Vem aí

Prévia: Sonic Colors: Ultimate (Multi) trará uma das melhores experiências 3D do ouriço azul para uma nova geração

A remasterização do original, com suas adições pontuais, promete um jogo divertido.


Depois de algum tempo sumido, finalmente um dos personagens mais carismáticos do mundo dos games ganhará um novo lançamento. Sonic Colors: Ultimate, ainda que um remaster, tem potencial para surpreender como um jogo bonito e divertido. Aliás, o original tinha qualidades legais e pode ser considerado como um dos melhores títulos tridimensionais da série do ouriço azul. Nesta matéria, vamos conferir o porquê desse título prometer ser uma boa experiência.

Depois de um longo inverno

Para quem não lembra, o último título da franquia foi Sonic Mania (Multi), em 2017. Se considerarmos somente jogos em três dimensões, o hiato é o mesmo: Sonic Forces, que não foi bem recebido como o jogo em 2D, também saiu no mesmo ano. Logo, já era hora da mascote da Sega receber um novo game, ainda mais por estarmos no ano do seu trigésimo aniversário.

Afinal, Sonic the Hedgehog (Multi) foi lançado em 1991 (este redator nem era nascido). Infelizmente, mesmo completando 30 anos, não será desta vez que o nosso popular ouriço azul receberá um título inédito. Os fãs terão que ser pacientes, pois é o ano de 2022 que promete as maiores novidades, conforme podemos conferir no vídeo a seguir.


Por enquanto, o negócio é aproveitar Sonic Colors: Ultimate, que chega no dia 7 de setembro. Ele foi anunciado em maio de 2021, justamente em meio às “comemorações” de aniversário e até recebeu um curta animado em duas partes. É importante frisar que o título é uma remasterização do game lançado originalmente em novembro de 2010 para Wii e DS, sendo que Ultimate é uma nova versão do título visto no console de mesa da Nintendo.

Uma bela aventura original...

A história colocou Sonic para viajar pelo espaço na sua eterna luta contra o Dr. “Eggman” Robotnik. O vilão construiu um gigantesco parque de diversões estelar composto por cinco planetas e que funciona graças à raça alienígena chamada Wisps. Escravizadas pelo bigodudo tecnológico, essas simpáticas criaturas têm vários poderes fantásticos e contam com a ajuda do ouriço para salvar o dia.

Pronto para voltar ao parque de diversões?
As fases são dinâmicas e exigem que o nosso herói corra o mais rápido possível por cenários repletos de obstáculos e inimigos. Elas possuem elementos em duas e três dimensões, sempre com foco na alta velocidade de Sonic. Vale lembrar que, mesmo sendo um exclusivo do Nintendo Wii, o game não tinha foco no famigerado sistema de controle por movimento. O ouriço da Sega contou com vários movimentos rápidos para atacar inimigos, desviar de objetos e coletar os famosos anéis dourados.

O maior destaque da jogabilidade de Colors foram os Wisps. Eles possuem habilidades de acordo com as suas cores e podiam ajudar Sonic a progredir nas fases. Alguns tipos de alienígenas incluem: brancos, que garantem mais velocidade; cianos, que transformam o ouriço em um laser para vencer certos obstáculos; laranjas, que projetam o protagonista a grandes alturas; verdes, que permitem ao herói planar e realizar dashes.

Cada planeta era dividido em várias fases
O game também contava com um sistema cooperativo local, com fases especiais em que o jogador atuava como um robô do vilão Eggman. Uma característica interessante desse modo é a ligação com a campanha, visto que avançar em um liberava conteúdo no outro e vice-versa. Por exemplo, para liberar o famoso Super “Sayajin” Sonic na história principal, é preciso coletar as Esmeraldas do Caos no multijogador.

… que promete uma ótima remasterização

Aproveitando um jogo original que já contava com boas qualidades, a versão “suprema” foca em melhorias técnicas e adições pontuais. Com lançamento para PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC via Epic Games, o game desenvolvido pela Blind Squirrel Games eleva a resolução, podendo chegar a 4K, e a taxa de quadros, que agora chega aos 60 fps. Além disso, efeitos de luz e texturas, entre outros elementos gráficos, foram consideravelmente melhorados.

Os novos visuais prometem ser muito bonitos

Dado que o game surgiu no Wii, tais upgrades técnicos eram realmente necessários. A trilha sonora foi remixada, mas sem perder o charme original, com canções divertidas e cheias de energia. Temos a adição do modo Rival Rush, que colocará o jogador para correr contra o vilão Metal Sonic para obter recompensas. Outra novidade é o recurso chamado Tails Save, que permitirá ao herói retornar rapidamente à ação após perder uma vida.

O novo modo tem potencial para ser bem divertido
Alinhado com as tendências atuais, Colors Ultimate trará várias opções de customização, incluindo skins, acessórios e efeitos especiais. Um novo Wisp também estará disponível, transformando Sonic em uma espécie de fantasma que pode atravessar objetos sólidos e encontrar novas rotas nas fases. Outra adição interessante é que os comandos do game poderão ser completamente customizados.

Finalmente, quem optar pela versão física receberá como brinde um chaveiro “Baby Sonic”, baseado na versão do personagem apresentada no filme de 2020. Como é possível notar, Colors Ultimate segue a cartilha tradicional de uma remasterização, atualizando a parte técnica e trazendo adições interessantes, mas sem alterar a experiência original. O vídeo abaixo destaca as mudanças listadas anteriormente.

Previsão de sucesso rápido

Embora o que os fãs mais desejem seja um título inédito do ouriço azul, Sonic Colors: Ultimate certamente é uma boa pedida. O jogo original do Nintendo Wii tinha muito charme e era bem divertido, combinando bem mecânicas de alta velocidade com fases bi e tridimensionais. A remasterização promete deixar o game ainda mais bonito e rápido, além de trazer algumas novidades interessantes. Resta esperar (e torcer) para o resultado ser uma brilhante esmeralda e não um escuro poço de espinhos.
Sonic Colors: Ultimate – PC/PS4/PS5/XBO/XSX
Desenvolvedor: Blind Squirrel Entertainment
Gêneros: Plataforma, Ação
Lançamento: 7 de setembro de 2021
Expectativa: 3/5
Revisão: Farley Santos

é produtor de conteúdo sobre games desde julho de 2016 e um grande fã da décima arte, embora não tenha muito tempo disponível para ela. Seus games favoritos (que formam uma longa lista) incluem: Kingdom Hearts, Guitar Hero, Zelda, Crash, FIFA, CoD, Pokémon, MvC, Yu-Gi-Oh, Resident Evil, Bayonetta, Persona, Burnout e Ratchet & Clank. @MatheusSO02


Disqus
Facebook
Google