Jogamos

Análise: Samurai Warriors 5 (Multi) é um divertido e competente recomeço da tradicional franquia musou

Um ótimo game hack and slash que mantém a base clássica e inova em pontos acertados.


O gênero musou é um dos mais característicos do mercado dos games. Foram várias as franquias que surgiram nesse formato e uma das mais clássicas acaba de receber seu mais novo título: Samurai Warriors 5, da especialista Koei Tecmo. Mas será que esse lançamento é digno da sua tradicional série? Equipe sua arma mais forte e monte no seu cavalo favorito, pois a análise vai começar!

Uma longa tradição renovada

Lançado hoje, dia 27 de julho de 2021, para PC, PS4, XBO e Switch, Samurai Warriors 5 chega sete anos depois do título anterior da franquia. O game se passa durante o período Sengoku, quando houve uma profunda mudança na ordem social japonesa. Vale destacar que essa época já foi retratada por outros jogos da série, inclusive o primeiro, de 2004.
Depois de um longo inverno, bem-vindo ao mais novo Samurai Warriors

De certa forma, o quinto game principal pode ser considerado um reboot, reimaginando vários elementos da história, designs e visuais vistos até então. Os dois protagonistas do game são chamados Nobunaga Oda e Mitsuhide Akechi; enquanto o primeiro é impulsivo e insolente, o segundo é sério e teimoso. Embora diferentes, ambos foram proeminentes comandantes militares na época.

Apesar de ser baseado em vários fatos e figuras reais, Samurai Warriors 5 mantém uma dualidade entre ficção e fatos reais. Essa marca da série é particularmente interessante porque não sobrecarrega os jogadores pouco versados (ou interessados) no passado do Japão, mas também não se esquece daqueles interessados em história nipônica. Essa proposta também combina bem com o estilo de jogo do título, que é leve e voltado para a diversão.

Derrote os inimigos e cumpra os objetivos para vencer as partidas
Tal como qualquer musou, as fases consistem em batalhas hack and slash do tipo 1x1000. Ou seja, o personagem controlável precisa enfrentar hordas e mais hordas de inimigos, além de seus poderosos comandantes. As partidas se desenrolam em grandes mapas e, além de exigir a vitória em várias lutas, elas também contam com objetivos como “defender determinado território” ou “ajudar um companheiro em perigo”.

Simplicidade de qualidade

A jogabilidade de Samurai Warriors 5 é bem próxima da maioria dos musou. O jogador conta com vários combos e golpes diferentes, além de ataques especiais poderosos. Os comandos para realizá-los são simples, sendo que a maior dificuldade é saber o momento certo para ativá-los, seja para atacar, defender ou contra-atacar. Particularmente, sempre gostei dessas mecânicas, que são divertidas e acessíveis.
Iniciantes e veteranos vão conseguir aproveitar o game com tranquilidade

Mesmo com essa simplicidade, o jogo pode ser um pouco assustador devido à grande quantidade de customizações e opções para liberar, equipar e utilizar. Ele, entretanto, traz tutoriais bem completos para cada coisa, facilitando o entendimento de como tudo funciona. Os mais experientes podem ficar tranquilos, pois é possível desligá-los a qualquer momento, frisando que tudo é intuitivo e funciona muito bem.

Eu, entretanto, recomendo essas “aulas” mesmo para quem já jogou outros musou. O novo título tem algumas novidades que merecem atenção, como as chamadas Ultimate Skills. Até quatro podem ser equipadas, cada uma com diversos efeitos diferentes, como: Avalanche, que cria uma onda de choque; Pride, que aumenta o ataque; Pulse, que ativa um poderoso dash; Recuperation, que aumenta a barra Musou.

Utilizar as Ultimate Skills é vital para vencer
Aliás, é importante falar dela: ao derrotarmos os inimigos no campo de batalha, a barra é carregada até que o chamado Ataque Musou possa ser usado. Ele é único para cada personagem e apresenta uma animação bem legal, além de ser poderoso e ter uma área de alcance enorme. Também é possível encontrar itens pelo cenário para agilizar o processo, que também servem para recuperar a vida e obter materiais e dinheiro.

Histórias e missões para ninguém botar defeito

Samurai Warriors 5 é dividido em dois grandes modos de jogo. O primeiro é o Musou Mode, que traz a campanha principal com várias fases, que por sua vez são compostas por várias missões diferentes. O desempenho em cada nível rende uma nota, sendo que o rank S é a maior e confere mais recompensas. Algumas missões permitem escolher os personagens a serem usados na partida, enquanto outras têm requisitos específicos.
Lute para obter as melhores avaliações em cada fase
Já o Citadel Mode troca as missões e os objetivos variados por uma espécie de tower defense. A jogabilidade e as mecânicas são as mesmas, mas devem ser utilizadas para proteger uma base de ataques inimigos. Para vencer, basta mantê-la de pé por certo tempo ou derrotar o líder dos atacantes. Esse modo é mais livre para o jogador escolher como lutar e proporciona recursos interessantes, como itens, experiência e materiais.
 
Assim, é possível melhorar os personagens e as construções, como a forja e os estábulos. Com construções mais avançadas, novas e poderosas opções são liberadas para o jogador, como criar/melhorar armas e treinar montarias. O Citadel Mode também é vital para completar a árvore de habilidades de cada herói e obter gemas que concedem efeitos como aumento de vida, mais velocidade e dano elemental às katanas, lanças, arcos e demais armamentos.
O game te leva por vários cenários japoneses diferentes
É preciso deixar claro que o Citadel Mode não avança a história do game; ou seja, é preciso manter um equilíbrio entre ele e o Musou Mode. Por fim, também temos o Vault, que traz cutscenes de eventos vistos no game, músicas, biografias dos personagens e um inventário completo das missões cumpridas e seus respectivos ranks. Algumas cenas de diálogos, inclusive, só são liberadas de acordo com o nível de amizade entre os personagens, que é aumentado ao travar lutas lado a lado.

