Jogamos

Análise: Crash Drive 3 (Multi) é uma gincana maluca com carros

Pilote em áreas abertas, no melhor estilo sandbox, e supere seus adversários em provas incomuns.


Há quem goste de carros para correr, ser o mais veloz e se tornar um campeão nas pistas. Entretanto, existem também aqueles que gostam de fazer balbúrdia, batendo em todo mundo que encontrar e fazendo loucuras ao volante. Se você se enquadra no segundo grupo, então Crash Drive 3 (Multi) foi feito para você!

Desenvolvido e publicado pela M2H, o jogo vem para ser uma espécie de gincana sem regras sobre rodas. Será que vale a pena entrar nessa confusão automotiva?

Tem espaço para todo mundo

Logo de cara, Crash Drive 3 mostra logo ao que veio. Você escolhe um carro, entra numa área aberta junto com diversos jogadores e vão ocorrendo provas diversas, que dão quantias de dinheiro para os vencedores. 

Começamos no Ártico, mas depois outras localidades podem ser liberadas, como a Floresta, o Cânion; e até a Lua serve de cenário para essa gincana maluca. Cada área funciona como se fosse uma sala, que reúne os players. Ao trocarmos de ambiente, as missões são reiniciadas e nos encontramos com outros pilotos.


As provas são simples e consistem em tarefas como corridas de um ponto a outro, disputas de manobras, coleta de moedas, polícia e ladrão, bater em uma bola de praia gigante e passar por anéis luminosos que estão no ar. A variedade de provas até é considerável, mas logo elas se tornam um pouco repetitivas, dada a velocidade com que ocorrem.

Apesar disso, o grande atrativo aqui é o crossplay. Independente da sua plataforma, todos podem jogar juntos. Esta análise foi feita com a versão do PS4 e em diversos momentos foi possível jogar com pessoas em outros consoles, como Xbox One, Nintendo Switch, PC; e até mesmo quem estava em seu celular pôde se juntar à partida. Tudo isso de maneira bastante dinâmica e sem travamentos. Jogadores entravam e saíam a todo momento, trocavam de área e tudo se mantinha bastante estável.


Se a jogatina online é um ponto alto, o mesmo não pode ser dito da aventura solo. É basicamente a mesma premissa, só que sozinho, o que não tem a menor graça, uma vez que os eventos vão acontecendo, mas disputamos sozinhos (se é que isso é possível).

Outro ponto baixo é a monotonia do áudio. Os gráficos não são primorosos, e contém uma definição até que aceitável (com vista grossa), porém por muitas vezes a música de fundo some, gerando um silêncio incômodo. E quando ela está presente, é tão marcante quanto os momentos sem trilha.


Por fim, a câmera também pode causar algumas confusões. Por se tratar de áreas abertas, às vezes ela não acompanha o deslocamento do carro com a velocidade necessária e isso gera momentos de "cegueira".

Haja dinheiro

Como todo bom jogo de carros, é possível adquirir vários veículos gastando seu suado dinheirinho. Os primeiros bólidos até são baratos, mas a quantia ganha em eventos é relativamente baixa com o que é preciso ser gasto. Como existem muitos carros para serem adquiridos, a quantia a ser economizada é enorme.

O dinheiro é gasto só com isso? Claro que não! É possível fazer personalizações na antena, no turbo e nas placas. Todas elas são cosméticas e bem caras também. Logo, perde-se aquela vontade de colecionar tudo com essa necessidade agressiva de ter a garagem completa. Some isso à pilotagem bastante similar de cada carro, e sua necessidade de trocar de veículo também diminui drasticamente.


Já podemos parar de gastar dinheiro? NÃO! A cereja do bolo é que também é cobrada uma quantia bem alta para trocar de área pela primeira vez. A transição entre ambientes é feita por túneis e balsas, mas isso só acontece após pagar um gordo pedágio.

Simples, mas arrumadinho

Crash Drive 3 pode até pecar pela sua simplicidade e sua falta de polimento, mas consegue divertir e, o principal, manter uma boa jogatina em rede, entre diversas plataformas, e sem comprometer a experiência.


Prós

  • Crossplay bastante competente entre PC, consoles e celulares;
  • Grande variedade de carros;
  • Controles simples e fáceis.

Contras

  • O jogo exige um grinding excessivo para que haja progressão;
  • A câmera fica perdida em alguns momentos;
  • O áudio não causa impacto nenhum durante a partida;
  • Quase não há diferença de pilotagem entre os carros.
Crash Drive 3 — Android/iOS/PC/PS4/Switch/XBO — Nota: 6.5
Versão utilizada para análise: PS4
Revisão: Ives Boitano
Análise feita com cópia digital cedida pela M2H


é amante de joguinhos de luta, corrida, plataforma e "navinha". Também não resiste se pintar um indie de gosto duvidoso ou proposta estranha.


Disqus
Facebook
Google