Microsoft tentou comprar EA, Square, Midway e Nintendo antes de lançar o primeiro Xbox, revela executivo

Aquisições visavam trazer títulos de peso para o lançamento da nova plataforma de jogos.


Em um artigo celebrando a marca Xbox, que completa 20 anos em 2021, a Bloomberg fez uma matéria comemorativa com depoimentos de executivos que participaram do projeto à época.

Os executivos revelaram que, numa tentativa de conseguir exclusivos para o Xbox original, a Microsoft tentou adquirir companhias de peso como EA, Square, Midway e - surpreendentemente - a Nintendo.

A Electronic Arts foi primeira companhia com que tentaram fechar negócio. Bob McBreen, executivo de negócios época, conta que a resposta foi simplesmente "Não, obrigado".

Kevin Bachus, diretor de relacionamentos third-party daquela época, conta como foi a reunião com a Nintendo:

"Steve fez a gente marcar uma reunião com a Nintendo para verificarmos se haveria interesse numa proposta de aquisição. Eles morreram de rir. Imagine pessoas rindo de você durante uma hora. Foi assim que aconteceu essa reunião."

McBreen acrescentou que eles ainda receberam a Nintendo em janeiro de 2000 para acertarem os detalhes de uma joint venture, onde apresentariam os detalhes técnicos do Xbox. O argumento seria que seu hardware (na época o Nintendo 64) era fraco comparado ao PlayStation 2 da Sony, então a idéia seria que a Microsoft cuidasse do hardware e a Nintendo cuidasse dos jogos.

A Square também recusou as propostas, dizendo que o valor ofertado era baixo demais. A Midway Games, distribuidora da série Mortal Kombat naquela época, considerou a proposta mais seriamente, porém a Microsoft desistiu do negócio porque concluiu que agregaria pouco valor à marca.

No fim das contas, a Microsoft conseguiu seu trunfo numa empresa relativamente desconhecida, a Bungie, que trouxe o título que praticamente definiu o perfil do Xbox original: a franquia Halo.

Fonte: IGN


é engenheiro eletrônico e tem uma filha fofinha que tenta morder os controles do papai. Curte jogos de luta, corrida e ação. Gosta de acompanhar a evolução da indústria dos games e considera-os um dos melhores entretenimentos do mundo.


Disqus
Facebook
Google