Discussão

Como a GameStop se tornou campo de batalha entre Wall Street e pequenos investidores

Em meio à decadência de jogos físicos, loja de videogames virou motivo de disputa entre usuários do Reddit e fundos bilionários.



O valor de mercado da GameStop pulou de US$ 1,3 bilhão no final de 2020 para mais de US$ 24 bilhões no dia 29 de janeiro. As ações da tradicional rede de lojas de videogame dispararam de US$ 18 no começo do mês para US$ 469,42, de acordo com o registrado na Bolsa de Nova York (NYSE) – uma alta de mais de 2.505%.


O que está causando esse aumento no valor da GameStop? Com certeza não é nenhuma novidade vinda da própria empresa. Descrita como uma “varejista fracassada” por um investidor,  a rede de lojas teve um prejuízo de US$ 795 milhões em 2019 e provavelmente um ainda maior em 2020. Atuando no mercado de venda e troca de jogos físicos, a GameStop é vista como obsoleta em meio a lojas virtuais - Steam, Epic Games Store, GOG, PSN, Xbox Live, Nintendo eShop.
Ações da GameStop subiram 2.505% entre o primeiro dia do ano e 29 de janeiro.



















A súbita valorização das ações da empresa tem relação direta com day traders, pessoas físicas que investem na bolsa de valores sem auxílio de corretores ou especialistas. No agregador de fóruns Reddit, em um grupo voltado a investimentos chamado de WallStreetBets, os usuários perceberam que grandes fundos de investimento tentavam lucrar em cima de uma provável desvalorização da GameStop. Assim, essas pessoas decidiram comprar, em massa, ações da empresa a fim de valorizá-la e frustrar os planos dos gigantes de Wall Street, e também lucrar com isso.

Ganhando na desvalorização

No mercado de ações de Wall Street, não se ganha dinheiro só quando uma empresa valoriza. Essa é, sim, a forma mais segura de se lucrar, mas também mais demorada. Investidores à procura de dinheiro rápido podem apostar na queda de empresas, o chamado short-selling (ou vendido). É o que aconteceu com a GameStop.



A Polygon usa uma analogia simples com macacos, bananas e cobras para explicar o que é short-selling:
  • Digamos que 5 bananas custam atualmente US$ 10;
  • Um macaco tem 5 bananas;
  • Uma cobra aluga do macaco essas 5 bananas;
  • Essa cobra então vende as 5 bananas por US$ 10 pensando que os preços irão cair em breve. Ela acha que poderá comprar depois as 5 bananas por um valor menor, devolvê-las ao macaco e lucrar a diferença da desvalorização das bananas;
  • Um grupo de macacos percebeu o plano das cobras e decidiu comprar todas as bananas do mercado até que as cobras não tivessem outra opção a não ser comprar diretamente as bananas do grupo de macacos para poder devolver o que emprestaram.
Nessa brincadeira, as “cobras” são os fundos de investimento de Wall Street, as “bananas” são as ações da GameStop e o “grupo de macacos” é o caótico grupo de investidores organizados do subreddit WallStreetBets, com mais de 2 milhões de membros.

Short-selling é uma estratégia arriscada. Os investidores estão expostos a dívidas teoricamente infinitas, já que os preços das ações podem subir para sempre, mas só podem cair até zero. Por isso, quando uma aposta dá errado, os vendedores correm para recomprar as ações, devolvê-las e sair do negócio o quanto antes.
Membros do fórum WallStreetBets compraram em massa ações da GameStop para frustar os planos de bilionários de Wall Street (e lucrar em cima).


É o que aconteceu com a GameStop. Há algumas semanas, um dos participantes do Reddit percebeu a movimentação de investimento e incentivou que outros comprassem ações da empresa de jogos para superfaturar os valores, obrigando os fundos de investimento a pagarem muito mais. Essa é uma estratégia conhecida como short squeeze, um aperto curto.

“Acabe com os ricos”

“Eu comparo os eventos desta semana a um protesto – mas um feito usando o computador”, disse a britânica Emma Rivers ao jornal The Guardian. Ela investiu mais de £1.400 em ações da GameStop, empresa que desconhecia até algumas semanas atrás. Para ela, o gesto é uma mensagem de que o capitalismo deveria acabar. “É a coisa mais excitante que aconteceu em muito tempo e eu sinto que estamos prestes a derrubar Wall Street.”

Outro a comprar ações da empresa é o profissional de Tecnologia da Informação Mike. Ele investiu £17 mil na GameStop e, apesar do lucro de quase 400%, ainda não pensa em vender as ações.
De profissionais do TI a pastores evangélicos, milhares de pessoas compraram ações da GameStop por influência do Reddit.