Novidades bem vindas

Os gráficos do jogo seguem um estilo inédito na franquia, com um visual vibrante que parece uma pintura à mão. Gostei bastante do cel shading utilizado para obter esses efeitos, sobretudo se considerarmos que esse deve ser o último título da geração do PS4 e do XBO. Não que os títulos anteriores fossem feios, mas parece que agora a série Samurai Warriors encontrou seu próprio estilo.
As animações de Samurai Warriors são ótimas
Trilha e efeitos sonoros são competentes, sobretudo pelas músicas muito boas que combinam uma batida mais moderna com melodias tradicionais do Japão. Vale frisar que a dublagem é em japonês, o que é natural tendo em vista a clara proposta com base nipônica. O game tem uma boa quantidade de cutscenes, ganhando a sensação de um anime de alta qualidade.
 
São 37 personagens jogáveis, com algumas figurinhas já carimbadas em títulos anteriores e outras inéditas. O elenco não é tão farto como em outros jogos da família, como Warriors Orochi 4 Ultimate (Multi), que tinha mais de 170 opções. Reconheço que, na prática, um elenco assim é inchado demais, o que, inclusive, traz alguns problemas para os mais dedicados ao jogo (mais sobre isso na próxima seção). A quantidade de detalhes e customizações disponíveis para cada herói compensa suficientemente essa redução.
São muitos personagens interessantes para conhecer e jogar
Apesar das novidades, o game ainda é essencialmente um musou clássico. Disputar partidas com combos na casa dos milhares de acertos é sempre divertido, sobretudo graças à boa variedade de opções para usar. Eu gostei bastante de descobrir novos personagens, suas vantagens, desvantagens e animações. Um recurso legal é utilizar o Rage Mode, que aumenta força e velocidade, para liberar um Ataque Musou ainda mais forte e com finalização com arte especial.

Probleminhas crônicos

Samurai Warriors 5, além de compartilhar a maioria das qualidades e características do gênero musou, infelizmente também possui alguns dos pontos negativos mais comuns. A maior crítica, em minha opinião, é a questão da jogabilidade: ela se torna um pouco repetitiva com o tempo, mesmo com a grande quantidade de personagens e customizações.
Realizar combos é uma das maiores diversões de Samurai Warriors

Essa questão é ainda mais salientada devido ao segundo problema do título, que é a relação entre recompensas e conteúdos a serem liberados. Cada missão concluída rende um modesto conjunto de itens, experiência e moedas, sobretudo frente ao número enorme de coisas bloqueadas no jogo. O jogador precisa focar em poucos personagens e armas para avançar, pois os recursos são limitados caso ele tente melhorar vários ao mesmo tempo.

Na prática, esses problemas são mais relevantes para quem busca os 100% do game. Quem quiser uma experiência mais casual vai aproveitar tranquilamente as batalhas e os desafios, melhorando e customizando somente os heróis considerados mais legais e/ou poderosos. Acredito que essa seja a melhor forma de aproveitar Samurai Warriors 5, com sua jogabilidade acessível, combos impressionantes e liberdade de como jogar.

Chame um amigo para curtir muitas batalhas divertidas
A presença da opção multijogador é mais um atrativo para continuar jogando, visto que ter companhia torna cada luta ainda melhor. Várias missões permitem a cooperação entre dois jogadores, tanto de forma local, quanto de forma online. Preciso avisar, entretanto, que o multiplayer local piora levemente o desempenho do game, baixando a resolução e a taxa de quadros. Nada que comprometa a jogatina, mas a diferença é perceptível.

Ação e diversão no melhor estilo musou

Caso você já tenha experimentado o gênero e não tenha gostado, não espere que esse título mude a sua cabeça. Agora, se você curte musou ou está buscando um game cheio de ação, belos visuais, boa jogabilidade e com muito conteúdo, então Samurai Warriors 5 é uma ótima pedida. Personagens bem legais e história interessante complementam o game, tornando-o divertido e suficientemente variado. Fico na expectativa pelas sequências desse reboot, que pode ser a oportunidade perfeita para a franquia alçar voos ainda mais altos.

Prepare-se para uma grande aventura com grandes heróis japoneses

Prós

  • Game no estilo musou divertido, de boa qualidade e equilibrado;
  • Visuais renovados são belos e cheios de estilo;
  • História interessante mistura elementos reais e fictícios de maneira satisfatória;
  • Jogabilidade acessível, com tutoriais instrutivos e bem apresentados;
  • Grande quantidade de missões, itens e personagens para desbloquear, customizar e jogar;
  • Modos multiplayer online e local são bem-vindos.

Contras

  • Ainda que tenha algumas variações, a jogabilidade se torna um tanto repetitiva com o tempo;
  • Quantidade de recompensas a cada partida poderia ser maior, dada a enorme quantidade de conteúdo.
Samurai Warriors 5 — PC/PS4/Switch/XBO — Nota: 8.0
Versão utilizada para análise: PS4
Revisão: Ives Boitano
Análise produzida com cópia cedida pela Koei Tecmo

é produtor de conteúdo sobre games desde julho de 2016 e um grande fã da décima arte, embora não tenha muito tempo disponível para ela. Seus games favoritos (que formam uma longa lista) incluem: Kingdom Hearts, Guitar Hero, Zelda, Crash, FIFA, CoD, Pokémon, MvC, Yu-Gi-Oh, Resident Evil, Bayonetta, Persona, Burnout e Ratchet & Clank. @MatheusSO02


Disqus
Facebook
Google