Far Cry 6 (Multi) é alvo de grupo de defesa dos animais por causa das rinhas de galo no game

A organização não governamental PETA critica o uso das rinhas como forma de entretenimento dentro do jogo.


O recém-lançado Far Cry 6 é um dos principais jogos deste período de fim de ano e, obviamente, diversas notícias, memes e relatos estão pipocando pela internet. Algumas boas e outras, nem tanto. A People for the Ethical Treatment of Animals (PETA), organização não governamental pela proteção dos direitos dos animais, emitiu uma nota pública exigindo que a Ubisoft, remova o mini game de rinhas de galo do jogo.
"Transformar um esporte sangrento horrível como a briga de galos em uma partida de videogame no estilo Mortal Kombat está longe de ser uma inovação real, já que a sociedade de hoje se opõe fortemente a forçar os animais a lutar até a morte. Galos usados ​​em brigas de galos são equipados com esporas afiadas que rasgam carne e ossos, causando ferimentos agonizantes e fatais. PETA Latino exorta a Ubisoft a substituir este minijogo repreensível por um que não glorifique a crueldade."
Não é a primeira — e provavelmente nem a última — vez que a entidade critica alguma coisa relacionada a videogames. Os outros jogos que já foram alvo do grupo foram Assassins Creed IV: Black Flag, Animal Crossing e Pokémon. A Ubisotf não emitiu nenhuma resposta sobre o fato.

Far Cry 6 está disponível para PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X.

Fonte: VG247

Tecnólogo em Gestão Ambiental, produtor do BlastCast e sincero até demais. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora jogos que acabam em discórdia e fogo no parquinho. @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google