EA apresenta contraproposta e deve adquirir a Codemasters por 1,2 bilhões de dólares

Oferta feita pela Take-Two Interactive em novembro foi barrada por um valor superior.

No início de novembro, a Take-Two Interactive anunciou que estaria adquirindo a Codemasters por um valor de aproximadamente 980 milhões de dólares. Foi dado como certo a aquisição, mas hoje (14), a Electronic Arts apresentou uma contraproposta de 1,2 bilhões de dólares, com os acionistas recebendo aproximadamente 7,98 dólares por ação. O acordo entre as empresas já foi fechado e deve ser concluído no primeiro trimestre de 2021, a menos que outra editora ou até mesmo a Take-Two volte a fazer uma oferta maior e ela mude de ideia novamente.
"Acreditamos que existe uma oportunidade profundamente atraente em reunir a Codemasters e a Electronic Arts para criar novos jogos de corrida incríveis e inovadores para os fãs. Nossa indústria está crescendo, a categoria de corridas está crescendo e, juntos, estaremos posicionados para liderar uma nova era do entretenimento no segmento. Por muitos anos, admiramos o talento criativo e os jogos de alta qualidade da Codemasters. Com o aproveitamento total da tecnologia da EA e o nosso alcance global de publicação poderemos expandir nossas franquias existentes e oferecer mais experiências de corrida que definem a indústria. Estamos satisfeitos que ambos os nossos conselhos de administração recomendem essa aquisição e esperamos dar as boas-vindas a uma equipe tão talentosa para a família Electronic Arts", disse Andrew Wilson, CEO da Electronic Arts.

Ao juntar as principais franquias da Codemasters como DiRT, F1, GRID, a Electronic Arts terá um portfólio com praticamente as maiores séries dos jogos de corrida. A concorrência praticamente se resumirá a Forza Motosport da Microsoft e Gran Turismo da Sony.

"A Electronic Arts e a Codemasters compartilham as mesma ambições de lider o gênero de corrida. A diretoria da Codemasters acredita que a empresa poderá se beneficiar do conhecimento e tecnologia da EA", disse Gerhard Florin, presidente do conselho de administração da Codemasters.

Fonte: Business Wire


é entusiasta e apreciador de jogos mobile e de plataforma 3D com conceito artístico minimalista e narrativas de significado profundo. No GameBlast escreve notícias, análises, crônicas e especiais; no tempo livre produz roteiros autorais de séries e filmes. Também está aprendendo mais sobre Realidade Virtual, Computação Gráfica, Bioinformática, Psicologia Positiva e Neurociência, enquanto espera por Rayman 4.


Disqus
Facebook
Google