“Os fundos de investimento estão tentando manipular o mercado, mas os investidores não estão vendendo. As pessoas acham que nós somos estúpidos, mas essa é uma luta entre millennials e chefões. No Reddit você tem exemplos de pessoas lucrando o suficiente para pagar débitos estudantis ou para o depósito de uma casa. Baby boomers não têm esses problemas, mas a nossa geração tem”, disse Mike ao The Guardian.

O pastor evangélico Justin Speak, de 27 anos, e sua esposa lucraram US$ 1.700 com a GameStop nas últimas semanas. O casal de americanos usou o dinheiro para comprar uma cama nova, como conta o The New York Times. “É catártico fazer dinheiro em cima da dor dos fundos de investimento”, disse ele. A esposa dele foi mais enfática: “Acabe com os ricos.”

Mais de US$ 2 bilhões em prejuízo

O fundo de investimentos Melvin Capital foi um dos mais afetados pela jogada dos usuários do Reddit. Depois de conseguir devolver as ações emprestadas da GameStop, a empresa recebeu mais de US$ 2.75 bilhões de outros investidores para cobrir o prejuízo.
A guerra entre investidores do Reddit e fundos de investimento ganhou notoriedade a ponto de ser assunto durante uma coletiva de imprensa com Jen Psaki, porta-voz da Casa Branca nos Estados Unidos. Ao ser perguntada se o governo estaria preocupado com as atividades envolvendo a GameStop, Psaki disse que a Secretária do Tesouro do país, Janet Yellen, está monitorando a situação.

O fim da guerra

Os grandes fundos de investimento costumam estar preparados para enfrentar riscos, mas tendo em base o comportamento de investidores normais. E o que está acontecendo agora é tudo, menos normal, como diz a Polygon.

Em situações comuns, a guerra envolvendo a GameStop já estaria perto do fim. Mas, a exemplo do já citado Mike, os “trolls” do Reddit estão recusando qualquer oferta. Na verdade, eles agora estão comprando ações de outras empresas em situação parecida à da varejista de videogames, como Blackberry e os cinemas AMC, com o objetivo de afundar Wall Street (e fazer dinheiro no processo). Ainda é cedo para dizer por quanto tempo essa saga continuará.
"Eu sinto que estamos prestes a derrubar Wall Street", disse Emma Rivers, uma das pessoas que investiram em ações da GameStop por causa do Reddit.
Segundo a investidora Erika Safran, da Safran Wealth Advisors, a disputa pela GameStop marca o conflito entre uma antiga geração de investidores, que acreditam que sucesso financeiro requer diversificação, e em uma nova geração, disposta a apostar tudo ao comprar apenas uma ação.

“Alguém tem que estar errado, mas é isso que faz um mercado”, disse Safran ao The Guardian. “Eu acho que vai ser uma lição para alguns e uma boa história para todos os outros.”
Depois da GameStop, os usuários do WallStreeBets estão comprando ações de outras empresas em situação semelhante a da loja de videogames, como a Blackberry.



E os videogames?

A própria GameStop tem pouco a ver com a situação. As ações da empresa começaram a crescer quando o investidor Ryan Cohen, famoso na área, juntou-se ao quadro de diretores da companhia. Foi esse pequeno aumento no valor das ações que desencadeou o frenesi entre Reddit e Wall Street.

Fora isso, a GameStop continua sendo um termômetro para a lenta decadência da mídia física dos videogames. Em 2013, no começo da última geração de consoles, jogos digitais representavam menos de 10% da venda total de games. Em 2020, com a pandemia, esse número passou a ser de mais de 50%, segundo matéria da Polygon. A tendência é que o mercado digital de games continue a crescer e a GameStop, caso não consiga se reinventar, continue caindo.
Uma loja da GameStop em Manhattan. Em 2020, com a pandemia, o mercado de mídias físicas caiu ainda mais.


O cabo de guerra entre amadores e profissionais pelas ações da empresa não tem relação direta com videogames. Mas é resultado direto da provável hegemonia do mercado digital que veremos no futuro. O consumo de entretenimento está voltado a serviços de streaming e lojas virtuais. As locadoras de filmes já se foram, assim como boa parte das lojas de CDs e DVDs. A GameStop parece ser a próxima parada desse trem da morte das mídias físicas. E enquanto isso não acontece, investidores bilionários batalham contra pastores evangélicos e adolescentes pelas ações da empresa.

Revisão: Ives Boitano


Jornalista londrinense se aventurando na terra dos Beatles. Fã de metroidvanias e survival horrors, tentando entrar no mundo dos JRPGs. Opino sobre coisas que ninguém quer saber no Twitter.


Disqus
Facebook
Google