Pawel Selinger, diretor de arte e roteirista de Dying Light 2, deixa a Techland Studios

Roteirista estava na Techland desde 1999.

O diretor de arte e roteirista de Dying Light 2, Pawel Selinger, anunciou em seu Linkedin pessoal que deixou a Techland Studios no final de dezembro, depois de 22 anos trabalhando na desenvolvedora.
"Gostaria de expressar minha gratidão à empresa que me permitiu desenvolver e me realizar durante metade da minha vida. Techland, estarei sempre torcendo por você e pelas ótimas pessoas que conheci. Desejo a vocês que Dying Light 2 e os projetos subsequentes se tornem sucessos mundiais", disse Selinger em comunicado no Linkedin.

Logo após o comunicado de Selinger, a Techland Studios entrou em contato com o portal Game Informer para tranquilizar os fãs sobre o desenvolvimento de Dying Light 2.

"Gostaríamos de tranquilizar todos os fãs de Dying Light 2 que o cargo de diretor de arte não está ameaçado e está sendo ocupado por Eric Cochonneau desde novembro de 2019. Eric está cuidando de todos os aspectos do jogo e a equipe sob sua liderança está fazendo o melhor para oferecer aos jogadores a melhor experiência possível. Pawel Selinger, decidiu no final de 2020 encerrar sua cooperação com a Techland e expandir sua carreira em outro lugar. Suas funções no departamento narrativo, foram assumidas por Piotr Szymanek em outubro de 2020. Estaremos compartilhando mais notícias de Dying Light 2 em breve.", disse a Techland.

Dying Light 2 está sendo desenvolvido para PC, PlayStation 4 e Xbox One. 

Fonte: Game Informer


é entusiasta e apreciador de jogos com conceito artístico minimalista e narrativas de significado profundo. No GameBlast escreve notícias, análises, crônicas e especiais; no tempo livre produz roteiros autorais de séries e filmes. Gosta de experiências Mobile, então é comum encontrá-lo por aqui com frequência falando sobre o assunto.


Disqus
Facebook
Google