop-motion, técnicas pouco exploradas em jogos anteriores. Dá para ver o carinho com a qual foram criadas: elas são acompanhadas de backgrounds coloridos, detalhados e únicos. O título continua trazendo coreografias alternativas apenas em músicas específicas.
Rotina de good 4 u.
E claro que como um bom fã de música pop e da franquia tenho de dizer quais são as minhas favoritas presentes na edição. São elas: “Last Friday Night [T.G.I.F.]” de Katy Perry, “Save Your Tears” de The Weeknd e Ariana Grande, “China” de Anuel AA, Daddy Yankee e KAROL G, “Boss Witch” de Skarlett Klaw, “good 4 u” de Olivia Rodrigo, “Buttons” de The Pussycat Dolls, “GIRL LIKE ME” de The Black Eyed Peas e Shakira, “Judas” de Lady Gaga, “Flash Pose” de Pabllo Vittar e Charli XCX e outras mais. 
Last Friday Night [T.G.I.F.] era uma das músicas mais pedidas pelos fãs da franquia.

Mesmo menu e modos de jogo

O menu permanece o mesmo já visto desde o Just Dance 2019 (Multi), só que com uma skin visual da nova edição, absolutamente nada de novo. O tema da vez é multiverso, novamente um tema relacionado a super-heróis. As músicas que fazem referências ao tema são Save Your Tears e Rock Your Body.
Menu do título é o mesmo já visto em edições anteriores.
Temos a volta dos modos Kids, Quick Play, Sweat, Playlist, Co-op e World Dance Floor, os mesmos presentes em Just Dance 2021 (Multi). Irei detalhar sobre cada um brevemente para os que não tiveram contato com a edição anterior.

O modo Kids, como o nome já indica, é feito para as crianças; têm coreografias fáceis com personagens fofos e temáticos, por exemplo, personagens da Disney. Ele não teve novas músicas e coreografias adicionadas e traz as mesmas presentes em edições anteriores.
O modo Quick play é uma espécie de aleatório. Nele o título irá escolher as músicas para o jogador. É uma boa alternativa para os que passam horas olhando o catálogo de músicas sem saber qual delas jogar.

O Sweat funciona como um contador de calorias, ideal para o jogador que quer perder peso e, fazendo um adendo, ele fica melhor combinado com as playlists. O título conta com playlists temáticas já prontas e há a possibilidade de serem criadas novas pelo próprio jogador.
Para ativar o modo Sweat basta o jogador pressionar o botão indicado abaixo; no PlayStation é o botão triângulo.
O Co-op foi feito para os jogadores que querem combinar suas pontuações em uma só. Diferente do Just Dance 2016 e 2017, em que este era um modo à parte, nesta edição ele funciona como uma opção igual ao Sweat.
Rotina de GIRL LIKE ME com o Modo Co-op ativado; ela é uma das rotinas feitas utilizando a captura de movimento.
O World Dance Floor é o modo online do título, no qual os jogadores competem entre si a fim de alcançar rankings. Eles enfrentam chefes, participam de torneios e fazem votação de músicas.

O serviço Just Dance Unlimited continua presente na edição. Ele traz um catálogo com mais de 700 músicas herdadas de edições anteriores da franquia através de uma assinatura diária, mensal ou anual, mas fique tranquilo, já que quando você adquire o jogo automaticamente ganha um mês gratuito para poder testar o serviço. As músicas presentes no Just Dance 2021 já estão disponíveis na nova edição por meio do serviço.

A máquina de presentes volta a aparecer. Com o Mojo, moedas coletadas ao completar desafios ou subir de nível, o jogador desbloqueia novos avatares, estilos e títulos de perfil com a máquina de presentes.


O jogo continua compatível, em todas as versões, com os celulares pelo aplicativo Just Dance Controller, Joy-Cons no Switch, controles do PlayStation Move ou PS Câmera no PlayStation 4 e Kinect no Xbox One. No PlayStation 5 e Xbox Series X ainda é obrigatório usar apenas o celular como controle.

Franquia traz novas músicas e coreografias, porém se esqueceu do resto

O título me surpreendeu ao trazer uma boa lista de músicas e coreografias diferentes do convencional já existente em edições anteriores, porém faltou algo mais. A franquia parece estar entrando num novo rumo, explorando ainda mais coreografias feitas a partir de captura de movimento, animação 3D e stop-motion; foram quatro rotinas usando as tecnologias citadas. Todas são muito bem feitas e possivelmente devem retornar em jogos futuros. 

Mas, como eu disse na análise do Just Dance 2021, só uma boa lista de músicas e coreografias não fazem um bom jogo. O descaso com o menu e os modos são pontos bem preocupantes. Foi decepcionante não só para mim mas também para toda a comunidade de fãs rever o mesmo menu e a falta de adição ou renovação de modos presentes no título. 
Rotina de Think About Things traz um treinador carismático feito em animação 3D.
Just Dance 2022 nada mais é que um DLC da edição anterior. É um jogo com carisma, porém sem personalidade. Se não fosse por esse ponto, poderia ter sido épico. São quatro edições reciclando o mesmo menu e trazendo poucas inovações com relação aos seus modos. 

Espero que a equipe que for desenvolver Just Dance 2023 se permita ousar ainda mais como aconteceu este ano em relação às coreografias, porque se continuar do jeito que está, é mais fácil fazer como o eFootball (Multi) e cobrar apenas por uma atualização e pronto, nos poupa de gastar. E se você está disposto a comprar o título, te recomendo esperar por uma promoção: ele não vale o preço exorbitante pelo qual está sendo vendido atualmente.

E você, o que espera do futuro da franquia? Diga aí nos comentários e conta também o que achou da nossa análise.

Prós:

  • De longe a melhor seleção de músicas em anos na franquia, incluindo músicas de sucesso cantadas por brasileiros;
  • Coreografias divertidas, ousadas e muito bem feitas;
  • Backgrounds coloridos, detalhados e com uma direção de arte únicas;
  • A presença do serviço Just Dance Unlimited ajuda na longevidade do título.

Contras:

  • Título traz de volta os mesmos modos presentes em sua edição anterior;
  • Não há nenhuma mudança visual significativa em relação ao design do menu e HUD;
  • Nova geração continua sem suporte a controles ou sensores de movimento, limitado apenas ao Just Dance Controller.
Just Dance 2022 — PS4/PS5/XBO/XSX/Switch/Stadia — Nota: 8.0
Versão utilizada para análise: PS4

Revisão: Thais Santos

Análise produzida com cópia digital cedida pela Ubisoft


Poderia estar dando um rolê na Epoch, ou participando do torneio Mortal Kombat, e quem sabe escapando de alguns zumbis, mas estou aqui, feliz por estar escrevendo sobre games.


Disqus
Facebook
Google